Blog Como adicionar um site no Google Analytics? Descubra aqui!

Como adicionar um site no Google Analytics? Descubra aqui!

Trabalhador verificando o visitante de tráfego do site no Google Analytics

Todos os dias, bilhões de usuários utilizam a internet para pesquisar, fazer perguntas, comprar, se informar, se divertir etc. E não há dúvidas de que o Google é a ferramenta mais utilizada para encontrar os sites mais relevantes para essas buscas. 


Para as empresas que possuem endereço na internet é muito importante aparecer e se tornar referência na rede. Com isso, milhares de pessoas podem visitar seu site e conhecer seus produtos e serviços. 


Mas como chegar em primeiro lugar nas buscas na internet? Como ser relevante para o grande público em um mercado tão gigante? A resposta é o Google. Ele oferece uma grande ferramenta que auxilia na medição dos acessos ao seu site. É o Google Analytics. 


Nessa postagem, falaremos sobre essa poderosa ferramenta de análise de métricas e como você consegue adicioná-la a um site. Leia e compartilhe este conteúdo.


O que é Google Analytics?


O Google Analytics é um dos serviços para medição de estatísticas mais usados na internet. E duas de suas principais vantagens são sua facilidade na instalação e o fato dele ser completamente gratuito. Outro benefício do Google Analytics é que ele aponta dados detalhados sobre os visitantes e as visitas de um site. 


Ele foi criado como um tipo de ajuda aos webmasters para que eles pudessem otimizar os sites, tanto para as campanhas de marketing quanto para o Google AdSense. No entanto, o Google Analytics não faz milagres. Quem resolve os problemas apontados pelo serviço é o webmaster. O Analytics somente aponta quais informações precisam ser corrigidas para uma melhor otimização. 


Para que serve o Google Analytics e como usar o Google Analytics no site?


Como dito anteriormente, o Google Analytics é uma ferramenta gratuita oferecida pela Google para medir resultados de um site. Ela é ativada por meio de uma conta do próprio Google. Quando você cadastra um site nesse serviço, recebe um código para ser inserido no mesmo. 


Assim, cada vez que se acessa o painel do Analytics, são mostradas estatísticas de visitação e outras informações importantes. O Google Analytics teve como base o sistema de estatísticas Urchin, da Urchin Software Corporation. A empresa foi adquirida pela Google em 2005. 


Em resumo, o Analytics serve para fazer uma avaliação do desempenho do um site e auxiliar os administradores a tomarem decisões mais inteligentes com base em dados. Dessa forma, os resultados ficam cada vez mais apurados com o passar do tempo de uso.


Na prática, ele coleta e compila diversos tipos de dados que estejam relacionados aos visitantes de um site e transforma todas essas informações em relatórios fáceis de compreender e mais completos. E para isso, só é preciso instalá-lo no site. 


Passo a passo para inserir um site no Google Analytics


Caso você não tenha mecanismos de estatística em seu site e queira instalar o Analytics para obter informações relevantes basta seguir esse passo a passo bem simples.

  • Primeiro, é preciso criar ou ter uma conta no Gmail/Google. Como faz parte do universo Google, isso é necessário pois todos os seus serviços são integrados. Assim, com uma conta de qualquer um dos serviços Google, você consegue ter o acesso para usar o Analytics. Sendo assim, caso você não tenha uma conta no Gmail, é preciso criar uma. Depois disso, basta logar para começar a usar a ferramenta.
  • Após isso, vamos para a parte dos dados pessoais. Depois de inserir os dados da nova conta, o Google pedirá que os dados pessoais do dono da conta sejam informados, como telefone para contato, sobrenome e nome. Tudo isso serve para que o Google Analytics ofereça um serviço de melhor qualidade para o seu usuário e para conseguir personalizar e monitorar o atendimento ao público, no caso de isso ser preciso.
  • Depois de tudo isso, é preciso aceitar os termos de usuário. Essa é uma questão mais ligada a parte jurídica do uso do serviço. Antes de começar a utilizá-lo, o Google pedirá que se leia e se aceite os termos que constam do contrato. Não é necessário levar isso tão a sério se você pretende fazer um bom uso do Analytics. No entanto, é muito importante sempre dar uma olhada e ler qualquer documento antes de aceitar o serviço.


Após este ponto, a conta no Analytics está criada. Depois, será necessário fazer a configuração do site para que a ferramenta possa iniciar o monitoramento de acessos.


Afinal, como cadastrar minha empresa no Google Analytics?


O cadastro de uma empresa no Google Analytics é a mesma coisa que você fez no passo a passo acima. Afinal de contas, o site é a representação de um empreendimento na rede. 


