Entenda a sua concorrência em SEO

Quando as pesquisas apontam uma expansão da internet e o aumento do número de usuários, é sinal de que as possibilidades de transações comerciais tendem a crescer. Só no primeiro semestre de 2019, o faturamento dos negócios online aumentou 12% comparado a 2018, correspondente a R$ 26,4 bilhões. E as perspectivas apontam para uma melhora ainda maior para o próximo ano. 

Conquistar esse ambiente propício é o desejo de todas as empresas que se projetam na web e é essa também a maior dificuldade. Afinal, a concorrência é grande e acirrada, em busca das melhores posições para conquistar o cliente, e o foco é se destacar dos demais. Dentre as inúmeras técnicas de marketing digital, o SEO é uma das mais importantes para atingir o ranqueamento ambicionado e sair na frente. 


A importância do SEO

Algumas empresas acreditam que a própria presença na web já é suficiente para atrair novos clientes e, quando muito, mantém publicações esporádicas. E logo se frustram com o investimento sem retorno, culpando o canal escolhido pelo seu insucesso. Ter valor na internet e uma boa reputação é uma conquista obtida com muito trabalho, técnica e criatividade. Além de criar uma página, blog ou site de qualidade e manter postagens relevantes, é preciso ter estratégias para chegar aos resultados ansiados e o grande desafio é se manter à frente da concorrência.

O SEO é uma técnica do marketing digital criada para otimizar sites e páginas e fazer com que se destaquem nas plataformas de buscas. Seus resultados não são imediatos e podem até mesmo só despontar em longo prazo, mas seus efeitos são bastante vindouros. O Google é o site mais visitado do mundo, com bilhões de acessos por mês e uma crescente quantidade de empresas que entram em seu banco de dados. Para ranquear os sites após uma busca por palavras-chave, ele criou uma série de mecanismos para listar os links mais relevantes, ou que os seus algoritmos entendem que são. 

Nem sempre as páginas que estão em destaque são as que apresentam o melhor serviço, mas seu posicionamento indica um ótimo trabalho de SEO. Estar entre os primeiros lugares não é algo exclusivo para grandes empresas, mas até mesmo uma de pequeno porte pode competir com a mesma competência. E quanto mais a página se manter dentre os primeiros da lista, maiores serão os visitantes e possíveis clientes. 

O consumidor, hoje, pesquisa antes de chegar ao produto ou serviço que deseja. E muitas vezes ele nem sabe realmente do que está precisando e cabe a um marketing digital bem-feito oferecer a ele a solução que precisa ou precisará. Mas, é preciso que a empresa e esse consumidor se encontrem no ambiente web, para que se estabeleça um contato promissor. 

Atualmente, os sites de buscas lideradas pelo Google são o foco do marketing digital, pela importância que apresentam ao negócio. Os dados oferecidos pelo HubSpot indicam que quase 80% das pessoas que fazem pesquisa entram em contato com as empresas que encontram ali. E 75% dos cliques são obtidos nas três primeiras posições, na primeira página. Portanto, chegar a essa posição requer foco no SEO para superar a concorrência. 


Analisando a concorrência

Saber quem é o concorrente é parte essencial do processo. A sua identificação não obedece apenas os critérios padrões em que mapeiam as empresas que estão diretamente ligadas a sua no mercado. Na web, as empresas com produtos ou serviços similares também competem pelo mesmo cliente e demonstram isso com conteúdos feitos para a mesma persona. 

O SEO possui uma ferramenta muito importante no processo de otimização chamada de Análise da Concorrência em SEO. Trata-se de identificar como a concorrência tem conseguido ranquear sua página e melhorar o retorno com os usuários. Esse processo deve ser uma rotina, já que a cada momento o quadro pode mudar com a mesma velocidade que surgem novidades tecnológicas. 

Ao analisar os pontos altos da concorrência e as estratégias que estão sendo realizadas, é possível fazer correções imediatas onde há erros ou fragilidades nas ações adotadas. Dominar as técnicas de SEO e ter criatividade é fundamental para encontrar soluções menos óbvias e que possam surpreender a concorrência. Isso porque se elas estão bem posicionadas é por possuírem um bom trabalho de SEO e sabem bem o que fazer para não perder o posto. 

Um dos primeiros pontos de correção pode ser o das palavras-chave. Faça uma pesquisa para descobrir as palavras-chaves mais procuradas em seu nicho de atuação, comparando com aquelas em que definiu para que o seu site apareça no Google. Pode ser que uma palavra-chave seja capaz de atrair muitos visitantes, mas que não possuem o perfil de compra e podem sair insatisfeitos do site, sem encontrar o que realmente desejam.

O Google Keyword Planner é uma ferramenta onde quem tem conta no Google Ads pode utilizar para pesquisar performances de palavras mais pesquisas e menções de frases ou URL ligadas à empresa. Também lista as palavras-chave e métricas, demonstrando o volume de pesquisa e o nível da concorrência. 

A estratégia de link building também deve ser constantemente avaliada. Tudo que envolve o onpage de um site pode influenciar bastante no posicionamento do Google e deve ser confrontado com a concorrência. Pode-se apresentar nichos de backlinks que haviam passado despercebidos e isso é bem comum até mesmo para o mais atento analista de SEO. 

O link juice entre as páginas permite que os motores de busca identifiquem as páginas mais valiosas do site. Os links internos ajudam ao cliente encontrar o que desejam, facilitados pelo link juice, mas é preciso ter muito cuidado com a quantidade de links internos desmedidamente. Valorize mais o backline, que na maior parte das vezes é demorado para obter, mas ótimo para otimizar ainda mais o site e melhorar os negócios. 

Na análise da concorrência, faça sempre uma pesquisa competitiva que identifique de cinco a dez concorrentes principais, uma lista de cada GoogleMyBusiness e observe bem o conteúdo e as palavras-chaves utilizadas, assim como as análises e comentários dos clientes. Os comentários são bastante influentes na decisão de compra quando o cliente já está interessado e avalia se vai fechar a negociação. A maioria os considera importantes para entender a empresa além das mensagens que elas preparam no marketing.

Há diversas ferramentas de SEO disponíveis com o foco em analisar a concorrência. O SeoQuake é um dos mais simples e usados, que exporta resultados significativos. O SEMRush e o Compete ajudam na análise de palavras-chaves e link building, enquanto o SEO Power Suite observa as estratégias usadas de ranqueamento. 

A concorrência também utiliza a internet e técnicas de marketing digital para se destacar na web e o SEO é uma ótima técnica para analisá-la e prever suas ações para ir à frente dela. A RedaWeb é uma agência especializada em SEO e pode te ajudar a se destacar da concorrência. Entre em contato pelo site ou ligue para 0800 750 5564 e assine agora mesmo o plano que mais combina com o seu negócio!