Key performance indicator KPI – como pode ser utilizado?

O Key Performance Indicator, ou KPI, é uma das ferramentas mais utilizadas hoje para medir o desempenho das organizações. A sigla, que pode ser traduzida como “indicadores-chave de performance”, diz respeito a um conjunto de análises de processos vitais. Esse recurso permite avaliar a empresa, uma página da marca, equipes e até mesmo um colaborador tomado de forma isolada. Apesar da popularidade dessa ferramenta, muitos gestores ainda têm dúvida de como o KPI pode ser utilizado.

Primeiro é preciso entender que esse instrumento não é uma simples métrica. O objetivo dos KPIs vai além do que se pode mensurar. A relevância dos fatores analisados para a tomada de decisão é o que constitui o diferencial da técnica. Quanto maior for a sua empresa, e mais extenso o número de stakeholders impactados por ela, mais complexa a análise. Em razão disso, é fundamental definir com cuidado as suas metas, pois esse é o ponto chave a ser trabalhado pelo KPI.

Para não errar, comece definindo o objetivo da sua organização, aonde ela quer chegar. Em segundo lugar, saiba quais os passos necessários para se alcançar esse fim. A partir daí serão definidos os KPIs, determinando-se as formas de medição e a origem dos dados utilizados. Ou seja, o que será medido e como. O passo seguinte é mensurar essa informação. Por fim, será empreendida a análise das suas ações, na qual a utilização do feedback irá colaborar para começar possíveis correções.

Nunca é demais lembrar que os seus objetivos devem seguir a metodologia SMART. A sigla traduzida para o português resume o que as suas metas devem ser: específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e restritas no tempo. Um exemplo seria: aumentar as conversões de uma landing page em 50%. O resultado será medido através de um software de gestão. O prazo para alcançar esse objetivo é de um ano e meio. Separando nas letras de SMART, temos:

  • S (Específica): Conversões da landing page.
  • M (Mensurável): Aumento de 50% a ser medido através de um programa.
  • A (Atingível): Melhorar as conversões em uma landing page é plausível – e desejável.
  • R (Relevante): As conversões são fundamentais para a eficiência de uma landing page e impactam no todo do seu negócio.
  • T (Restritas no tempo): Prazo de um ano e meio.

Tudo isso definido, tenha sempre o cuidado de escolher os KPIs mais indicados para a sua empresa. Chegamos então ao momento de responder a questão principal deste artigo: como o KPI pode ser utilizado? Abaixo há algumas formas mais comuns de utilizar esse recurso.


4 formas de utilizar o Key Performance Indicator 


1. Reconhecer pontos fracos


A análise permitida pelos KPIs é uma boa forma de identificar pontos fracos da sua organização ou projeto. Além disso, a coleta de dados em tempo real, permitida pelos meios digitais, favorece ações rápidas para correção de problemas. Imaginemos, por exemplo, o caso das landing pages, supracitado. 

Considere que, nos primeiros três meses da sua estratégia, as conversões estão muito baixas. O ideal para esse caso era que seguissem um crescimento progressivo. Temos então um indicador de que algo precisa ser revisto na sua landing page, para que as leituras mudem. 

Da mesma forma, se as visitas estão em ritmo constante, mas estático, ou se o crescimento é tímido, você poderá rever estratégias. Todos esses elementos podem ser analisados através dos Key Performance Indicators. Para o exemplo específico aqui oferecido, é possível descobrir que o seu problema diz respeito à navegação ou ao conteúdo. A partir disso a sua organização deverá orientar uma decisão para melhora da página.

 

2. Tomar decisões de forma mais consciente

A gestão de uma empresa é, em grande medida, a arte de saber lidar com problemas através de soluções acertadas. Sabemos, inclusive, que os erros nesse tocante podem ser irreparáveis para a saúde financeira da organização. Nada melhor para facilitar esse processo do que dados claros e objetivos que permitam visualizar o ponto nevrálgico de uma questão.

Os medidores que a sua empresa escolhe como KPI costumam indicar o norte para as suas decisões. Imagine que para o caso já exemplificado neste artigo você definiu que vai medir a quantidade média de visitantes. Aí estará uma das indicações se as ações vão bem. Se a análise do indicador aponta para uma baixa audiência da página, ganhamos uma pista do que fazer a seguir.

Sem o uso do KPI, chegar à possível causa do problema seria como tentar desfazer um nó górdio. Um desperdício de tempo, além de uma baita dor de cabeça para os seus gestores. Os indicadores-chave permitem que o funcionamento do seu negócio esteja sempre bem monitorado para que decisões inteligentes sejam tomadas. Especialmente nos momentos de crise.


3. Controle de qualidade

Uma vez que os KPIs lidam com performance, eles podem ajudar a sua organização a manter um padrão de qualidade. Seja para as suas estratégias ou para os processos fundamentais ao funcionamento do negócio. Aqui mais uma vez a possibilidade de análise em tempo real fará uma enorme diferença.

Antes mesmo que um projeto ou estratégia chegue ao final, você poderá reestruturar essas ações para melhor resultado. Agindo mais uma vez como bússola, os indicadores-chave colaboram para que a sua organização nunca se desvie das metas.

Também é possível utilizar o Key Perfomance Indicator para avaliar o trabalho dos seus colaboradores. Com o tempo, isso permite que se instale uma cultura de excelência na sua empresa. Afinal os próprios colaboradores poderão cuidar do seu desempenho fazendo sempre uma autoavaliação baseada nas metas e padrões estabelecidos.


4. Atender melhor ao público-alvo

Melhorar a eficiência dos serviços e ações apresentadas pela sua organização termina por impactar na satisfação do cliente. Se a excelência é o guia e seus processos estão otimizados, evidentemente aquilo que se entrega ao público será de melhor qualidade. Não há dúvida de que falamos de um processo que permite uma entrega de valor cada vez maior para o cliente. 

Com essa exposição entendemos não apenas como usar, mas também a importância dos KPIs. Pois, é extraindo os apontamentos do que deve ser mudado e melhorado na sua empresa que eles mostram sua relevância. Indicadores-chave bem definidos servem de controle de qualidade, além de colaborar para identificação e correção de problemas.

Concluímos acrescentando que o KPI se trata de um recurso que pode ser utilizado por empresas de diferentes setores e tamanhos. Em todos os casos, o bom uso da ferramenta irá se constituir em diferencial de mercado e a qualidade de serviços resultante não vai apenas colocar a sua empresa na frente da concorrência. Será também uma das razões que faz com que os clientes sintam que no seu negócio há algo diferenciado.


Entre em contato

Com este texto você viu algumas das principais formas de se utilizar os Key Performance Indicator. Porém, os KPIs são apenas parte da sua presença na rede. Quer incrementar a sua estratégia de marketing digital produzindo conteúdo de qualidade? Então aproveite a oportunidade e entre em contato com a RedaWeb. Venha acessar o nosso site para maiores informações ou se preferir, ligue para 0800 750 5564 para assinar um plano de produção de conteúdo.