Ao criar uma conta, você ainda gera automaticamente uma visualização de dados e uma propriedade. Tudo isso cria uma estrutura no Google Analytics que faz com que a ferramenta colete e analise informações. 


Como incluir mais de um site no Google Analytics?


Caso você tenha mais de um site que queira inscrever no Google Analytics isso também é possível. A ferramenta reconhece que um mesmo administrador possa ter mais de um blog ou site e que queira ter as estatísticas separadas para cada um. 


Sendo assim, cada site a ser monitorado é considerado como uma conta diferente dentro do perfil do administrador no Google Analytics. Nessa fase, é preciso fazer a indicação ao Google Analytics sobre o nome e o endereço que as suas contas terão. Esse passo é muito simples e tem como função ajudar a identificar os sites para serem utilizados no Analytics.


Como começar a usar o Google Analytics?


Agora que você já se inscreveu no Google Analytics, vamos começar a usar a ferramenta. Será preciso ter o papel de editor para usá-lo.


Para esse passo a passo, vamos começar criando uma conta:


  1. Primeiro, faça o login em sua conta no Google Analytics.
  2. Em seguida, clique na opção Administrador.
  3. É preciso clicar em Criar nova conta no menu da coluna Conta.
  4. Depois, selecione Site ou App para os dispositivos móveis.
  5. Na parte de Configuração da sua conta, é preciso ir para estas etapas: a) insira um Nome para a conta: Utilize um nome descritivo e específico. Dessa forma, você conseguirá saber qual a finalidade da conta assim que ler o seu nome na lista de contas; b) continue usando a configuração padrão para poder adicionar a conta em sua atual organização. Sendo assim, desmarque a caixa de seleção que cria uma conta fora da sua organização.
  6. Na opção Como configurar sua propriedade você deve inserir o nome do app ou do site. Se os seus planos forem verificar mais de uma propriedade na conta, utilize também um nome descritivo e específico. No caso de aplicativos, faça a inclusão da versão ou do número da edição. Dessa forma, é possível manter as propriedades dos aplicativos organizadas na conta.
  7. Faça a inserção da URL do website. Lembrando que, para isso, é preciso estar conectado à rede. Não será possível criar qualquer propriedade se a URL estiver formatada de maneira incorreta.
  8. Depois, você deve selecionar a Categoria do setor.
  9. Selecione ainda qual será o Fuso horário para o relatório. Ele será utilizado como um dia-limite para a produção dos relatórios, independente de qual seja a origem dos dados.
  10. Na parte de Configurações de compartilhamento de dados, você deve selecionar quais são suas configurações desejadas. 
  11. Por fim, selecione a opção Receber ID de acompanhamento.


Principais funcionalidades do Google Analytics


O Google Analytics é capaz de mostrar informações que apoiam a avaliação e a percepção do comportamento dos usuários em um site. 


A ferramenta ajuda a dar insights aos administradores sobre as visitas, as compras realizadas, as preferências e qualquer outro dado relevante que auxiliam na compreensão da experiência do usuário e na otimização dos sites para chegar à conversão. 


Desta forma, quando se associa o serviço com o website, isso possibilita ainda a visão do desempenho de uma empresa em sua estratégia de Search Engine Optimisation (SEO). Isso tudo serve como uma base para que se tome decisões.


Vejamos agora, algumas funcionalidades essenciais do Google Analytics: 


Recolhimento de dados automatizado: 

Uma das coisas mais importantes a se fazer quando se opta pelo uso do Google Analytics é fazer a configuração da conta e a implementação do código de rastreamento no site. Depois disso, a plataforma começará a colher dados automaticamente e de maneira independente. Somente com essa instalação será possível acessar imediatamente a uma grande variedade de informações relevantes sobre os sites, as campanhas, os usuários, as vendas etc.


Verificação do volume de tráfego dos sites: 

Esta funcionalidade é uma das mais populares do Google Analytics e é para ela que sempre devemos olhar. A plataforma é capaz de colher uma grande variedade de dados importantes para verificar se, de fato, há algum tipo de visitação ao site. Sendo assim, ela confere uma visão ampla do número de visitantes em um intervalo de tempo determinado, do bounce rate (taxa de abandono), do total de páginas visitadas, qual foi o tempo médio do usuário em cada página etc.


