Autoridade do domínio e a relevância do seu conteúdo

O conteúdo é o que há de mais importante na criação de um site. Afinal, é ele a causa do aumento de visitantes, do seu engajamento e das possíveis conversões. Mas, para que isso aconteça, ele precisa ser significativo, poderoso e robusto, criado especialmente para sanar os interesses de seu público-alvo. 

Para identificar se o site é uma referência no mercado e para seu público, a forma mais fácil de saber é por meio da autoridade do domínio. Trata-se de uma métrica que pontua de 0 a 100 e, embora existam fatores de influência nesse posicionamento, ela está diretamente ligada a um conteúdo relevante. 


Como saber a autoridade de um site

As ferramentas utilizadas pelo SEO estão cada vez mais complexas e refinadas, capazes de oferecer o máximo de precisão nas ações de marketing e na qualidade da página. Elas vão se formando a partir da demanda, que vai identificando as necessidades de informação, principalmente das métricas. 

O interesse em identificar a autoridade do domínio é recente, e a avaliação de sua maior ou menor relevância sobre outros sites é realizada, principalmente, por fatores off page. Um desses fatores é o número - a qualidade dos links que apontam para o domínio. Mas não é só isso, e outros fatores são capazes de proporcionar a ele valor maior ou menor. 

Essa avaliação é feita pelo PageRank - usado pelo Google em seu algoritmo -, que mensura a importância de uma página, blog ou site. Mesmo que tenha sido criada há algumas décadas pelos fundadores do Google, essa ferramenta tem ganhado mais visibilidade e importância atualmente. 

Sua ação é atribuir pontuação de 0 a 10, com um cálculo bastante específico, que inclui casas decimais na contagem. Ele também considera escalas logarítmicas, cuja diferença entre os números é contada de forma diferenciada. 

A pontuação do PageRank obedece a três fatores que precisam estar unidos para receber um valor maior: qualidade, quantidade e motivos de atração dos links externos. De nada adianta ter quantidade se não há um contexto satisfatório que tenha atraído esse link, assim como, sem quantidade, não haverá audiência ampliada nem autoridade. 

Para entender melhor essa avaliação de fatores, se o site recebe links externos em grande quantidade, mas não qualificados, de nada adianta para valorizar seu posicionamento. Mas, se páginas bem ranqueadas fazem parte de seus links, é possível subir nessa pontuação. Porém, um fator determinante é a qualidade do conteúdo desses links positivos. Eles precisam ser qualificados e associados à sua página, para que haja sentido em estarem vinculados a ela. Dessa forma, o Google avalia positivamente esse vínculo e aumenta os valores da escala. 

Embora seja importante considerar seu PageRank, essa métrica não é precisa e um site mal pontuado pode estar à frente de outro melhor. Há dificuldade em fazer comparações com outros sites, já que a forma de calcular essa escala é diferenciada e não é tão atualizada quanto as ferramentas mais usuais. 

As métricas mais indicadas pelo próprio Google e que podem mostrar com mais consistência a autoridade de domínio são o Open Site Explorer, que inclui uma análise mais ampla com outros indicadores, e o Smail SEO Tools, bastante prático e simples, de mais fácil compreensão para uma observação mais resumida. 

Outras formas de avaliar a autoridade do domínio são por meio de fatos como a sua idade, reputação conquistada pelo site, qualidade de inbound links, padrão temporal e análise distributiva. Pela sua complexidade, não é fácil tentar manipular seus dados, como é feito em algumas situações de SEO. Os riscos são grandes e vale mais a pena investir em outros pontos para valorizar essa autoridade, como boas estratégias de link building e conteúdos de qualidade.


A importância de conteúdos relevantes 

A elaboração de um conteúdo para site, blog ou página requer uma pesquisa sobre seu público-alvo e o que ele deseja receber. Não significa focar a publicação de informações e serviços sobre a marca ou assuntos que se acredita serem bons. É preciso identificar qual a necessidade de informação desse público e o que ele tem interesse em saber e encontrar como solução. 

A relevância da página vem dessa preocupação em criar conteúdos representativos, com informações reais e fontes que possam dar credibilidade a ela. Dessa forma, os visitantes se tornam seguidores e criam um engajamento, transformando o site em um especialista na temática seguida, o que só aumenta a autoridade do domínio. 

Escolher temas a serem abordados está associado ao segmento da marca. Se é uma instituição financeira, assuntos relativos à economia são bem-vindos. Se é uma agência de turismo, falar sobre locais ajuda a aumentar o interesse em viajar. Mas, se é uma empresa de games, falar sobre as tendências de jogos e histórias ajuda a se comunicar com quem realmente se interessa pelo produto. 

Nesse contexto, uma métrica que pode medir uma página ou publicação específica é a Page Authority. Ela avalia o conteúdo postado e se alinha ao domain authority, que analisa os links atraídos. É fato que um domínio de baixa autoridade, por possuir eventuais bons conteúdos, pode atrair alguns links com autoridade, mas um de alta autoridade não se alinha a um de baixa. 

O domain authority não faz uma boa avaliação de conteúdos efêmeros, muitas vezes relacionados a sites de notícias. O Google tem dificuldade em identificar relevância em sua formação e opta em atribuir valor a informações já existentes e testadas. 

Porém, o Page Authority é bastante eficaz para conteúdos antigos, mas que mantêm sua atualidade. Assim como todo bom conteúdo, é preciso ter palavras-chave que ajudem a destacá-lo no ranqueamento do Google. 

Ainda assim, o próprio Google vem agindo para que mensurações como o PageRank e o Page Authority se tornem obsoletas. A ideia é evitar as manipulações, muitas vezes grotescas, por meio da diminuição do valor de links sem importância que são a base dessas alterações de algoritmos. 

A recomendação para se destacar no ranqueamento do Google, especialmente na sua fase inicial, é manter o foco nos conteúdos de qualidade, para conservar a relevância com os usuários e levar o site, blog ou página a um bom posicionamento, mesmo que com uma mensuração mais baixa de PageRank ou Page Authority. A autoridade do domínio segue ao lado de um conteúdo robusto e potente. 

Está em dúvida sobre como transformar seu site em uma autoridade de domínio? Será que a relevância do conteúdo influencia os ranqueamentos do Google? Até onde as mensurações de links externos são úteis para atingir as melhores posições? Contrate a RedaWeb agora mesmo e descubra! Somos uma agência especializada em marketing de conteúdo e podemos alavancar seu negócio! Entre em contato pelo site ou ligue para 0800 750 5564 e escolha o plano que mais lhe convém!