Descrição
Atualmente o marketing de conteúdo é um dos fundamentos das estratégias para captação digital de leads. A busca por formas menos invasivas de propaganda, e que se mostrem mais relevantes para os clientes é o que está no cerne dessa preferência. Porque através de conteúdo que apresente valor para o público há uma aproximação desses últimos com a marca/empresa. Em tese parece algo bastante simples, mas resolver as dificuldades do marketing de conteúdo e produzir material de qualidade, de forma frequente, não é nada fácil.

E isso não é apenas porque fazer um conteúdo bom e atraente é naturalmente difícil. O volume de informação que deverá ser manejado entre empresas e agências também será significativo. Como resultado, há muitos detalhes em que a marca deve prestar atenção. É natural que ao tentar lidar com esse processo de criação de conteúdo alguns problemas recorrentes surjam para as marcas. Entenda a seguir como resolver as principais dificuldades do Marketing de conteúdo.

Conheça a sua persona – É fundamental que você saiba para quem irá produzir o seu conteúdo. Sem essa definição, a criação será pouco efetiva devido a falta de direcionamento. Aliás, em qualquer estratégia de Marketing a identificação de gostos e comportamentos do consumidor é um elemento básico para se ter em vista. Esse alicerce estratégico é o que permite antecipar e satisfazer aquilo que é exigido pelo seu público-alvo. Monte um cliente ideal na sua mente. Essa será a sua persona. Ela representa os leitores que deverão se reconhecer nos seus textos. 

Estabeleça idade, gênero, área de atuação, dentre outros dados. Projete até mesmo os problemas e anseios que essa pessoa enfrenta. Faça pesquisas ou busque pessoas próximas que se encaixem no perfil criado para avaliar a legitimidade da persona. Lembre-se de que não adianta querer atingir um público massivo e indistinto. Ou seja, não queira chegar à literalmente o maior número de pessoas possível. Tentar gerar valor para públicos distintos pode terminar na criação de conteúdo, que não tem valor para ninguém. Tenha foco, nenhum mercado atende a todo mundo.

Planeje e tenha objetivos – Saiba exatamente aonde você quer chegar com o seu conteúdo. Sem planejamento seu material não possuirá o encaminhamento adequado e poderá não dar resultados. Portanto, não adianta adequar material à sua persona, se você não sabe o que deseja dessas pessoas. Seu objetivo é gerar leads e trabalhar o relacionamento com o cliente? Ou talvez criar maior visibilidade para a sua marca e aumentar as vendas? Cada alternativa vai criar uma variante nos seus conteúdos que, portanto, não serão feitos exatamente da mesma forma. Para que seus objetivos sejam alcançáveis, planeje.

Parta dos aspectos mais simples e imediatos, criando uma sequência a ser percorrida até o objetivo final. Estabeleça em quais canais você marcará presença e com que tipo de conteúdo. Os textos são o material mais comum, mas se a sua marca tem a possibilidade de fazer vídeos, invista também nessa forma de comunicação. Em alguns casos até uma criação de canal no YouTube pode ser recomendável. Tudo depende dos seus recursos e do contexto no qual a sua empresa está inserida. E-books informativos são sempre uma boa pedida. Monte ainda fluxogramas com prazos, colaboradores e leituras de métricas dos seus conteúdos. Organize-se e isso vai permitir que o seu trabalho esteja sempre em evolução.

Seja relevante – Parece um aspecto óbvio, mas termina sendo negligenciado por muitas empresas. Não basta produzir em quantidade, se você não puder manter a qualidade. A entrega de conteúdo superficial e genérico tem mais chances de afastar do que atrair o seu visitante. O leitor das suas páginas precisa ter a certeza de que aprendeu algo com o seu material. É a relevância que irá criar a sensação de valor da sua página. Sem esse elemento diminuem as suas chances de colher resultados com o marketing de conteúdo.

