Fluxo de nutrição: dicas para torná-lo eficiente

O fluxo de nutrição é um termo bastante comum quando o assunto é marketing e produção de conteúdo para seu negócio. É um conceito que se baseia na ideia de criar um fluxo de envio de e-mails com o objetivo de nutrir o seu relacionamento com o cliente ou incrementar os seus leads. 

Para ficar um pouco mais claro o que é fluxo de nutrição, iremos contextualizar um pouco mais sobre o tema para que, posteriormente, possamos mostrar algumas dicas de como torná-lo mais eficiente em sua empresa.

O que é fluxo de nutrição?

O fluxo de nutrição nada mais é do que uma estratégia para o envio de e-mails sequenciais para um grupo de pessoas pré-determinado. Para que a estratégia tenha o sucesso desejado, é necessário que ela seja planejada com um objetivo claro e que os emails sejam encaminhados para grupos específicos do público. 

Estes e-mails devem ajudar a aproximar o seu negócio de seu público-alvo. A ideia de enviar mensagens sequenciais é para criar, de fato, um relacionamento com quem está do outro lado. É muito difícil você gerar este tipo de relação com o seu consumidor sem seguir uma estratégia de fluxo de nutrição. 

Outra característica importante do fluxo de nutrição, que acaba sendo esquecida por muitas empresas, é a segmentação de quem irá receber o conteúdo. Só é possível criar vínculo com quem está recebendo seus e-mails se essa pessoa tiver interesse no conteúdo das mensagens. Somente dessa forma o receptor poderá ser convertido em cliente. 

O fluxo de nutrição é uma das ações presentes na régua de relacionamento, que compreende diversos aspectos de uma ação de marketing, incluindo a retenção de clientes. 

Para entender definitivamente o conceito do fluxo de nutrição, vamos dar um exemplo rápido. Imagine que uma pessoa entrou em seu site fez o download de um e-book sobre direito tributário. Para realizar tal ação, ela forneceu seus contatos, que agora integram a sua base de e-mails. 

Digamos que nos dias seguintes você enviou uma mensagem para esta pessoa, oferecendo outro e-book, desta vez sobre direito da família. Porém, o usuário não teve nenhuma interação com a mensagem. Conforme ações como essa forem acontecendo, o gosto desse usuário será refinado e ele passará a integrar um grupo específico para o recebimento de mensagens específicas. 

Alguns meses após o contato inicial do usuário, você envia a ele outra mensagem. Desta vez oferecendo um curso presencial sobre direito tributário. Ele imediatamente clica e faz a matrícula, já que ao longo dos últimos dias ele consumiu diversos e-books sobre o tema, que foram enviados por sua empresa através de uma estratégia de fluxo de nutrição. 

Como garantir que meu fluxo de nutrição será eficiente?

Agora que já apresentamos um pouco do que é o fluxo de nutrição e qual a sua importância para o negócio, é a hora de mostrarmos algumas dicas que ajudam a garantir a eficiência desta estratégia na sua empresa. 

1. Tenha um objetivo claro para as campanhas

Qualquer estratégia de marketing precisa de objetivo para obter sucesso. É essencial definir o que você espera alcançar com um fluxo de nutrição antes de começar a executá-lo. O primeiro passo para alcançar tal organização é alinhar o trabalho com sua equipe de marketing ou agência responsável pelo trabalho. 

O fluxo de nutrição pode ter diferentes objetivos para a empresa. Ele pode focar em buscar novos clientes para determinados produtos ou serviços, como também serve para trazer de volta antigos consumidores que não estão mais se engajando com seus e-mails. Isso precisa ser determinado antes da execução de qualquer estratégia. 

2. Cuidado com a linguagem que será utilizada

Como falamos anteriormente, o fluxo de nutrição possui algumas características importantes. Talvez a maior delas seja o envio de mensagens para um grupo segmentado de pessoas, que possuem preferências e gostos em comum. 

Neste cenário, torna-se muito importante a persona que está lendo as mensagens enviadas pelo seu negócio. Isso irá mudar a forma como sua empresa fala sobre o tema. O tom do que será escrito nos e-mails e os termos utilizados são fatores determinantes para engajar o leitor. 

Vamos voltar ao exemplo usado anteriormente, sobre o usuário com interesse em direito tributário. A área do direito possui uma linguagem muito mais formal, que costumeiramente utiliza termos próprios. É ideal que a linguagem utilizada por sua empresa tenha domínio deste tipo de texto, para que os e-mails enviados na sua estratégia de fluxo de nutrição consigam fomentar o interesse de quem os está recebendo. 

Essa dica também ajuda a refinar ainda mais as segmentações de público no seu fluxo de nutrição. Isso porque quanto melhor você conhecer os alvos de suas mensagens, mais fácil será para convertê-los em clientes ou consumidores. 

3. Tenha atenção a estrutura das suas mensagens

Depois de ter atenção aos aspectos acima, é hora de começar a produzir as mensagens que serão enviadas para o seu público. No e-mail marketing, esta fase é de extrema importância, pois toda a estratégia debatida durante o planejamento pode ser inútil se a mensagem enviada para o público alvo não for agradável. 

O primeiro aspecto que deve ser levado em conta é no que diz respeito ao assunto da mensagem. Sim, aquele mesmo que vai ao lado do nome de sua empresa na caixa de e-mails do destinatário. É importante o assunto combinar duas características:

  • Deve ser chamativo, para atrair a atenção do leitor em meio a diversas mensagens em sua caixa de entrada; 
  • Não deve ser muito longo, pois pode afastar o público que nem irá abrir a sua mensagem. 

Você também deve levar em conta a plataforma que será utilizada para leitura do material. Atualmente, muitos acessam os e-mails através de smartphones. Portanto, suas mensagens precisam estar otimizadas para acessos mobile, bem como o site de sua empresa. Assim, você não perderá o engajamento de um potencial interessado, que desistiu por não conseguir ler a mensagem no celular.

Outro fator determinante para conversão de leitores em clientes é o CTA. O Call-To-Action é uma chamada para ação, normalmente colocada em destaque no final da mensagem. Ele serve para levar o leitor a algum objetivo, como o download de um e-book, a inscrição em uma lista de newsletter, a matrícula em um curso ou a compra de um produto. 

Estas são apenas algumas dicas que ajudam a garantir o sucesso de um fluxo de nutrição. Se você ficou interessado e gostaria de aplicar mais estratégias como esta em seu negócio, entre em contato com a RedaWeb. Basta acessar nosso site ou ligar para 0800 750 5564, caso queira assinar um plano de produção de conteúdo.