A psicologia das cores a favor do desempenho dos alunos

O estudo das cores é uma atividade que vem se desenvolvendo por muitos anos e que auxilia em diversos processos de desempenho e produtividade em todas as áreas de atuação. Tem a capacidade de agir biológica, psicológica, emocional e culturalmente em favor positivo ou negativo durante a apresentação de marcas, produtos e serviços. Observando esses aspectos, é que cursos como os de Marketing e Publicidade, agregam em seus componentes o estudo e a influência das cores nas diversas atividades desenvolvidas na área comercial e social. 


Digamos que as cores podem ser observadas em duas categorias (cores quentes e frias) e que, ao se conhecer um pouco mais sobre elas, é possível gerar padrões que atuem positivamente nos aspectos gerais da sociedade, desde o biológico até o cultural. Portanto, nós temos:


Cores quentes


 As cores quentes são aquelas mais vivas, que transmitem uma sensação de alegria, dinamismo, vivacidade. Remetem ao calor, verão, coisas intensas e criativas. São as cores formadas a partir das combinações de cores primárias como vermelho e amarelo.


Cores frias


 As cores frias, são aquelas que transmitem uma sensação de calma e tranquilidade, remetem a sensações de frieza e são relacionadas à natureza e ao meio ambiente, como plantas, água e gelo. São as cores azul, verde, lilás e rosa.


A utilização das cores causa em cada indivíduo um efeito que pode influenciar em suas escolhas, decisões, modo de pensar e ver o mundo. Dentre esses efeitos, observa-se:


Efeitos Biológicos


 De acordo com estudos científicos, as cores frias podem causar efeitos calmantes e de relaxamento no nosso sistema orgânico, enquanto as cores quentes podem acelerar o nosso sistema biológico, despertando um estado de euforia, alegria e bem-estar. Esses efeitos ocorrem pela liberação de substâncias em nossas funções biológicas que são ativadas de acordo com a incidência das cores que nos circundam em determinados momentos.


Efeito Emocional


 As cores podem influenciar também nas emoções de cada pessoa. Elas têm a capacidade de despertar sensações de alegria e energia, efeitos esses causados pelas cores quentes, enquanto cores frias e mais caídas como o preto ou o cinza podem trazer sensações de tristeza e mal-estar.


Efeito Psicológico


 As cores influenciam no nosso psicológico de uma forma impressionante, atuando como pontos chaves para os processos de memorização. É por esse motivo que, muitas vezes, identificamos produtos e seus pontos de localização, associamos e qualificamos marcas, logos e desenhos aos serviços oferecidos.


 Além disso, estudos ressaltam que as cores influenciam de forma significativa nos processos de aprendizagem. As pessoas alcançam um grau de concentração maior com cores mais intensas e quentes, pois essas despertam a atenção e a criatividade de quem está envolvido com determinada atividade ou estudo.


Efeito Cultural


 As cores, por muitos anos, têm influências culturais que atuam de forma muito presente na nossa sociedade. Temos como exemplo a associação das cores rosas ao feminino e as cores azuis ao masculino, o preto associado a momentos de tristeza e luto, as cores das bandeiras que identificam facilmente os países, estados, municípios, etc... Nossa cultura é mantida pelas associações visuais e as cores estão presentes em nela desde tempos remotos.


Atualmente, muitas empresas na elaboração de seus logos e sua marca, buscam por profissionais que tenham o conhecimento sobre a utilização das cores e suas combinações para produção de uma marca que seja impactante, e que ofereça para o desenvolvimento de suas atividades a visibilidade corporativa que tanto almeja. 


Estudantes passaram a utilizar também desses conhecimentos sobre as cores para melhorar o seu desempenho dentro do meio acadêmico, no qual utilizam as cores como pontos estratégicos de controle de emoções e psicológico, para beneficiar o seu aprendizado.

 

Nesse mesmo contexto, muitas instituições de ensino vêm agregando em suas atividades escolares e acadêmicas metodologias de ensino através do uso das cores, para manter seus alunos concentrados ou até mesmo mais calmos no momento do ensino aprendizagem. 


Sabe-se, por exemplo, que a cor amarela é uma cor alegre, que mantém a atenção e auxilia na captação de informações e compreensão do que se está sendo ensinado. Já a cor azul é muito utilizada para acalmar; muitos estudantes buscam nessa cor a tranquilidade para momentos de ansiedade antes das provas ou apresentações importantes, agregando-a em seus projetos para que tenham um desempenho favorável sem perder o controle emocional na execução de suas atividades. 


Cores: a favor do desempenho dos alunos


Para esclarecer sobre como as cores podem influenciar no desempenho dos alunos, vamos pontuar algumas das cores e suas possibilidades que auxiliam no desempenho do ensino aprendizagem.


Vermelho

Cor intensa e vibrante que pode ser utilizada em atividades dinâmicas e que apresentem movimento, com a capacidade de causar a sensação de proteção e confiança. 



Laranja

Intensa, porém equilibrada, essa cor passa essa sensação para os alunos. Quando utilizada em atividades que exijam equilíbrio e controle, pode atuar de forma positiva no desempenho dos alunos para construção de um senso de honestidade, percepção e autocontrole.


Amarelo

Pode influenciar em atividades que exijam dedicação e memorização. Por ser uma cor viva, mantém a mente alerta e trabalhando ativamente na construção de novos conhecimentos.


Azul 

Essa cor, por desenvolver uma sensação fria, pode ser utilizada nas atividades, independente do grau de aprendizado, porque ela desperta a sensação de calmaria e tranqüilidade. Dessa forma, diminui a ansiedade, angústias e medos.


Verde

Presente na bandeira do nosso país, o verde é uma cor que, se bem trabalhada, pode causar no indivíduo o instinto de conquista, liberdade, esperança, etc. Também pode remeter à consciência de preservação e compreensão sobre as questões referentes à natureza.


Roxo 

É uma cor voltada para a sabedoria. Em tempos antigos, somente a nobreza poderia utilizar, em suas roupas e acessórios, pois o roxo denota poder, sapiência e conhecimento. Ela influencia na área do cérebro que é capaz de lidar com a solução de problemas nos mais variados graus de dificuldade.


Conclusão


Como já mencionado anteriormente, as cores podem influenciar de forma positiva e negativa sobre o indivíduo e seu desempenho em diversas atividades, sejam elas da vida profissional ou acadêmica.

É importante que se compreenda seus efeitos para que sejam aplicadas de forma construtiva, independente da atividade e da área de atuação em questão. 

As tonalidades frias e quentes podem agir a favor do desenvolvimento de qualquer atividade, ajudando o indivíduo a ampliar a sua compreensão e fortalecer seus conhecimentos.

Para entender mais sobre as estratégias de marketing, nós somos da RedaWeb temos vários planos de produção de conteúdo para sua empresa, com profissionais especializados trabalhando para o seu crescimento. Acesse nosso site www.redaweb.com.br ou entre em contato pelo telefone 0800 750 5564, caso deseje assinar nosso plano de produção de conteúdo!