Pesquise, se aprofunde, saiba o que é mais relevante para o seu segmento. Trabalhe com profissionais criativos e bem motivados. Não se esqueça também de fazer um cruzamento entre o conhecimento que você possui sobre as tendências da sua área e aquilo que você conhece da sua persona. Vale relembrar o que já foi citado: o marketing está aí para atender necessidades. Mesmo as que ainda não foram percebidas pelos clientes.

Tenha uma estratégia para cada canal – Os textos no seu blog e as postagens que você faz nas mídias sociais não poderão ser feitos da mesma forma. Pois cada meio vai ter as suas particularidades. Use as métricas de cada canal para adequar melhor o seu conteúdo. Nas mídias sociais, por exemplo, criando anúncios os seus retornos serão mais seguros. A razão é que o público que verá a sua postagem será mais segmentado. 

Pode haver também diferenças de linguagem a serem observadas. O importante é se adequar a cada espaço utilizado para obter os melhores resultados em conversão e geração de leads. Não caia no erro de quem acredita que basta repetir o mesmo conteúdo em vários canais diferentes. Dificilmente isso vai trazer o retorno esperado.

Faça um bom uso das palavras-chave – Esse é um detalhe fundamental para que a sua página ganhe um bom posicionamento em motores de busca, como o Google. Saiba os termos que a sua persona costuma buscar quando quer saber sobre o assunto do qual você trata. Tenha também em mente quais os termos que melhor condensam a ideia em questão. 

Norteie sempre o uso de palavras-chave pelas técnicas de SEO. Essas regras se aplicam a praticamente qualquer conteúdo a ser inserido nas suas páginas – até mesmo vídeos e imagens. É um desejo geral estar entre os principais resultados do Google. Cuide para adequar o seu conteúdo em forma e relevância para atingir esse objetivo e resolver o problema da baixa visibilidade.

Destaque-se – Invista na originalidade. É importante não ser apenas mais um na rede. Afinal, a internet apresenta um número enorme de concorrentes falando sobre a mesma coisa, e por vezes, da mesmíssima forma. Busque formas diferenciadas de abordar o seu assunto e mostre sempre a sua personalidade. É importante ter referências e boas informações. Mas pense que criar identificação ou surpreender o seu visitante será um algo a mais.

Atenção à mensuração – Use as métricas para definir quais as decisões futuras nas suas estratégias de Marketing. Analise o tráfego do seu site, que pode te indicar o melhor horário para as postagens, por exemplo. Veja qual canal é mais efetivo para a geração de leads, e trabalhe para a melhoria da performance nos canais onde os números são menores. É preciso saber se o seu conteúdo está sendo acessado e como está indo a interação com o cliente. Os KPIs – indicadores-chave de desempenho – serão os seus melhores amigos nesse contexto.

Atenção à frequência – Produzir sempre e com qualidade é difícil? Sim. Mas é preciso conciliar essas duas exigências no Marketing de conteúdo. No entanto, entenda que uma postagem frequente indica uma regularidade, e não uma enxurrada mal planejada de conteúdo. O que importa é uma atualização constante dos seus canais para se manter relevante na sua área. 

A frequência vai se adequar ao meio. No Twitter, por exemplo, em que há um fluxo de informação muito grande, suas postagens precisariam ser muito mais frequentes do que no seu blog. Cada canal vai possuir um ritmo e uma linguagem. Assim como vai apresentar uma forma específica de análise de dados. Use essas informações a seu favor, a fim de planejar melhor as suas postagens.

Visite a RedaWeb


Gerar conteúdo de relevância é um dos grandes desafios do Marketing Digital. Com as dicas mencionadas você vai poder contornar as principais dificuldades na criação de material com valor. Se você quer assinar um plano de produção de conteúdo e receber material profissional e de qualidade, entre em contato com a RedaWeb. Acesse o nosso site para mais informações ou ligue no número 0800 750 5564 para assinar um plano.