Dicas para gerar lucro com o conteúdo

Você tem uma empresa e ouve as pessoas falarem sobre os benefícios trazidos pelo Marketing de Conteúdo, mas gostaria de saber mais sobre isso? Tem domínio de um assunto, escreve bem ou tem capacidade de se comunicar em frente às câmeras, mas não sabe como gerar lucro com o conteúdo? Então leia esse artigo até o fim.

Nós vamos mostrar a lógica que se esconde atrás do sucesso e do lucro produzido pelo Marketing de Conteúdo, uma estratégia capaz de unir empresas, produtores e mídias por um único propósito - o de todos saírem ganhando.

O que está por trás da lógica do Marketing de Conteúdo é a utilização do conteúdo como canal de aproximação entre consumidores, empresas, marcas e produtos. Há diversas formas de se fazer isso, mas só vai funcionar se você dominar os fundamentos que fazem girar essa engrenagem.

Eles estão presentes em fenômenos das mídias sociais, como pessoas que ganham fortunas jogando videogame em plataformas como o Twitch, ou como Alborz Fallah (que fatura US$ 100 mil por mês com um blog que fala sobre automóveis), ou ainda como o McDonald´s (que lançou no Canadá um site para dar vida ao projeto “Our Food. Your Questions”, que engaja milhões de pessoas, curiosas por ver respondidas as mais de 20 mil perguntas feitas pelos internautas sobre a empresa).

Você pode até achar que engajamento, por si só, não gera lucro, e não gera mesmo. O que gera lucro é como esse engajamento se encaixa em sua estratégia de negócios ou mesmo em suas campanhas. O McDonald’s, com sua campanha, cria proximidade e empatia com seus clientes, o que implica em fidelização. Clientes fiéis são os mais lucrativos, porque repetem a compra e aproximam outros consumidores da marca.

Pense nisso, porque um dos maiores problemas em marketing é o que chamamos de “miopia de Marketing”, que podemos conceber como uma visão limitada à superfície das possibilidades e dos resultados.

O nosso propósito é ampliar sua visão, pois esse é o caminho para obter ganhos. Você verá como a visão estratégica aproxima mídias avulsas e mídias de empresas.


Quem é o seu público?

Pode parecer uma pergunta repetitiva. Afinal, quem é que não sabe que uma empresa tem que definir seu público-alvo e criar uma persona para orientar toda a comunicação?

Por que será, então, que vemos, em quase todos os blogs que abrimos, um pop-up nos convidando para assinar a newsletter ou receber conteúdo por e-mail, mas nunca vemos um call to action convidando o usuário a responder a uma pesquisa de opinião?

Como dizer que conhecemos nosso público se tudo que fazemos é tentar empurrá-lo por um funil de compra sem nem mesmo sabermos o que ele pensa, o que busca e quais suas expectativas?

Quando procura um presente para alguém, você compra aquilo que acha que vai agradar essa pessoa ou busca formas de perguntar indiretamente o que ela quer? Quando você entrega o conteúdo, presume o que as pessoas buscam ou pergunta a elas sobre o que querem aprender ou quais problemas pretendem resolver?

Isso vale para blogueiros e para empresas que usam o conteúdo como ferramenta promocional. Conhecer bem é o melhor caminho para personalizar e personalizar é o melhor caminho para conquistar, reter e fidelizar.

Pense nisso!


Qual o seu negócio?

Conteúdo é uma forma de você se comunicar com seu público. Uma empresa precisa definir claramente qual o seu negócio, pois, caso contrário, não terá uma comunicação eficiente.

Se você diz que o seu negócio é vender artigos de informática online, tem uma definição do seu negócio, mas, esta informação é bem genérica e não te ajuda a se diferenciar. Seria diferente se o seu negócio fosse comercializar online toda a linha de componentes de hardware para as marcas “X” e “Y”.

Da mesma forma, quando você cria um blog pensando em ganhar dinheiro, o conteúdo é apenas um meio. Logo, seu negócio não é entregar conteúdo sobre determinado tema, mas obter receitas gerando vendas para parceiros comerciais de determinado nicho produzindo conteúdos que aproximem esses parceiros de clientes potenciais.

Ter essa percepção fará com que você direcione melhor suas estratégias e campanhas para o seu público.


Qual o seu nicho?

Como já foi dito, quanto mais específico, melhor. Quanto melhor é definido o seu nicho, mais homogêneo será o seu público. Comunicar-se com um público homogêneo é mais fácil que ter que se comunicar com públicos diversos, pois você precisaria ter várias campanhas diferentes e isso comprometeria a integridade de sua marca.

Vamos supor que você decida produzir conteúdo para amantes de esportes radicais de inverno. Vamos supor, em uma outra linha, que você queira vender equipamentos para a prática de esportes radicais de inverno. Será muito mais fácil, em ambos os casos, dirigir o conteúdo certo para esse público.


Você sabe o que é sinergia entre marcas?

Anunciar produtos e fazer parte de programas de afiliados não é a única forma de ganhar dinheiro produzindo conteúdo. Aliás, você, para obter sucesso nessa empreitada, precisa formar um público numeroso e adquirir prestígio e reputação.

O fato, porém, é que essa continua sendo uma forma de gerar lucro com conteúdo e que pode dar certo se você fizer a coisa certa. E a coisa certa a fazer é você se transformar em uma marca forte, o que só é possível quando consegue construir um público satisfeito, fiel e engajado.

Na hora de buscar parceiros de negócios, busque aqueles que tenham sinergia com o seu conteúdo, marcas, empresas e produtos que compartilhem os mesmos valores que você, que falem para o mesmo público. Isso vai fazer toda a diferença e aumentará suas vendas, porque você estará aproximando as pessoas certas das marcas e produtos certos.

O mesmo devem fazer as empresas, procurando produtores de conteúdo que sejam capazes de vender suas marcas de forma positiva. Não é por outra razão que alguns blogueiros acabam se tornando verdadeiros embaixadores de marcas e são até patrocinados por elas.


Como você se diferencia e agrega valor ao seu público?

Já falamos um pouco sobre diferenciação, mas esse tema está longe de se esgotar e não será esse o nosso propósito. 

Você já reparou como existem muitas coisas parecidas na internet? O que mais se procura atualmente, e não sem razão, são produtores de conteúdo capazes de entregar abordagens diferenciadas, seja na forma do conteúdo, seja no conteúdo, propriamente dito. Muitos gestores buscam conteúdos que sejam autorais, pois já perceberam que é muito difícil cativar um público fazendo a mesma coisa que os outros.

O que esses gestores precisam pesar na balança é se suas marcas sabem se diferenciar. Esse é um trabalho de marketing que precisa ser feito, que requer estudo e criatividade. O maior erro está em achar que basta produzir e publicar conteúdo. As pessoas buscam coisas diferentes, que lhes agreguem valor. 

Vamos pensar em novos formatos de conteúdo, em diferenciar a linguagem, provocar o público, fazer conteúdo interativo, enfim, sair da caixinha. Sem deixar de considerar, no entanto, o mais importante, que é criar e amadurecer o conceito da marca, fortalecer o seu posicionamento na mente do público. O reconhecimento trará lucro. 

Precisa de ajudar com o conteúdo do seu negócio? A RedaWeb pode te ajudar. Acesse nosso site ou ligue para o número 0800 750 5564 e conheça nossos pacotes de produção de conteúdo