Google Ads (antigo AdWords) como uma ferramenta para o marketing de conteúdo

Conquistar clientes, ampliar a receita e ser referência diante da concorrência é o desejo de todas as empresas que estão no mercado. E o marketing de conteúdo pode proporcionar a realização de todos esses objetivos, por meio de estratégias que atraem o público-alvo com conteúdos relevantes e direcionando-o ao funil de vendas até que ele se torne um cliente satisfeito.

Obter presença digital é fundamental para empresas de qualquer tamanho, já que na internet elas podem ser vistas, encontrar seus públicos e desenvolver um trabalho de marketing que seja eficiente e eficaz para seu crescimento. São inúmeras estratégias disponíveis e uma das que mais despontam é o marketing de conteúdo e o investimento em links patrocinados do Google Ads. Mas, será que os anúncios pagos podem servir de ferramentas para o conteúdo orgânico despontar?

 

O essencial marketing de conteúdo

O marketing digital tem inúmeras estratégias e especialidades, que vão se aprimorando junto com as novas tecnologias que surgem. Em geral, elas são agrupadas nas categorias do inbound e outbound, representadas especialmente pelo marketing de conteúdo em prospecção passiva e os links patrocinados, como os ativos.

Não é possível afirmar qual o melhor caminho a seguir em uma campanha de marketing digital sem avaliar os objetivos e expectativas da empresa. Mas, especialistas afirmam que uma campanha equilibrada e mais assertiva apresenta ambas as estratégias, mesclando-as de acordo com o planejamento.

Em uma estratégia inbound marketing, o marketing de conteúdo produz e distribui produtos relevantes para o seu público-alvo. A proposta é atrair, envolver e estimular até que o usuário seja convertido em cliente. Não é um processo de curto prazo e requer um trabalho contínuo de criação, publicação periódica e mensuração para manter sempre um alto nível de conteúdos, capaz de tornar a página referência sobre o tema.

A oferta de material informativo e que não tem referência direta sobre a empresa e o seu produto mostra ao usuário que a marca se preocupa em proporcionar soluções para suas questões. Os temas publicados devem ser similares aos da área da empresa, como agências de turismo que publicam conteúdos sobre cidades e sugestões turísticas, softwares que falam sobre novidades tecnológicas, entre outros.

Mas, de nada adianta realizar ótimos conteúdos se o site ou blog não é facilmente encontrado pelo seu público-alvo. O método mais eficaz de chegar até ele é por meio do Google, o site de busca mais acessado do mundo e referência em pesquisas na web. O usuário digita uma palavra-chave sobre aquilo que deseja encontrar e o Google apresenta uma lista em ordem de relevância, de páginas que podem ter o que ele precisa. A maior parte dos usuários encontra a informação já na primeira página, sendo raro que necessite prosseguir com a pesquisa além disso.

Chamada de exibição orgânica, ou seja, sem custo para obter o ranqueamento, a primeira indicação do Google recebe cerca de 75% dos cliques e consegue 60% de conversão de usuários em clientes. A segunda e terceira posições recebem 45% e 25% dos cliques, com a mesma proporção de conversão. Com números tão positivos, a busca por um ótimo posicionamento do Google segue no mesmo ritmo da necessidade de qualificar ainda mais o conteúdo.

Chegar a essas primeiras posições também indica que a página passou pelos critérios de avaliação do Google, que estão cada vez mais rigorosos. São mais de 200 dados avaliados pelos seus algoritmos, que incluem desde a relevância do conteúdo, a qualidade dos links até referências externas e indicações.

Ao criar o blog ou site e manter uma programação de publicação de conteúdos, os spider do Google iniciam a indexação de suas páginas, assim como a avaliação. Não é um processo rápido e o tempo de espera pode ser de semanas ou meses até que tudo esteja indexado. Raramente um site ou blog consegue alcançar as primeiras posições inicialmente, salvo se tiver palavras-chave bastante específicas.

É preciso manter a otimização do site por meio das técnicas de SEO, com paciência e rigor nos detalhes, para que o marketing de conteúdo possa conquistar o destaque que almeja. A perspectiva é de médio e longo prazo, com poucas respostas iniciais de construção de valor da marca.

 

Marketing de conteúdo aliado de Google Ads

Quando se fala em Google Ads a primeira imagem é de elaboração de anúncios para a plataforma e seus associados. Mas na prática ele é um aliado poderoso para marketing de conteúdo e capaz de proporcionar a este um valor mais rápido e qualificado. Sistema mais bem-sucedido da web, o Google Ads permite a criação de links patrocinados que podem configurar mais rapidamente nas primeiras posições de busca.

A adesão aos links patrocinados permite levar o site ou blog mais rapidamente para as primeiras posições, mesmo que tenham uma menção de serem anúncios. Ele cria um atalho no ranqueamento orgânico, que impulsiona a página que estava no processo lento de indexação para que o material seja exibido prontamente.

Os sites e blogs que aderem aos links patrocinados não vão diretamente para as primeiras posições do Google. Eles são selecionados de acordo com o público a ser atingido e a qualidade do conteúdo proposto, que sofre avaliações de algoritmos semelhantes aos do processo orgânico. Dessa forma, os anúncios podem ser apresentados de maneiras diferentes entre os usuários, com maior ou menor relevância. Há opções de extensões desses anúncios, que ajudam a aumentar as posições dos links patrocinados, chamando ainda mais atenção do usuário.  

Quando a criação de links patrocinados está aliada ao marketing de conteúdo para as mesmas estratégias, o público-alvo se torna muito mais acessível. Mesmo que um link patrocinado seja pago, a avaliação do Google e do próprio usuário vai dar valor à marca caso o marketing de conteúdo possua alta relevância. Dessa forma, rapidamente o custo por clique e o ROI ficarão muito mais compatíveis entre o investimento e o retorno financeiro.

Deixar de encarar o marketing de conteúdo como uma ilha, como é comum entre alguns profissionais de marketing, pode trazer resultados surpreendentes para uma campanha. Mesmo com sua grande importância para o fortalecimento de uma marca, quando suas estratégias estão aliadas a da produção de links patrocinados pelo Google Ads, as técnicas se potencializam para atingir o seu público-alvo.

O marketing de conteúdo é uma potencial arma do marketing, capaz de criar tráfego, ampliar a geração de leads e sua conversão, além de valorizar a marca diante do mercado. Quando aliado aos links patrocinados do Google Ads, pode reforçar as estratégias e agilizar ainda mais os resultados positivos. 

Mas, se você quiser chegar de forma orgânica às primeiras posições do Google fale com a gente! Acesse o site da RedaWeb ou ligue para nós no 0800 750 5564 caso queira assinar um plano de produção de conteúdo.