A essência do Marketing Digital já é o conteúdo

O marketing conhecido atualmente é uma disciplina mercadológica que surgiu após a Segunda Guerra Mundial. De acordo com Philip Kotler, tido como o pai da disciplina, o marketing é um processo por meio do qual pessoas e grupos satisfazem necessidades e desejos por meio da criação, oferta e negociação de produtos e serviços.

No entanto, desde seu surgimento, muita coisa mudou no mundo e uma das mudanças mais drásticas veio com a criação e o uso em larga escala da internet, alterando as formas de criar, oferecer e negociar produtos. 

Nesse cenário, surge o marketing digital como uma importante ferramenta que empresas, profissionais e outros tipos de instituições, inclusive aquelas sem fins lucrativos, utilizam para solucionar desejos e necessidades de clientes e interessados. 

Dessa maneira, essa nova disciplina oferece uma série de estratégias que permitem a realização de ações com objetivos definidos. Entre essas estratégias está o conteúdo, já considerado como a essência do marketing digital atualmente. 

É justamente esse assunto que este artigo aborda. Mas para que seja possível entendê-lo da melhor maneira possível, antes é necessário conhecer um pouco mais a fundo os princípios básicos dessa nova forma de marketing e as estratégias que oferece.


Conceitos e estratégias de marketing digital

Apesar de empregar uma série de pressupostos e ferramentas utilizadas no marketing tradicional, por atuar em um ambiente diferente o marketing tradicional apresenta uma série de conceitos vitais, como:

  • Persona: equivalente do público-alvo no marketing tradicional, já que representa um personagem semi fictício que apresenta as principais características do consumidor ideal da empresa, permitindo ações mais assertivas.
  • Lead: são contatos que representam oportunidades de negócio. São coletadas informações a respeito de cada lead para que seja possível realizar ações específicas que o levem a compra efetiva.
  • Funil de vendas: equivalente da jornada de compras, permitindo identificar em que estágio o lead se encontra – reconhecimento do problema, consideração e decisão de compra.
  • Fluxo de nutrição: ação de encaminhar conteúdo automático diante de um gatilho realizado pelo lead, fazendo caminhar para o funil de vendas.

Dessa maneira, é possível concluir que o marketing digital é um processo estruturado e integrado, que considera indivíduos em vez de uma multidão homogênea (público-alvo) e utiliza ferramentas de automação para facilitar o planejamento, a execução e a mensuração dos resultados de ações.

Existem diversas estratégias para atrair usuários, transformá-los em leads e posteriormente convertê-los em clientes. O SEO (Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca) é uma delas, consistindo basicamente no uso de palavras-chave para os usuários encontrarem a empresa.

O inbound marketing é outra importante estratégia, já que inverte a lógica do marketing tradicional ao fazer os usuários encontrarem as empresas por meio da oferta de conteúdos relevantes, e não as empresas buscarem incisivamente interessados por meio, por exemplo, de anúncios. 

Sites e blogs também são estratégias importantes, pois permitem a criação de anúncios pagos em buscadores (links patrocinados) e a oferta de conteúdos relevantes e de qualidade.

O que todas essas estratégias têm em comum é o conteúdo, e este é um dos motivos que justifica ele ser a própria essência do marketing digital.


Conteúdo como alma do marketing digital

O primeiro fator que faz do conteúdo a peça mais importante do marketing realizado na web é a própria natureza da web. A rede mundial de computadores é um espaço de democratização de criação, acesso e compartilhamento da informação. Assim, o digital é sinônimo de informação.

Como todas as ações de marketing devem estar em sintonia com o ambiente em que são realizadas para que sejam efetivas, na web essas ações devem ser pautadas na informação, e a forma de distribuir informações é por meio do conteúdo, seja ele textual ou audiovisual.

O segundo motivo que justifica o conteúdo ser a essência do marketing digital está no comportamento do usuário na web. O acesso à informação aumenta ainda mais o poder dos clientes, fazendo anúncios invasivos, massificados e inadequados à sua realidade.

Esse é o motivo que justifica a mudança de paradigma do marketing digital – é o usuário que vai até as empresas – e que justifica a importância do conteúdo nesse processo, já que essa atração de interessados é realizada por meio de conteúdo de qualidade e adequado às personas definidas.

A diferenciação da concorrência é o terceiro motivo. Com o avanço da tecnologia, normas de qualidade e padronização de processos produtivos, é cada vez mais difícil se diferenciar da concorrência por fatores inerentes aos produtos ou à execução dos serviços.

Na maioria dos casos, essa diferenciação é feita por meio do atendimento ao cliente, que não quer se sentir apenas mais um consumidor. Dessa maneira, boas ferramentas de relacionamento com clientes e interessados – como SAC em diferentes canais e oferta de conteúdo útil e de qualidade – permitem não só melhorar a reputação da marca no mercado como também se destacar da concorrência. Além disso, em casos extremos e pautados em estratégias sólidas e de longo prazo, tornam a empresa referência em seu nicho de mercado.

O poder de persuasão do conteúdo é o quarto motivo, e para justificá-lo é possível fazer uma comparação simples. Em uma propaganda de 30 segundos na televisão, não é possível mostrar todas as funcionalidades, diferenciais e potenciais de uso de determinado produto, tanto pela questão de tempo quanto pelo alto preço da exibição. No entanto, isso pode ser feito em um post de blog ou em um tutorial de vídeo.

Isso significa que, quando os conteúdos são bem planejados e bem produzidos, eles são extremamente eficazes na divulgação, visto que a limitação de espaço é muito menor e que o preço do anúncio na internet é infinitamente menor do que os de mídias tradicionais e até mesmo gratuito em alguns casos. 

Como informação é poder, por meio desses conteúdos os leads se sentem muito mais confiantes para realizar uma decisão de compra, o que na prática significa maiores chances de conversão e maior lucro para as empresas.

São por todos esses motivos que é possível afirmar que conteúdo é sinônimo de marketing digital. Mas para que seu poder seja explorado ao máximo, é necessário que as campanhas e ações sejam bem estruturadas.

Quando utilizado no contexto de estratégias digitais planejadas de maneira sólida, com base em dados e informações relevantes, com objetivos e metas bem delineados o conteúdo tem poder inigualável.

Se você deseja usufruir desse poder do conteúdo em suas estratégias digitais, conte com a RedaWeb. Assine um plano de produção de conteúdo profissional e tenha a certeza de contar com as melhores soluções. Entre em contato por meio do site ou pelo telefone 0800 750 5564.