e-mail marketing

Aumentar o número de vendas dentro de um mercado competitivo é sempre um desafio. As estratégias de marketing existem precisamente para tornar uma marca conhecida e assim atrair mais clientes para o seu negócio. Uma das estratégias mais eficazes para converter leads em clientes é o e-mail marketing, contanto que utilize as técnicas corretamente.

Apesar de hoje existirem outras ferramentas para interagir com os consumidores, como as redes sociais e o WhatsApp, o e-mail continua sendo um canal importante da comunicação entre empresas e compradores. Por meio dele é possível nutrir leads para que se interessem cada vez mais no seu conteúdo e na sua marca até que eles resolvam adquirir os seus produtos ou serviços. 

Quer saber como fazer para melhorar as vendas pelo e-mail marketing? Descubra as melhores técnicas para otimizar o uso desta ferramenta e vender mais.

As 7 principais técnicas para aumentar as suas vendas com o e-mail marketing

1. Amplifique a sua lista de e-mails

Você tem mais chances de conseguir converter leads em clientes se a sua base de contatos for maior. Por isso, captar mais e-mails de consumidores em potencial é importante. Caso trabalhe com uma loja online, o cadastro na plataforma será sua principal fonte de contatos, mas não é a única possível. O importante é que seja uma lista orgânica, construída por você, e não comprada.

Ao investir em um blog com artigos baseados no marketing de conteúdo você atrai mais pessoas para conhecerem o seu site. A partir disso, você pode disponibilizar uma newsletter para que eles recebam estes e outros conteúdos similares pelo e-mail. Com o tempo o seu negócio passa a conquistar a confiança do leitor até que ele se torne um cliente.

2. Separe os contatos em categorias

Cada contato na sua lista tem um interesse diferente. Aquela pessoa que se cadastrou pelo conteúdo é diferente da outra que já fez uma compra na sua loja. Por isso, é importante segmentar a sua lista em categorias que melhor se encaixem no perfil do cliente. Fazer isso permite que você trabalhe o seu funil de vendas e envie e-mails de acordo com o momento de cada um. 

Não adianta enviar mensagens só sobre seus produtos para uma pessoa que acabou de se inscrever para ter acesso a um e-book. Isso só o fará cancelar o seu cadastro e seu trabalho será perdido. Monte um cronograma com conteúdos diversos pensando em cada cenário e perfil possíveis e direcione-os para a pessoa certa no momento certo. Assim você otimiza o seu potencial de venda.

3. Crie e-mails personalizados

E-mail marketing é uma estratégia de comunicação e, como tal, você precisa falar diretamente com seu leitor. Conteúdos institucionais que não se direcionam para o destinatário não chamam tanta a atenção. Para cativar o cliente é essencial que ele sinta que a mensagem foi feita para ele. Esse é um dos motivos para segmentar em categorias, mas é possível ir além. 

Use um software que identifique o nome do usuário e o coloque direto no corpo do texto. Isso vale até para o assunto, já que ele vai se sentir mais instigado ao ver que o e-mail foi feito para ele. A mesma lógica cabe no remente. Em vez de mandar como a empresa, mande em nome de um responsável da sua equipe e use uma linguagem próxima e honesta.

4. Elabore campanhas

Para o momento de venda, a dica é elaborar campanhas baseadas na época do ano ou em um contexto específico. Um bom exemplo são as campanhas de datas festivas, como natal, Dia das Mães, Dia das Crianças, páscoa etc. Assim você faz com que a pessoa lembre da sua empresa justamente quando ela está pensando em comprar algum presente.

As campanhas também podem ser direcionadas à etapa do funil ou ao perfil do cliente. O e-mail de boas-vindas tem alta taxa de abertura e você pode aproveitar este momento para incentivar uma compra. Uma ideia é oferecer um desconto ou um bônus especial para a primeira compra de novos cadastrados, por exemplo. 

Outra técnica que funciona com lojas online é enviar e-mail lembrando de um item inserido no carrinho mas que não foi comprado. Uma vez que a pessoa já mostrou interesse pelo produto, lembrá-la do item, incluir outros similares e até mostrar avaliações positivas de outros clientes estimula a compra.

5. Coloque qualidade acima da quantidade

Pessoas que fornecem seus e-mails para uma empresa esperam ganhar em troca conteúdo de qualidade, seja em forma de informações relevantes, seja através de promoções úteis. Enviar vários e-mails a todo momento e que não possuem profundidade não agrega valor e configura como spam. Manter a periodicidade é importante, mas não deve exagerar se não quiser irritar seu público. 

Para mantê-los cadastrados e interessados, é essencial maneirar nos e-mails e focar nos assuntos que o seu público-alvo deseja ler. Além disso, nada de assuntos de e-mail marketing com “clickbait” que só pensam na taxa de abertura. O que o título enuncia deve ser sempre entregue no corpo do texto. Use o espaço do assunto para instigar o interesse de forma criativa, mas sem enganar o leitor.

6. Atraia clientes antigos

Aquele cliente que comprou com você pelo menos uma vez é uma pessoa que você deve dar atenção, não importa o tamanho da compra. Afinal, se ele consumiu um produto da sua empresa, significa que ele conhece a sua marca. Por isso, faça o sentir valorizado e estimule novas oportunidades de venda para essa pessoa.

 Ofereça produtos de acordo com as compras anteriores. Mande e-mail agradecendo por confiar na empresa na última compra. Pergunte o que ele achou para poder ajustar seus gostos e também entender caso não tenha ficado satisfeito. Presenteie-o com um desconto especial para a próxima compra. Essas técnicas são ótimas para fidelizar clientes.

7. Pense na estética do e-mail

E-mail marketing é mais do que um texto corrido. É vital pensar na estética dele para ser agradável ao olhar e estimular a leitura. Um cabeçalho com as cores e nome da empresa fazem o e-mail ser facilmente reconhecido. O design deve corresponder a identidade visual do restante do seu negócio, conforme presente no site e nas redes sociais.

Use regras de escaneabilidade para criar um texto atraente e fácil de ler. Use negritos, tamanhos de letras diferentes, espaços em branco e imagens para o conteúdo parecer menos maçante e mais envolvente. Essa dica vale principalmente para e-mails informativos, mas também pode ser aplicado em conteúdo promocional para torná-lo mais convidativo. 

As suas técnicas de e-mail marketing precisam ser aplicadas corretamente do começo ao fim para obter os melhores resultados, desde a captação e até o pós-venda. Por isso, investir nessa área é fundamental se deseja melhorar as vendas com essa estratégia. 

Para planejar um bom conteúdo para o seu e-mail marketing, você pode contar com a Redaweb. Acesse o nosso site para conhecer os nossos serviços e ligue para nós no 0800 750 5564 caso queira assinar um plano de produção de conteúdo.