Inbound sales: saiba como aplicar em sua agência de marketing digital

Você já conhece o significado de Inbound Sales? Esse modelo de vendas se destaca no âmbito do marketing em razão de seu grande potencial em otimizar o contato das empresas com seus clientes. O Inbound Sales se constitui em um tipo de abordagem eficiente que proporciona às empresas vendas mais certeiras e com menor desperdício de tempo e recursos. 

Se você deseja conhecer melhor as características do Inbound Sales para aplicar em sua agência, continue conosco! Neste texto, você vai entender como as vendas eficientes podem auxiliar no sucesso de seu negócio. Boa leitura! 


Inbound Sales e as mudanças no relacionamento de empresas e clientes

Para melhor compreender o significado e a importância do Inbound Sales para a sua agência, vale a pena analisar as recentes transformações ocorridas no mundo publicitário. Afinal, esse modelo de vendas surgiu em um contexto bastante decisivo no modo como o marketing passou a se comunicar com o mercado consumidor.

Se antigamente a área publicitária tinha facilidade em obter êxito nas vendas por meio de anúncios massivos e frequentemente apelativos, hoje em dia, essas estratégias certamente não surtiriam tanto efeito. Esse tipo de publicidade já não causa tanto impacto devido à mudança de perfil do mercado consumidor em geral, que se encontra muito mais exigente e seletivo. 

As inovações tecnológicas e a ascensão das redes sociais estão diretamente relacionadas às mudanças de comportamento das pessoas nos momentos de compra. Ao mesmo tempo em que os anúncios passaram a ter maior alcance, os consumidores conquistaram uma facilidade muito maior em comparar as opções disponíveis e realizar as compras com mais racionalidade. Consequentemente, as empresas precisaram se adaptar às novas demandas e ajustar seu modo de interagir com seus clientes. 

Dessa forma, são diversos os tipos de marketing que surgiram e continuam surgindo no intuito de acompanhar a sociedade, principalmente no que se refere aos seus desejos e necessidades. Diante de tantas opções de estratégias de marketing, o Inbound Sales se sobressai em termos de efetividade e economia. Isso se deve ao fato de que essa estratégia implica uma abordagem melhor planejada e estruturada, que possibilita maiores chances de retornos positivos. Vamos entender melhor como tudo isso se aplica na prática?


Inbound Sales na prática

Atualmente, grande parte das empresas reconhece que o planejamento de vendas abrange muito mais do que contatar pessoas e despejar informações sobre os seus serviços e produtos. Um planejamento de qualidade pressupõe abordagens inteligentes e precisas e é justamente isso que o Inbound Sales oferece às empresas. As principais perguntas que caracterizam esse modelo de vendas são: qual é o perfil de consumidor ideal para minha empresa? Qual é o melhor momento para estabelecer contato com ele?

Em outros tipos de marketing, como o Outbound Sales, as empresas se dispõem a alcançar novos clientes com uma abordagem ativa e pouco direcionada. A lógica é a de que quanto mais contatos realizados, maiores as chances de compras finalizadas. O problema dessa abordagem é o investimento de esforços em pessoas que comumente não estão muito interessadas no que é ofertado, pelo menos não ainda. O atendimento do vendedor, por mais que possa ser de qualidade, encontrará mais barreiras para convencer alguém que não demonstrou interesse previamente. Aliás, muitas pessoas desaprovam esse tipo de contato direto e sem o seu consentimento, pois julgam que essa iniciativa é um tanto invasiva. 

No Inbound Sales, a estratégia é amadurecer a ideia do consumidor e orientá-lo em sua trajetória no funil de vendas, lembra-se desse termo? Ele é bastante importante para entendermos as etapas que constituem o processo de compra.

O funil de vendas é dividido em três etapas: topo, meio e fundo. Na etapa referente ao topo de funil, a pessoa que visita o seu site ou suas redes sociais não está necessariamente à procura da sua marca, geralmente porque não identificou nenhuma urgência ou nenhum interesse imediato em seu produto ou serviço. 

É imprescindível que esse visitante encontre conteúdos de qualidade e que despertem nele a reflexão de que o que está sendo ofertado pode ser útil e necessário. Demonstrar confiança e autoridade pode ser decisivo para que o visitante se interesse pela sua marca e passe a ser um cliente em potencial.

O que marca a transição do topo para o meio do funil é o reconhecimento da demanda por parte do visitante, que a partir desse momento passa a ser considerado como um lead, visto que a sua interação com a marca se torna mais frequente e ele fornece algumas informações básicas, mas que serão muito úteis para contatos futuros. Nessa etapa, a empresa precisa ser clara e objetiva ao informar sobre seus produtos e serviços, de modo a evitar possíveis desentendimentos e conquistar a confiança de seu lead. A decisão de compra caracteriza a próxima etapa do funil. 

Percebe-se que o momento de compra advém de um processo de estreitamento do vínculo entre o lead e a sua empresa. Nessa etapa, sua marca já é conhecida e tem grandes chances de ser escolhida para sanar as demandas do lead. 

Neste aspecto, percebemos com maior nitidez umas das grandes mudanças no relacionamento de empresas e clientes, pois as vendas passam a ser asseguradas por meio do estabelecimento de uma conexão mais estável e duradoura com o mercado consumidor, descartando-se a publicidade massiva e apelativa que fazia mais sucesso antigamente. 

O diferencial do Inbound Sales é o contato personalizado e o acompanhamento constante dos clientes em potencial. Nesse modelo, a iniciativa de efetivar uma compra parte do próprio consumidor, que foi devidamente instruído e instigado. Dessa forma, os setores de venda e de marketing agem em conformidade para que o contato com o consumidor seja produtivo e eficiente para ele e também para a empresa. 

Não é muito mais agradável a ideia de que você realiza as suas compras após um processo de amadurecimento e não por impulsividades que frequentemente são desencadeadas por vendedores incisivos? A satisfação pós-compra é bem mais provável e também são maiores as chances de novas compras, uma vez que a confiança na marca permanece intacta. 

As empresas também são beneficiadas em grande escala. Nessa situação, os contatos com os clientes não são um tiro no escuro e muito esforço e recursos são poupados. Além disso, vale ressaltar que o Inbound Sales é um grande aliado do Marketing Digital, posto que o ambiente on-line proporciona diversas possibilidades de estratégias eficientes para que as empresas consigam realizar negociações e produzir conteúdos para engajamento. 

Para o sucesso da implantação do Inbound Sales em sua empresa, uma última dica é o investimento em softwares e ferramentas de automação de marketing, uma vez reconhecida a importância desse setor na estratégia organizacional. Faça pesquisas constantes sobre quais as melhores alternativas para a sua empresa e sempre preze pela qualidade no atendimento, esses são requisitos básicos para o sucesso de qualquer empreendimento. 

Curtiu o texto? É sempre muito bom aprender um pouco mais sobre marketing, não é mesmo? Nós da RedaWeb amamos o assunto e estamos aqui para oferecer todo o suporte que você e sua agência precisam. Acesse o nosso site ou ligue 0800 750 5564 para conhecer nossos planos de produção de conteúdo.