Verificação do perfil de usuários: 

O Google Analytics coleta dados do comportamento do usuário nos sites, além de informações demográficas e geográficas. Sendo assim, fica muito fácil verificar os seus interesses, qual o dispositivo usado para visitar o site, qual a sua localização geográfica, a faixa etária, condição sexual etc. Isso faz com que se perceba se os visitantes correspondem ao público-alvo que foi definido pela empresa, além de permitir que se obtenha insights sobre todos os segmentos para o alinhamento das estratégias de marketing digital.


Estudo da origem dos usuários: 

Saber de onde vem o tráfego dos usuários é uma das formas possíveis para verificar se as estratégias de marketing que foram implementadas nos meios digitais estão tendo o desempenho que se esperava. A origem do tráfego pode ser de várias fontes: campanhas, redes sociais, e-mail marketing, ouros sites, links etc. Seu volume vindo de cada fonte pode justificar também o ajuste de esforços em cada um desses meios e uma mudança de estratégia.


Relatórios personalizados: 

O Google Analytics permite a criação e o envio de relatórios regularmente, para criar uma rotina otimizada de análise. Sendo assim, há as possibilidades de personalizar os relatórios ou escolher os que são criados pela própria ferramenta. No caso do relatório personalizado, é possível selecionar quais as métricas e dimensões que são mais importantes de serem acompanhadas em uma determinada venda específica, estratégia ou campanha, além de definir como isso deve ser exibido.


Verificação do comportamento dos usuários em tempo real: 

Mais uma métrica muito importante do Google Analytics. Ela faz a análise do comportamento e das interações do usuário em tempo real. Isso quer dizer que, a plataforma permite o monitoramento de todas as atividades que acontecem dentro do site. Essa métrica está sempre em atualização para trazer o conhecimento de quantos usuários ativos estão visitando o site em determinado momento, qual seu fluxo comportamental e se existe alguma meta de conversão sendo alcançada. 


Integração com várias plataformas: 

A ferramenta possibilita uma integração muito fácil com outras do Google, como o Google Search Console e o Google Ads. Sendo assim, você pode reunir todas as informações em uma única interface, ajudando muito nas tomadas de decisão de uma empresa. As plataformas funcionam bem em conjunto e tanto o acesso quanto a análise da informação ficam bem mais simples e objetivos.


Utilização de alertas: 

Esta funcionalidade permite que o administrador possa estar a distância da ferramenta, mas sempre atento ao que se passa no site. Ela fornece informações imediatamente sobre algum acontecimento. De uma maneira bem simples, o administrador consegue configurar alertas personalizados sobre aquilo que ele considera ser mais relevante para seu conhecimento: redução do tráfego orgânico, nenhuma transação registada etc. 


Avaliação das conversões: 

Uma das mensurações mais importantes para a implementação das estratégias de SEO é a avaliação das conversões. Após definir os objetivos dentro do Google Analytics, será possível acompanhar as taxas de conversão do site de forma simples. Isso pode acontecer numa compra, numa subscrição de uma newsletter, no preenchimento de um formulário etc. O Google Analytics auxilia na obtenção de insights sobre o que está funcionando, quais páginas estão levando à conversão e o que precisa ser melhorado quanto a navegação e a usabilidade.


Comparação de dados: 

Nem sempre é simples fazer um cruzamento de dados. Mas a interface do Google Analytics facilita a tarefa de maneira eficiente e intuitiva. Dessa forma, é possível fazer o cruzamento de diversas variáveis, comparando dados e alocando-os em uma única tabela ou gráfico. Isto possibilita uma visão abrangente e a observação da evolução do site ao longo do tempo. 


O que você precisa adicionar nas páginas de um site para que o Google Analytics possa coletar dados?


Quando o administrador cria uma propriedade para o site dentro do Google Analytics, um código é gerado pela ferramenta. Ele deve ser inserido no site para que a plataforma possa interagir com o mesmo. Este código é a conhecida Tag de Acompanhamento. Você pode inseri-lo em qualquer parte do seu site, mas isso não quer dizer que você não vá ter problemas. O ideal mesmo é inserir o código na parte da tag HTML Head.  


Dicas para aumentar os acessos no seu site


Se você deseja que seu site ganhe mais acessos, siga essas dicas: 


  1. É preciso fazer com que o site apareça na primeira página de resultado de buscas do Google usando as estratégias de SEO;
  2. Tenha redes sociais e crie uma rotina de compartilhamento de conteúdo;
  3. Crie um cadastro para armazenar dados dos seus visitantes;
  4. Busque publicar conteúdo como convidado em um outro site diferente do seu;
  5. Tenha um blog e, como no caso das redes sociais, faça publicações constantes e rotineiras;
  6.  Ofereça outros conteúdos por meio de newsletters, encaminhadas por e-mail;
  7. Invista também em anúncios pagos no Google e nas redes sociais;
  8. Não descuide nunca do design do seu site;
  9. Tenha a preocupação de proporcionar uma boa usabilidade para os visitantes de seu site; e
  10.  Tenha o seu próprio domínio para o site.

