Marketing ágil: conheça as principais estratégias e princípios

Se antes as equipes de Marketing trabalhavam seus projetos dentro das empresas de forma verticalizada, isto é, com etapas hierarquizadas entre si, hoje, esse modelo é visto como engessado, principalmente se considerarmos o cenário atual de circulação e acesso à informação.

As constantes novidades no setor, como por exemplo, as mudanças nos algoritmos de grandes plataformas de conteúdo on-line, exigem dos profissionais de marketing uma nova forma de organizar e operacionalizar seu planejamento estratégico. A necessidade de trabalhar com diferentes canais ao mesmo tempo também impacta o processo de criação e execução de tarefas.

É nesse contexto que as metodologias ágeis se apresentam como uma boa opção para guiar a rotina de trabalho do departamento de Marketing das empresas. Surgida e utilizada inicialmente na área de Desenvolvimento de Softwares, a metodologia ágil funciona como um guia de gestão de projetos baseado em ciclos mais rápidos e quase diariamente revisados.

O foco aqui é acompanhar de perto e de maneira integrada as etapas de um processo estratégico, prevendo situações de risco, agindo sobre as atividades com maior controle e, principalmente, transformando possíveis mudanças em vantagens competitivas.

Princípios da metodologia ágil

A metodologia ágil tem como princípios fundamentais:

  • Indivíduos e a interação entre eles, mais que processos e ferramentas;
  • Software em funcionamento mais que documentação abrangente;
  • Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos;
  • Responder a mudanças mais que seguir um plano.

Trata-se, portanto, de uma forma mais humanizada de enxergar o desenvolvimento das atividades, considerando a qualidade das relações entre os colaboradores e seu grau de satisfação com a própria função.

A colaboração do cliente e também com ele será fundamental na hora de estabelecer o melhor planejamento estratégico, principalmente para o Marketing de Conteúdo. A troca de informação e know-how entre os profissionais de ambas as partes fará com que o conteúdo produzido seja mais completo e atualizado. A participação do cliente na elaboração de pautas e revisão do material produzido será de grande ajuda no quesito tempo e qualidade da produção.

Fica fácil de entender, então, o porquê de tantas empresas adaptarem esses princípios em sua rotina de trabalho, naquilo que ficou conhecido como Marketing Ágil. O principal objetivo é organizar o tempo e as equipes escaladas para desenvolver determinada campanha em torno de tarefas integradas e focadas em resultado.

Entenda a mudança na rotina de trabalho das empresas com o Marketing Ágil

Em primeiro lugar, será fundamental entender a dinâmica das relações e funções realizadas no dia a dia. Tarefas e etapas isoladas dão lugar ao trabalho em conjunto, que normalmente acontece em salas especiais, onde os colaboradores compartilham o que estão trabalhando e apontam as dificuldades encontradas até então. Assim, a equipe como um todo poderá pensar em soluções mais rápidas e assertivas.

Essas reuniões deverão acontecer com certa frequência ao longo da semana. Assim, será possível agir em cima de prioridades, otimizando o tempo. Dessa forma, todo o planejamento estratégico é pensado em ciclos de poucas semanas, chamados "sprints", focados na entrega contínua de soluções para o cliente.

Existem métodos que podem ajudar as equipes a planejar e priorizar tarefas, como por exemplo, o Kanban, que utiliza "boards" organizados em categorias como “Fazer, Fazendo e Feito”. Dessa forma, o grupo acompanha visualmente o andamento dos processos e pode atuar com precisão em cima de pendências mais urgentes.

Passo a passo de como aplicar o Marketing Ágil em sua empresa

 Uma das maiores dificuldades ao adotar a metodologia ágil é conseguir centralizar as demandas dos diferentes departamentos e alinhá-las aos objetivos comerciais da empresa. Para melhor aplicar seus princípios, o Marketing deverá:

1. Definir prioridades e expectativas na preparação das equipes

Uma vez selecionados os colaboradores que atuarão naquele projeto pontual, os líderes das campanhas devem reunir o time em torno de objetivos e metas claras desde o início. Cada um deve entender sua função dentro do contexto geral e o tempo deve ser dedicado às prioridades estabelecidas em grupo. Isso mantém os colaboradores motivados, atentos e preparados para solucionar situações inesperadas.

2. Análise do cenário

Com base em relatórios, os times devem reunir-se frequentemente para analisar problemas e oportunidades. A atualização constante e integrada das etapas permite a visualização ampla do projeto e a determinação dos próximos passos a serem seguidos, evitando, assim, perda de tempo e esforços de marketing desnecessários.

3. Testando possíveis soluções

Uma vez identificadas as dores e oportunidades de um projeto, as equipes de marketing podem desenvolver testes com as possíveis soluções pensadas em grupo. Isso permite que, ao longo do processo, estratégias para melhores resultados sejam avaliadas e comparadas, sem perder tempo e dinheiro posteriormente reparando escolhas pouco efetivas. Nesta altura, prioridades ainda podem ser redefinidas, sem comprometer todo o esforço de marketing.

As vantagens em adotar o Marketing Ágil estão na comunicação mais fluida e eficaz entre as equipes do departamento, além dos outros setores da empresa, e na velocidade e capacidade de ação em cima de oportunidades ou mesmo problemas inesperados.

Internet e cenário atual do Marketing Digital

Retomemos o quarto e talvez o mais importante princípio da metodologia ágil, a resposta às mudanças – que certamente aparecerão – ao longo do desenvolvimento do plano de ações.

A rapidez com que a internet divulga e propaga informações cria um cenário dinâmico, porém complexo, de oportunidades para o Marketing Digital, como por exemplo, os temas que se tornam "virais". Daí a importância de desenvolver campanhas interativas e adaptativas, com planejamento flexível. 

Vale lembrar que além de conteúdo em quantidade e velocidade, a internet possui armadilhas que muitas vezes podem levar campanhas inteiras ao fracasso. Por isso, elencamos algumas estratégias para lidar com a dinâmica online:

  • Em primeiro lugar, não aposte todos os esforços em conteúdo de reação a notícias e acontecimentos na internet. Isso poderá custar tempo e investimento em dados superficiais e de pouco retorno comercial. Apesar de flexível, o planejamento de marketing existe e deve ser cumprido;
  • Mantenha-se atualizado sobre o que acontece no mundo - real e virtual. Antecipar tendências, dialogar com os assuntos do momento e aproveitar oportunidades são a chave para o sucesso na produção de conteúdo digital;
  • Cuidado com a pressa ao postar! A internet é a vitrine de qualquer marca hoje em dia e todo conteúdo compartilhado será, fatalmente,  visualizado e avaliado pelos usuários. Palavras ou imagens mal colocadas podem comprometer o conceito por trás da mensagem comunicada e prejudicar não só a campanha, mas também a percepção da marca pelos consumidores;
  • Em caso de erros, seja rápido e objetivo. Em situações como as citados acima, a equipe de marketing deve agir rapidamente sobre o problema, retirando qualquer tipo de conteúdo ofensivo ou polêmico das redes e, de preferência, prestar esclarecimentos ao público.

O cenário atual é complexo e repleto de desafios para o Marketing Digital. As empresas devem atualizar as abordagens estratégicas internas, de acordo com as demandas externas e suas constantes transformações.

Ficou curioso sobre como seguir os princípios ágeis e otimizar seu planejamento estratégico? Acesse o site da RedaWeb ou entre em contato conosco através do telefone 0800 750 5564 e assine um plano de produção de conteúdo!