Conheça diferentes Content Types para otimizar seu marketing de conteúdo

Que o marketing de conteúdo é uma ferramenta extremamente poderosa, você provavelmente já sabe. Mas ele pode ser ainda mais eficiente se você aproveitar todas as opções à sua disposição e aumentar o alcance e a eficiência da sua estratégia. Então, conheça diferentes Content Types para otimizar seu marketing de conteúdo!

Como usar o blog no marketing de conteúdo?

O blog post ainda é a primeira coisa que vem a cabeça quando se pensa em marketing de conteúdo. Afinal, é o tipo de conteúdo que mais é disseminado, tem maior alcance e atrai usuários para o seu site. É um dos primeiros content types que as empresas usam.

Mas o guest post é um content type que ainda não é tão explorado pelas empresas quanto deveria. Essa estratégia é exatamente o que ela parece, você escreve posts como convidado no blog de outras empresas e permite que elas escrevam no seu.

Essa é uma estratégia muito interessante que permite que seu número de leitores aumente e que você crie uma boa relação com outra empresa, que respeita ou admira. Neste caso, seu conteúdo tem o alcance de novas audiências, que também podem se tornar seus leitores e, eventualmente, clientes.

Para usar esta estratégia bem, é preciso saber escolher o parceiro. Ele precisa ser de um segmento parecido ou com um público-alvo semelhante ao seu. Este é um content type que pode melhorar a performance do seu blog.

Não esqueça de estimular o visual

Os conteúdos que trazem um estímulo visual tendem a ser muito bem aceitos pelos usuários. Não existe exemplo melhor do que os vídeos. Consumidores estão vendo mais vídeos do que nunca, especialmente no mobile. É por isso que os celulares voltaram a ser tão grandes.

Para as empresas, isso apresenta uma enorme oportunidade. Os vídeos, assim como o blog, mantêm os usuários no seu site e em contato com a sua marca. Além disso, trazem uma maneira de apresentar o conteúdo e sua mensagem de forma mais direta e fácil de consumir. É uma vertente muito poderosa e que traz ótimos resultados.

Além dos vídeos, os infográficos também são um recurso visual que estimula, chama a atenção e informa o usuário. É um conteúdo que costuma ser usado em situações mais específicas, mas que pode ser extremamente eficiente.

Por exemplo, ele pode apresentar certas estatísticas de forma mais fácil de assimilar, educando a audiência em certos casos. Os visuais não somente ajudam a chamar a atenção e a entender o conteúdo, mas geralmente são peças muito bonitas de design.

Outra vantagem é apresentar a informação de forma mais “enxuta”. Portanto, pode valer a pena apresentar certa informação em infográficos.

Conte uma história e inclua o aspecto humano

Contar uma história e trazer o aspecto humano para o seu marketing de conteúdo são sempre ótimas ideias. Portanto, os estudos de caso são extremamente valiosos. Dependendo do seu segmento, o seu público é sedento por estudos de casos mais completos de como a sua empresa pode ter ajudado outro cliente.

É um tipo de conteúdo de muito sucesso, pois ajuda as empresas a entenderem de forma um pouco mais prática como o seu negócio pode ajudá-los a alcançar seus objetivos. Por isso, não tenha medo de trazer os detalhes, incluindo as dificuldades do processo. Os clientes sabem que nenhum processo é perfeito, mas eles não estão atrás disso, eles estão atrás do sucesso.

Apesar de ser uma ótima estratégia é preciso ter alguns cuidados. Por exemplo, qual é o caso que você irá estudar? É claro que você irá escolher apenas os resultados mais significativos, mas o cliente também deve dar permissão e, melhor ainda, depoimentos de como foi o processo. Esta é uma ferramenta tão poderosa, que pode até valer um desconto ou um serviço grátis, se ele não topar de primeira.

Mas, e se o seu negócio não permitir um estudo de caso mais completo? Você pode fazer as entrevistas.

Conversas mais detalhadas com os próprios clientes ou com um expert da área podem ser muito valiosas para a sua persona. Além de já mostrar que você também é expert no assunto, ainda pode ser uma forma humanizada de tirar algumas dúvidas dos usuários.

Isso pode ser feito de diversas formas, cada uma com a sua vantagem. Uma live nas redes sociais permite trazer perguntas do público. Já uma entrevista no YouTube ou em um blog post são fáceis e convenientes de serem consumidas.

E assim como o guest post, se permita também ser entrevistado em qualquer oportunidade. A ideia é a mesma e, além de aumentar o seu alcance da marca ainda mostra que você tem autoridade no assunto.

Não se esqueça do conteúdo rico

Os clientes demandam conteúdo rico, por isso sua empresa pode ganhar muito o entregando aos usuários. Uma das formas mais comuns de fazer isso é o ebook. Mas é preciso tomar alguns cuidados com este content type.

O primeiro é que o ebook deve ser algo realmente valioso. O objetivo não é ser um anúncio de 20 páginas, mas sim trazer informações que sejam importantes para o seu cliente. São informações úteis e que vão ajudá-lo de maneira prática.

Por isso, é um processo mais trabalhoso. É um conteúdo que demanda um pouco de pesquisa, para entender quais são as dúvidas e dores do público e dá trabalho de fazer. Afinal, é preciso responder todas elas com propriedade.

Porém, é um content type que vale muito a pena e que é a essência do marketing de conteúdo. O objetivo não é vender diretamente, mas construir um bom relacionamento e preparar o cliente para a compra.

No caso da empresa, é uma das melhores formas de conseguir leads, visto que os e-books são oferecidos em troca de uma informação, como o e-mail.

Para quem não conhece, existe uma alternativa para os e-books, conhecidos como White Paper. Também é um conteúdo rico, cheio de informações úteis para o usuário. 

A ideia é a mesma: saber informações sobre os leads ao mesmo tempo que os educa. A diferença é que é um material um pouco mais técnico com mais informações baseadas em dados e com um foco maior no detalhe. Por isso, é o preferido das empresas e clientes B2B.

Como usar os content types para otimizar o marketing de conteúdo?

Com tantas opções, as empresas precisam saber usá-las para fazer o marketing de conteúdo. O primeiro passo, é saber quem é o seu cliente. Cada content type pode ser mais adequado para um público específico, por isso, é preciso saber o que encaixa melhor com quem.

Além disso, conteúdo é tudo que a sua empresa coloca para o público consumir. Portanto, as mídias sociais também acabam sendo um content type interessante, com enorme potencial.

O que você acha? Qual é o content type que mais se adequa ao seu negócio? A RedaWeb pode ajudar você a entender a melhor a estratégia e a preparar os conteúdos que você precisa! Acesse o nosso site ou ligue para o número 0800 750 5564 e conheça mais!