Promoção para além das vendas: o marketing de experiência como aliado
Promoção para além das vendas: o marketing de experiência como aliado
Já se foi o tempo em que o marketing era centrado em promoções completamente direcionadas para as vendas. Os descontos e opções especiais de parcelamento ainda são estratégias atraentes, porém nem sempre efetivas diante do crescimento do setor de marketing em todo o âmbito corporativo. Para uma empresa se fixar no mercado, existem diversas outras ações de marketing mais importantes do que apenas oferecer produtos a preço de banana. 

Se com o desenvolvimento do marketing a necessidade de implementar um planejamento direcionado de acordo com a realidade da empresa já cresceu, com o advento da tecnologia e internet, essa demanda se multiplicou. Hoje, é preciso estar presente em diversos meios, através de formatos variados e atingindo diferentes públicos. 

Se a competitividade aumentou, as possibilidades dentro do marketing também aumentaram, o que é notícia boa para as empresas que pretendem ampliar seu número de clientes e de atividades no mercado. Atualmente, uma das principais estratégias no setor é chamada de marketing de experiência, que converte a interação entre empresa e cliente em resultados concretos. Hoje vamos conhecer mais sobre essa subdivisão do marketing. 

Marketing de experiência 


As experiências normalmente determinam nossa relação com situações de nossas vidas. Por exemplo, se uma pessoa experimenta um alimento e o considera ruim, dificilmente vai querer comê-lo novamente. Da mesma forma, se o sabor lhe agradar, é provável que a pessoa volte a consumi-lo. O mesmo acontece em relação às empresas: seja em relação ao atendimento, à qualidade do produto, aos posicionamentos que a marca defende, entre outros. A experiência pode determinar a conquista ou a perda de um cliente. 

Por meio da experiência, portanto, é possível conquistar e até mesmo fidelizar clientes. Para isso, no entanto, é preciso ter uma interação bem-sucedida. E, para ter sucesso nessa interação, é preciso conhecer melhor o cliente, avaliando seus gostos e preferências e o tipo de ação que pode ser recebida positivamente por ele.

Tipos de experiência


Atualmente, sabe-se que as experiências são recebidas através de cinco meios. O primeiro deles é a experiência sensorial, ou seja, captada pelos cinco sentidos. Pode ser um som agradável ou um cheiro gostoso: todas as sensações podem contribuir para uma boa percepção da empresa. Da mesma forma, também existe a experiência baseada no sentimento que, por vezes, é decorrente da interação sensorial. Assim como no caso dos cinco sentidos, o sentimento pode ser estimulado com ações, ainda que se manifeste de forma subjetiva no cliente. 

A experiência por meio do pensamento normalmente faz pensar a respeito de um tema corrente, muito presente nas ações de empresas que tentam engajar-se por causas, como é o caso de corporações que denunciam os maus tratos aos animais, a homofobia, o racismo, entre outros.  

Existem ainda as experiências que ocorrem através de ações e de identificação. As ações trazem conceitos de marketing mais diretos, com divulgação mais explícita da marca em estratégias variadas. Já a experiência por identificação, busca propagar valores em concordância com o seu público, seja através de um estilo de vida ou defesa de causas. 

Como utilizar o marketing de experiência como aliado?


Ao conhecer as formas de interação por meio da experiência, torna-se muito mais fácil pensar em como aplicar a estratégia em sua empresa. Obviamente, tudo depende do tipo de produto ou serviço que a empresa vende, bem como as características do público-alvo e meios utilizados para a propagação da ação. Em cada empresa, deve haver um planejamento de marketing bem elaborado, de modo a atender as necessidades da corporação. Porém, algumas dicas são válidas para alcançar uma interação de sucesso com o seu cliente. Confira!

Crie situações inesperadas


Muito do sucesso de várias experiências vêm da surpresa por parte do cliente. Isto é, a marca apresenta uma condição inusitada, o que atrai tanto os clientes participantes, quanto os que visualizam apenas a divulgação da ação. Por exemplo, em 2012 a Sprite instalou duchas em uma praia do Rio de Janeiro, em formato de uma máquina de refrigerantes. Na ação, a empresa atraiu o público que pode usufruir do serviço gratuitamente e ganhou audiência com a divulgação de vídeo promocional. Em ambos os casos, a experiência foi recebida de forma inesperada, tornando-se uma surpresa possivelmente positiva aos banhistas e aos espectadores. 

Venda mais do que produtos


Como mencionamos anteriormente, a experiência por meio da identificação resulta quando cliente e empresa compartilham dos mesmos valores, ideias, pensamentos. Nesse tipo de experiência, marcas que vendem um estilo de vida costumam ter muito êxito, mesmo que os preços não sejam os mais baratos do mercado. É muito comum ver esse tipo de ação associado ao segmento jovem, como por exemplo, no caso de lojas que vendem produtos para skatistas. Por esse motivo, além de vender os produtos específicos, criar uma atmosfera que converse com o tema da loja pode influenciar em uma maior experiência de identificação. Desde a decoração do estabelecimento, até o estilo dos vendedores e a música ambiente podem fazer a diferença nesse tipo de ação. 

Saia da caixa


Quem já comprou um par de sandálias Havaianas no supermercado e um par de sandálias na própria loja da Havaianas sabe: a experiência é completamente diferente.  Toda a atmosfera da loja influencia em uma experiência muito mais impactante do que a simples aquisição do produto em um local que não possui especificamente esse fim. Por esse motivo, não basta apenas vender: é preciso inovar para fazer da própria experiência da compra uma forma de fidelizar um cliente. 

Ao inovar, o ponto de venda não é a única forma que pode ser mudada. Invista em promoções online e offline, como jogos para obter descontos, distribuição de brindes, campanhas que abordam assuntos em alta com posicionamentos responsáveis, entre outras ações. A experiência, seja antes, durante, ou após a compra, muito se baseia na descoberta de novas possibilidades e é por esse motivo que inovar é o ponto principal nesse segmento. 

Inspire-se


Com tantas possibilidades de novas ações, a imitação perde espaço no marketing. Porém, nada impede que empresas inspirem-se em campanhas já realizadas para abrir a mente e avaliar as possibilidades existentes no seu mercado. Busque cases de grandes empresas para conhecer um pouco mais sobre o segmento do marketing de experiência e, a partir daí, traçando informações sobre os seus clientes estude a melhor forma de aplicar a estratégia. Lembre-se que o marketing possibilita uma infinidade de atividades, basta ter planejamento e disposição para colocá-las em prática!

Quer soluções de marketing de forma rápida e prática? Acesse www.redaweb.com.br ou ligue para o número 0800 750 5564 e tenha acesso a diversos planos de produção de conteúdo para a sua empresa.