Dúvidas comuns sobre Google Analytics


Mesmo sendo uma plataforma simples de usar, os administradores de sites sempre têm dúvidas sobre o Google Analytics. Vamos a alguma das mais comuns: 


1. Como o Tracking Code funciona?


O Tracking Code do Google Analytics (código de rastreamento em português) é aquele que é gerado pela ferramenta cada vez que o administrador entra na própria conta com um novo site. É com ele que o Google identificará quem, por onde, quando e por quanto tempo cada usuário visitou o site. 


Para que o Tracking Code possa ser instalado no site é preciso usar o velho método de “copiar/colar” no código fonte de suas páginas. A recomendação é que, por padrão, ele seja colado antes do fim do site, próximo a tag </body>.


2. O que acontece caso não se cole o Tracking Code em alguma página?


A resposta é nada. A página onde esqueceu-se de colar o Tracking Code apenas não vai ser monitorada pelo Analytics. O fato de o código não estar inserido em uma das páginas não vai interferir no rastreamento de todas as outras. 


No entanto, mesmo que não aconteça nada de grave, é recomendável que sempre se verifique se o Tracking Code está inserido em todas elas, pois quando há uma página que não está sendo monitorada, a mensuração de dados pode estar perdendo a contagem de visitas na mesma.


3. Qual o tempo necessário para que os dados das primeiras estatísticas apareçam no Analytics?


Assim que o Tracking Code for instalado e verificado em determinado site, o tempo médio que leva para o Google Analytics começar a exibir as primeiras estatísticas é de um dia (ou 24 horas). No caso disso não acontecer depois deste período, verifique os fatores a seguir:


  • O Tracking Code está correto? Veja se o código que foi colocado no site é o correspondente exato do que o Google Analytics gerou para o mesmo;
  • O site está utilizando redirecionamentos? Em alguns casos, essa prática em um site pode fazer com que o Analtytics não seja eficiente em localizar e monitorar o mesmo.   
  • Algum código JavaScript local entrou em conflito com o Analytics? Os scripts de JavaScript, em alguns casos, usam variáveis que tem a mesma nomenclatura das variáveis da ferramenta do Google. Isso pode gerar algum conflito. Caso as estatísticas não estejam aparecendo, tente retirar os códigos JavaScript do site e verifique se algum deles não estava gerando algum conflito. Caso isso esteja acontecendo, tente refazer o código ou passar o Tracking code para alguma outra seção da página.

      

4. Até quantos sites são possíveis de se adicionar na conta do Google Analytics ?


Esse número máximo de sites em uma conta do Analytics para o monitoramento não existe. Toda vez que algum site é adicionado à conta, um novo Tracking Code é imediatamente gerado, evitando conflitos. 


Mesmo assim, recomendamos muito fazer o gerenciamento de usuários do Google Analytics e dividir os projetos e as atribuições entre eles de maneira correta para evitar qualquer problema. 


5. De onde o Analytics tira as estatísticas de um site?


Em resumo, o Analytics retira as estatísticas da base de dados do próprio Google. No entanto, ele busca ainda dados em algumas fontes confiáveis complementares. 


Entre essas bases de dados de search engines consultada pelo Google Analytics, há a AOL, o Yahoo!, o Baidu, o MSN, o Live, a Lycos, o Voila, o Ask, o Gigablast, o Altavista, o Alltheweb, o Netscape, o About e o Looksmart.


Conclusão


Neste artigo, trouxemos o máximo de informações sobre essa grande ferramenta que é o Google Analytics para que você consiga usá-la de maneira eficiente. Com isso, a partir de agora é possível para você usar os relatórios elaborados pela plataforma para compreender melhor o comportamento do usuário dentro do seu site e quem ele é, entre outras métricas. 


Gostou deste conteúdo? Agora que você já sabe como adicionar um site no Google Analytics, acesse o site da RedaWeb ou ligue para 0800 750 5564 e assine um plano de produção de conteúdo.


Artigos relacionados.

Ver mais artigos
as-palavras-chave-sao-a-solucao-do-marketing-de-conteudo-descubra-aqui analise-da-concorrencia-ferramentas-que-podem-ajudar -banco-de-imagens-gratuitos-e-pagos-que-voce-precisa-conhecer
Whatsapp
Ligue grátis 0800 750 5564
Ligue grátis 0800 750 5564