Jogo dos 7 erros: aprenda a identificar as falhas no marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é uma das estratégias de marketing digital mais eficientes no momento. É uma maneira de falar diretamente com o possível cliente, de se aproximar, fazer parte da vida dele e torná-lo um consumidor fiel da sua marca e do seu produto.

No entanto, para que tudo isso aconteça e o resultado seja realmente favorável para ambas as partes, é preciso evitar determinados erros que podem prejudicar toda a estratégia estabelecida. 

Saiba, neste artigo, se você está cometendo algum erro ao fazer marketing de conteúdo e como agir corretamente.


7 erros do marketing de conteúdo que você precisa evitar

O marketing de conteúdo é responsável pelo crescimento de muitas páginas e empresas, mas desde que seja bem elaborado. A seguir, confira alguns erros que não devem ser cometidos.

1. Não conhecer o seu público

Para quem você escreve? Quem é o seu público-alvo? Do que ele gosta? Quais lugares frequenta? Que tipo de conteúdo consome? Quais são as necessidades dele? 

Escrever conteúdo sem saber a quem se dirigir é um tiro no escuro que não traz resultados. Essa é uma situação muito comum em empresas que estão começando, mas precisa ser revista o quanto antes. 

Construa o perfil do seu público, também chamado de persona, de acordo com as características dos seus clientes e molde o seu conteúdo baseando-se nas preferências desse grupo de consumidores.

Desta forma, você terá mais chances de acertar em cheio quem realmente deseja e poderá conquistar o resultado que precisa.

2. Não variar o formato do conteúdo

Existem diversos tipos de formato de conteúdo. O mais comum deles é o tradicional artigo, composto por muitas palavras e algumas imagens. O artigo é um tipo de conteúdo muito eficiente e prático para todas as áreas, mas não deve ser o único a ser abordado.

Os usuários da internet gostam e procuram por conteúdos mais dinâmicos, textos mais pessoais e menos técnicos, imagens que enchem os olhos, vídeos, áudios, GIFs, infográficos e muito mais. Assim, a leitura não se torna cansativa e o seu blog fica mais interessante.

Se a sua empresa ainda não experimentou novos formatos de conteúdo, está na hora de começar a inovar. O conteúdo precisa atrair e prender o leitor, fazer com que ele goste do que vê e queira voltar sempre para a sua página. Foque nisso.

3. Ignorar o Google

É fato, o Google é o maior site de buscas utilizado atualmente. Desta forma, é preciso se adequar às exigências que o buscador possui, para que a sua página seja indexada e apareça na lista de resultados após uma busca realizada.

Portanto, não adianta criar um conteúdo perfeito se o texto não se encaixa no padrão determinado pelo Google. O seu site não vai aparecer para os seus clientes. Você não será conhecido, não será lembrado e será ultrapassado pela concorrência.

Escrever para o Google significa criar conteúdos relevantes, com embasamento, usando como base as palavras-chaves mais buscadas pelos usuários e atendendo às técnicas de SEO (Search Engine Optimization) que consistem, entre outras coisas, no uso correto das palavras-chaves ao longo do texto. 

4. Falar apenas do seu produto

Tudo bem que você deseja aumentar as suas vendas e garantir uma cartela maior de clientes no final do mês, mas falar o tempo inteiro do seu produto não é a melhor estratégia quando se faz marketing de conteúdo. Pelo contrário, essa prática só afasta potenciais clientes.

O marketing de conteúdo tem como foco a criação de material interessante para o usuário, que agregue informações importantes e solucione alguma questão que ele traz consigo. Afinal, foi em busca disso que ele acessou o buscador e digitou determinadas palavras.

Falar da empresa e do produto não é proibido, mas não deve ser o seu tema principal. Aborde assuntos e temas que tenham a ver com o seu produto. Imagine situações nas quais a sua empresa tenha um papel importante, mas que se encaixem também no desejo de quem está lendo.

5. Não promover o seu conteúdo

Investir em um conteúdo de qualidade é fundamental, mas não é só com isso que você deve se preocupar caso queira chegar onde os seus clientes estão. Além de criar um excelente conteúdo, encontre as melhores maneiras de promover o que foi produzido.

Com maneiras eficientes de divulgação, o seu material chegará até onde você deseja e para as pessoas certas. Foque inicialmente nos canais que a empresa já possui, como o site, blog, redes sociais e e-mail.

O segundo passo é pensar em parcerias, anúncios, etc. Corra atrás de audiência. A máxima da publicidade ainda faz total sentido: “quem não é visto não é lembrado”. 

Portanto, promova o seu material de maneira inteligente, fique atento às novidades do mercado e logo terá um lugar de destaque na mente das pessoas.

6. Escrever conteúdos rasos demais

Uma das exigências do Google é que o conteúdo abordado seja informativo de verdade e bem elaborado, o que, muitas vezes, resulta em um texto um pouco mais longo. Isso se deve ao fato de que quando uma pessoa busca por algum assunto na internet, é porque ela tem dúvidas. 

Se o seu texto for capaz de prender a atenção dela, fazendo com que essa pessoa fique mais tempo na sua página, o Google entende que o seu conteúdo atendeu às necessidades existentes. Desta forma, você, o usuário e o Google ficam satisfeitos e todos saem ganhando.

Portanto, invista em conteúdos relevantes, com informações atualizadas, corretas e embasadas. Esqueça artigos apenas para encher linguiça, como dizem. 

Mas, lembre-se que nem todos os conteúdos exigem tanto aprofundamento, como uma receita de bolo, por exemplo. Por outro lado, existem aqueles que pedem um pouco mais de atenção. Analise o seu tipo de conteúdo e veja se está precisando melhorar algo.

7. Falta de constância

Marketing de conteúdo de qualidade e com retorno também exige constância na produção. Isso quer dizer que a sua empresa não deve fazer uma postagem hoje e passar dias ou semanas sem publicar nada novo. É preciso que haja uma frequência de material produzido e publicado.

A constância nas publicações é fundamental para estreitar a relação com o cliente, mantê-lo informado sobre o seu produto e fazer com que ele veja a sua empresa como uma autoridade naquilo que faz. 

Para manter a periodicidade de publicações, elabore um planejamento contendo o tipo de conteúdo, tema, data de publicação, local em que será divulgado e o que mais for importante para que haja o máximo de controle sobre esses dados.

Marketing de conteúdo é essencial para o sucesso de qualquer negócio. Não importa o tamanho da sua empresa. Se você já investe nesse tipo de marketing digital, mas não consegue perceber resultados satisfatórios, descubra onde está errando e garanta os resultados que precisa.

Precisa de conteúdo de qualidade para engajar os seus clientes e ampliar o seu negócio? Acesse o site da RedaWeb ou entre em contato pelo telefone 0800 750 5564 e conheça os nossos planos de produção de conteúdo.