Blog Melhore a sua ideia de negócio e conquiste mais clientes com um investidor anjo

Melhore a sua ideia de negócio e conquiste mais clientes com um investidor anjo

Melhore a sua ideia de negócio e conquiste mais clientes com um investidor anjo

Hoje, muito se fala sobre ele, mas você realmente sabe o que é um investidor anjo? Por mais que o interesse sobre o tema tenha crescido recentemente, na atualidade, muitas pessoas ainda não entendem direito o papel desse profissional.

Mas nós estamos aqui para acabar com todas as suas dúvidas sobre o investidor anjo, e te mostrar como ele pode ajudar a sua empresa. Seja para lapidar as suas ideias, ou te apresentar contatos para serem seus clientes, eles são muito úteis.

Enfim, confira o nosso artigo para entender o que é, como ele pode te ajudar, e outras informações sobre o investidor anjo!

O que é um investidor anjo e como ele atua?

O investidor anjo nada mais é do que um investidor externo que aplica dinheiro e conhecimento em empresas pequenas. Isso as ajuda a se desenvolverem, o que faz com que o sucesso no mercado seja atingido mais facilmente.

O investidor anjo realiza esse trabalho, geralmente, em troca de um percentual da empresa que está ajudando. Depois do acordo firmado, ele pode ajudar o seu negócio a realizar as seguintes operações:

  • captar recursos financeiros, por meio de negociações com parceiros;
  • compra de materiais com o melhor custo-benefício, graças à sua experiência;
  • ajustar processos administrativos para otimizar a atuação da empresa.

Ou seja, ele ajuda a sua empresa a moldar a sua ideia de negócio, para, então, conseguir conquistar mais clientes. Tudo isso acontece graças ao aporte financeiro do investidor anjo, mas também do que chamamos de “smart money" nos dias de hoje.

E quando estamos falando smart money, estamos nos referindo à sua expertise, capaz de facilitar no processo de impulsionar uma empresa. Tudo isso é essencial para melhorar os resultados e conseguir obter mais relevância no mercado.

Enfim, o investidor anjo faz isso para garantir o melhor desenvolvimento da região, o que gera empregos, e melhora a economia do local. De toda forma, a sociedade, e o próprio investidor, acabam sendo beneficiados graças a isso.

Quem pode ocupar o espaço de investidor anjo?

Existem leis que regulam a atuação desse tipo de investidor, porém, ela não limita quem pode ou não se enquadrar nessa categoria. Dessa maneira, seja pessoa física ou jurídica, se o indivíduo investe recursos em outra empresa, ele é um investidor anjo.

Porém, é preciso que a empresa que recebeu o aporte seja microempresa ou de pequeno porte, não podendo ser média ou maior. Por esse motivo, geralmente, os alvos dos investidores anjo são as startups, tão comuns nos dias atuais.

Em todo caso, como o objetivo é fazer com que pequenas e microempresas se desenvolvam, o investidor anjo, geralmente, é bastante experiente. Dessa maneira, ele conta com a expertise necessária para conseguir desenvolver seus negócios.

De toda forma, o termo vem se tornando bastante popular atualmente, graças ao interesse constante das startups por esses investidores. A atuação desses profissionais pode acelerar o crescimento de uma empresa de maneira considerável, e por isso, são muito desejados.

O investidor pode fazer parte do quadro executivo da empresa?

Por fazer investimentos e ajudar a empresa a se desenvolver como um todo, muitos imaginam que esse investidor faz parte da empresa. Além desses detalhes, o percentual dado a esse profissional também nos ajuda a acreditar que se trata de um membro do executivo.

Porém, o investidor anjo não pode ocupar um cargo executivo na empresa, precisando atuar apenas como conselheiro. Ou seja, ele não tem obrigação de bater ponto ou estar sempre presente dentro do ambiente profissional, como muitos imaginam.

O investidor anjo é aquele que dá conselhos sobre possíveis melhores caminhos a serem tomados para melhorar a sua atuação. Dessa maneira, o empreendimento se desenvolve, seja com o seu dinheiro, ou apenas com a sua experiência.

Ou seja, ele não faz parte do quadro executivo da empresa, apesar de atuar como conselheiro dos estabelecimentos em que faz investimentos. Apesar de parecer algo intrínseco, não estamos falando sobre casos em que são a mesma coisa.

Quais as vantagens de contar com um investidor anjo?

Além de ter um parceiro com vasta experiência no mercado, contar com um investidor anjo também te possibilita aproveitar outros benefícios. Eles são diversos e podem ajudar a sua empresa a melhorar vários dos seus processos, em diferentes áreas.

De maneira direta, podemos dizer que as principais vantagens de se ter um investidor anjo são as seguintes:

  • possibilidade de conseguir ter mais recursos financeiros à sua disposição;
  • aprender a gerir a operação do seu negócio com um profissional experiente;
  • aumentar seu networking, abrindo portas para novas parcerias no mercado;
  • acelera o crescimento e o desenvolvimento da sua empresa como um todo;
  • ajuda a otimizar a sua atuação, além de melhorar o seu planejamento;
  • possibilita ganhar experiência para tornar a sua empresa uma referência;
  • graças ao melhor desenvolvimento da empresa, a tendência é de ter mais clientes.

Como você pode ver, os benefícios, geralmente, acabam afetando a sua empresa positivamente de maneira mais ampla. As vantagens não ficam restritas apenas ao dinheiro que o investidor anjo pode acabar aplicando no seu negócio.

É possível otimizar o seu funcionamento e garantir um crescimento inteligente para o seu empreendimento. Tudo isso colabora para que a sua empresa acabe se tornando um empreendimento de sucesso dentro do mercado.

Como tornar minha empresa mais atraente para o investidor?

Se o seu objetivo é atrair um investidor anjo, é preciso fazer uma apresentação do seu negócio para ele. É aqui que ele vai definir se a sua empresa é interessante para ele fazer aplicações e te ajudar, ou se esse não é o caso, ao menos no momento.

Para isso, eles costumam levar em consideração quatro fatores principais, sendo eles:

  • inovação: os investidores vão buscar negócios que apresentem algo diferente, para ter a chance de conquistar chamar atenção do mercado de alguma forma;
  • escalabilidade: a empresa, mesmo sem depender de investimentos, precisa ter a capacidade de aumentar seu crescimento, para atingir novos públicos;
  • mercado grande: o público-alvo do seu negócio precisa ser amplo para chamar atenção, pois, algo muito nichado, não costuma ser interessante nesses casos;
  • postura: é preciso que você tenha postura, apresente bem a sua ideia, saiba como sua empresa funciona, como ela vai crescer, e como tirar ideias do papel.

Tendo em vista que são esses os fatores analisados, você já pode começar a analisar como a sua apresentação será montada. Deixar claro como você inova, a sua capacidade de crescimento, e o tamanho do seu público, é essencial para o seu sucesso.

Enfim, essa não é a única forma de ajudar sua empresa, afinal, a produção de textos, feita por especialistas, também impulsiona seu negócio. E se você quer contratar um pacote de produção, acesse nosso site ou entre em contato com a nossa equipe pelo número 0800 750 5564!

Artigos relacionados.

Ver mais artigos
tudo-o-que-voce-precisa-saber-para-nao-cometer-erros-no-marketing-para-mulheres entenda-as-vantagens-do-remarketing-para-o-seu-e-commerce marketing-de-atracao-ferramenta-inovadora-pode-otimizar-suas-vendas
Whatsapp
Ligue grátis 0800 750 5564
Ligue grátis 0800 750 5564