Dicas para otimizar a produção de conteúdo

A estratégia de marketing de conteúdo tornou-se uma das grandes apostas para quem quer atrair mais visitantes para o seu site. Em um mercado altamente competitivo, é fundamental que as publicações sejam otimizadas para atrair a atenção dos leitores e melhorar a experiência de navegação.

No entanto, muitos empresários ainda não conseguem obter os resultados esperados a partir da geração e compartilhamento de materiais. Se este é o seu caso, prossiga com a leitura e conheça as nossas dicas para otimizar a sua produção de conteúdo!


Foque no receptor

Uma comunicação eficiente pensa primeiro no receptor. Portanto, as publicações devem dialogar com o leitor e apresentar a sua expertise na área de atuação. Falar somente sobre você não é o suficiente para engajar o público, já que os indivíduos costumam preferir publicações informativas.

Os artigos que oferecem conhecimento de uma maneira interessante são os mais indicados para a fidelização dos consumidores. Sendo assim, é imprescindível que você trate de temas relativos ao segmento, sem se limitar ao produto ou serviço disponível. Isso nos leva ao próximo ponto.


Paute-se pelos interesses da audiência

Reforçamos aqui que o material tem de satisfazer as demandas e a curiosidade dos usuários. Por isso, é essencial que você conheça bem o público que pretende alcançar, sobretudo seus anseios e interesses.

São esses dados que direcionam o conteúdo a ser produzido. Afinal, não basta atrair a atenção das pessoas, você precisa mantê-las envolvidas na narrativa.


Ofereça um material aprofundado

O ideal é que você varie os assuntos da comunicação e apresente distintas perspectivas sobre os assuntos. Para tanto, não esgote um tema em um só artigo. Aplique o chamado método de camadas, a cada material novo trabalhe com uma nova ideia.


Selecione fontes confiáveis

Para otimizar a produção de conteúdo, você precisa contar com fontes de confiança. Isso significa que os responsáveis pelo material precisam ser especialistas ou ter acesso a profissionais na área para produzir os artigos.


Seja regular nas publicações

A presença on-line indica que a marca valoriza o contato com os seguidores e que ela está atualizada dos acontecimentos no seu setor. Dito isso, evite também pecar pelo excesso de conteúdo, que acaba se tornando invasivo. Quando você exagera no número de publicações, a sua opinião passa a ser menos valorizada.


Defina objetivos desafiadores

Se os objetivos são alcançados muito rapidamente, é provável que a técnica não cause grande impacto para o negócio no longo prazo. Em vista disso, é uma boa hora para repensar os propósitos da produção de conteúdo.

Quando um propósito for atingido, deixe evidente para os colaboradores quais são os próximos passos. Todos devem estar a par das metas para trabalharem juntos.


Lance mão de diferentes canais

Não sustente toda a sua estratégia de marketing de conteúdo em um só canal. Se o seu público tem perfil em várias plataformas, por que a sua marca não faria o mesmo?

Nesse contexto, o profissional deve estar ciente das características e do potencial das redes sociais mais populares. Cabe mencionar que você não precisa estar em todas mídias, mas deve ser constante naqueles espaços onde o seu público-alvo se encontra.

Desenvolva uma boa newsletter, aproveite as redes sociais e não deixe de investir em mídias pagas, sempre dentro do seu orçamento. Com a combinação dessas estratégias, o empreendedor garante um maior alcance das ações e, por conseguinte, maiores chances de vendas.


Utilize o call-to-action

O call-to-action (CTA) é um trecho inserido no texto com objetivo de motivar o leitor a realizar uma determinada ação, como assinar a newsletter, deixar um comentário ou mesmo adquirir um item.

Aproveite o CTA para conduzir os visitantes aos próximos estágios do funil de vendas, cujo propósito é converter o lead em cliente.


Dicas práticas de SEO

O outro pilar da otimização de conteúdo é o chamado SEO (Search Engine Optimization). Esse conceito descreve um conjunto de estratégias que visam melhorar o ranqueamento das páginas entre os resultados do Google e demais ferramentas de busca.

A seguir, explicaremos em detalhes os pontos necessários para favorecer o seu posicionamento no Google. Confira!


Escolha bem as palavras-chave

Entre os fatores vitais para o posicionamento de um site no Google está a escolha das palavras-chave apropriadas. Na atualidade, existem muitas ferramentas que ajudam a identificar os termos que mais atraem a sua persona. Exemplos desses recursos são o Google Keyword Planner e o SEMrush.

Além de verificar o interesse do público nas expressões, também observe a concorrência para cada palavra-chave. Descrições mais específicas do tema costumam trazer um tráfego mais qualificado para as páginas.

Após decidir as palavras-chave, redija o texto conforme as orientações das táticas de SEO, acrescentando-as no título e ao longo do conteúdo de modo que não pareça forçado.


Capriche no título

O título é a sua oportunidade de cativar o possível cliente, por isso não subestime a importância desse elemento. E lembre-se de não ultrapassar o limite de 70 caracteres, pois o algoritmo do Google não gosta de títulos muito longos.


Invista no link building

Resumidamente, link building consiste em obter links de outros sites (backlinks), direcionando para as suas páginas. A intenção é ganhar relevância na visão dos buscadores.

É correto afirmar então que se um site possui várias citações, mais significativo ele é para o Google. Como consequência, melhor tende a ser o seu posicionamento entre os resultados de pesquisa para as palavras-chave em questão.


Utilize imagens

Imagens tornam o conteúdo mais agradável e leve, servindo como um respiro durante a leitura de artigos mais extensos. Nesse cenário, as ilustrações devem ser acompanhadas de descrições no formato indicado pelas diretrizes de SEO. Assim você também aprimora o seu desempenho nos mecanismos de busca.


Mensure os resultados

Depois que você traçou objetivos, identificou a sua persona e trabalhou o link, é o momento de verificar se a estratégia está funcionando. Ou seja, você precisa pensar em mensuração de resultados. Seu principal aliado nesse estágio é o Google Analytics, uma ferramenta gratuita.

Com essa tecnologia, você tem acesso a todo tipo de dado relevante, como a quantidade de visitas e a taxa de conversões. A partir das informações reunidas, os empresários podem interpretar o retorno das ações de marketing e da produção de conteúdo. Evita-se, assim, a insistência em abordagens que fracassaram.


Conclusão

Em suma, o objetivo do SEO é entregar ao leitor o conteúdo mais agradável possível. Isso envolve distintos aspectos como:

  •  qualidade da informação;
  • layout e navegabilidade favoráveis;
  •  pertinência e coesão do conteúdo ao que foi pesquisado.

Com base nesses fatores, fica evidente a importância de um bom planejamento de conteúdo.

Agora que você já sabe como otimizar a produção de conteúdo, recomendamos que aplique logo os passos descritos acima na sua comunicação. Quanto antes você começar essas mudanças, antes verá o retorno positivo da otimização.

Por fim, convidamos você a acessar o site da RedaWeb ou ligar para 0800 750 5564, caso queira contratar um plano de produção de conteúdo para o seu negócio.