Blog Conheças as vantagens de uma marca registrada

Conheças as vantagens de uma marca registrada

Conheças as vantagens de uma marca registrada

O registro da marca no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) é fundamental para os empreendedores. Ele é capaz de evitar situações como roubos, que impedem o empresário de continuar usando a marca porque o registro foi feito por outra pessoa.

Assim, o registro da marca consiste na formalização da proteção ao negócio. Ele garante que um determinado empreendedor será o detentor dos direitos amparado pela legislação conhecida como Lei da Propriedade Industrial (9279/96).

Diante disso, é possível compreender a importância de fazer este tipo de cadastro. Ao longo do artigo, outras vantagens de ter uma marca registrada serão exploradas. Portanto, se você deseja saber mais sobre isso, basta continuar a leitura.

1. Transmitir maior credibilidade aos consumidores

O registro de uma empresa é expresso pelo ®, um símbolo que por si só transmite mais confiança aos consumidores. Assim, eles se sentirão seguros para fazer negócios com uma empresa que não conhecem.

Muitos empreendedores pensam que este tipo de formalização somente pode ser feito por negócios de grande porte, mas, na verdade, é para todos e agrega valor ao empreendimento por fazer com que ele pareça ter procedência e qualidade, característica fundamentais para os consumidores da atualidade.

2. A marca passa a ser propriedade do empreendedor

Uma vez que os devidos registros são realizados, a marca passa a possuir um certificado e pode, inclusive, ficar de herança para os descendentes do empreendedor. Isso acontece porque os registros são válidos por dez anos e podem ser renovados sempre que este prazo for esgotado.

Então, basta se manter em dia para que a marca seja propriedade do empresário e ele não tenha problemas com roubo de propriedade intelectual.

3. Evitar uso indevido e situações de cópia

Lançar uma marca no mercado é algo trabalhoso e custoso. Desse modo, ela precisa ser registrada para evitar situações de uso indevido e de cópia, algo que pode acontecer quando essas questões não são formalizadas.

Caso um determinado empreendedor não registre a sua marca e tenha sua propriedade roubada, ainda que ele esteja usando o nome em questão por bastante tempo, isso não fará diferença visto que ele não possui direitos.

Os direitos pertencem a quem formaliza o registro. Devido a isso, caso o empreendedor acabe usando a marca por desconhecer que outra pessoa registrou, ele pode acabar pagando multas pelo uso indevido da propriedade de outra pessoa.

Este aspecto mostra a importância da formalização. Os direitos da propriedade são válidos em todo o território nacional e dentro do segmento de mercado no qual o negócio está inserido, impedindo que surja outro negócio com o mesmo nome.

4. Abrir a possibilidade de transformar a marca em uma franquia

Quando uma determinada empresa se consolida no mercado, é normal que os planos de expansão passem a fazer parte da sua realidade. Assim, as franquias se tornam possibilidades no horizonte para ampliar os lucros.

Mas para que isso seja concretizado, é preciso ter os registros da marca. Logo, ela poderá ser expandida e gerar ainda mais receita.

5. Licenciamento do uso da marca

No caso das marcas que acabam se popularizando no cenário nacional, o registro pode fazer com que o empreendedor tenha direito ao licenciamento do uso.

Assim, outras pessoas poderão explorar a sua imagem em produtos diversos e ele receberá os direitos autorais, o que aumenta os seus rendimentos sem abrir mão da propriedade.

6. Evitar mudanças indesejadas

Não formalizar os registros da marca pode fazer com que o nome precise ser mudado. Tudo isso vai gerar custos para a empresa e demandar investimentos, visto que ela já havia se apresentado para o público com outra identidade. Além disso, em geral, este tipo de mudança não é planejado, o que pode acarretar em prejuízos financeiros.

Porém, uma vez que a marca está devidamente registrada, esse cenário se mostra mais distante e passa a depender somente da vontade do empreendedor de fazer as mudanças em questão, o que automaticamente abre espaço para o planejamento e evita as perdas monetárias.

Através do registro tanto o nome quanto a identidade visual passam a ser propriedade do empreendedor, o que elimina os riscos de que outras empresas ajam de má fé.

7. Ajudar na fidelização de clientes

Uma marca registrada aumenta a confiabilidade. Desse modo, pode acabar atraindo mais pessoas interessadas em investir. Com isso, se torna mais fácil fidelizar os clientes, transformando-os em fãs e em pessoas que vão divulga-la de forma natural.

Esse tipo de consumidor é conhecido como defensores da marca. Eles podem ser descritos como pessoas que já compraram anteriormente e passaram a valorizar o trabalho da empresa por razões diversas, como o bom atendimento.

Portanto, os empreendedores se tornam divulgadores e contribuem para o crescimento da empresa.

8. Gerar mais valor para os produtos

O registro de marca também pode agregar valor aos produtos e serviços fornecidos por uma empresa. Essa característica está diretamente ligada ao que os serviços proporcionam de positivo para o consumidor. Desse modo, qualquer negócio que tem a segurança do cliente como prioridade e quer ser valorizado deve investir no registro.

Além disso, um produto que possui mais valor agregado é o aumento da visibilidade, o que reflete diretamente no preço mais alto. Não é por acaso que algumas empresas conseguem vender os seus itens por valores superiores aos de outras, ainda que eles sejam bastante similares.

Portanto, é interessante destacar que o registro aumenta a lucratividade de forma geral e deve ser algo que se faz presente nos planos dos empreendedores desde o momento de abertura da sua empresa.

Como fazer o registro de uma marca?

O registro das marcas é feito através do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). O mais recomendado é que os negócios que estão em busca de formalizar a sua situação nesse sentido procurem por um advogado de marcas e patentes.

Este profissional ficará responsável por fazer um estudo completo da marca desejada. Ele também acompanhará todo o processo de registro e proteção, garantindo que tudo está de acordo com o necessário.

Além disso, contratar um advogado especializado tem como vantagem o fato de que o profissional será capaz de fornecer orientação, de modo que nenhum aspecto relativo à proteção da propriedade intelectual da empresa fique descoberto.

Isso garante maior assertividade tanto na atividade desempenhada diretamente e também nas de produtos correlatos, o que evita que outras empresas usem o sucesso de uma determinada marca para se aproveitar e atingir outras fatias do mercado às custas dele.

Gostou do conteúdo? Acesse o site da RedaWeb para encontrar mais posts como este e aproveite para conhecer os nossos serviços. Caso queira contratar um plano de produção de conteúdo, entre em contato por meio do telefone 0800 750 5564.

Artigos relacionados.

Ver mais artigos
account-based-marketing-abm-o-que-e videos-nativos-conheca-essa-maneira-de-produzir-conteudo-em-todas-as-suas-plataformas dicas-de-livros-para-otimizar-sua-carreira-no-marketing
Whatsapp
Ligue grátis 0800 750 5564
Ligue grátis 0800 750 5564