O que preciso saber antes de começar no marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo é uma forma de engajar o seu público-alvo e ampliar a rede de cliente a partir da produção de um material relevante. Com isso, o objetivo é agregar valor para os leitores, criando uma percepção positiva da marca e gerando mais negócios. Se você se interessou por essa estratégia, continue a leitura do artigo.

Que o marketing digital está em franca ascensão, você provavelmente já sabe. Atualmente, a divulgação na internet não se trata mais de uma tendência de mercado, mas sim de um investimento indispensável para qualquer marca.  Quem pretende se manter relevante para a sua audiência, precisa ter uma boa presença online. Sendo assim, o ponto hoje não é mais a importância de estar na internet, mas como se posicionar para chamar a atenção dos usuários e se destacar entre os competidores.

Você tem de se adaptar às melhores táticas disponíveis para a aquisição de consumidores, sendo o Inbound Marketing um dos fatores mais importantes. Nesse contexto, o marketing de conteúdo se estabelece como um elemento imprescindível. Não é de surpreender, então, que a abordagem seja aplicada e recomendada pelos principais especialistas na área da publicidade digital.

Caso você ainda não esteja familiarizado ou não domine o marketing de conteúdo, elaboramos um guia bem detalhado para que você aprenda tudo sobre essa metodologia.


Afinal, o que é marketing de conteúdo? 

Marketing de conteúdo consiste em um conjunto de ações com o propósito de engajar o público-alvo para ampliar a rede de clientes em potencial. Quando bem executado, ele também é capaz de fidelizar os consumidores já alcançados.

O propósito aqui descrito, demanda o desenvolvimento de um material que atraia, engaje e gere valor para o leitor. Como resultado, você estabelece uma imagem positiva da marca e, assim, garante mais negócios.


Os benefícios do marketing de conteúdo

Por que aplicar o marketing de conteúdo no seu empreendimento? No presente tópico, vamos explicar os principais benefícios da tática para o desempenho da sua empresa. Esses dados foram reunidos na edição de 2018 da Content Trends, a maior pesquisa sobre Marketing de Conteúdo do país.

Para ilustrar esse ponto, é válido notar que 73% das companhias brasileiras já são adeptas da metodologia para conquistar clientes e 61,8% das que ainda não usam pretendem adotá-la em breve.

Aumenta o tráfego das páginas

Segundo a Content Trends 2018, 86,7% dos indivíduos utiliza o Google para se informar. Portanto, o seu site é o meio por onde novos clientes conhecem a marca e o Google é que encaminha eles até você.

Melhora o engajamento com a marca

Ao produzir materiais de qualidade, você aumenta as interações dos seguidores com o conteúdo, o que cria engajamento.

Diminui o custo de aquisição de clientes

Conhecido também como CAC, o custo de aquisição de clientes é uma métrica que indica o valor que você gasta nos setores de Marketing e Vendas para obter um novo consumidor.

Educa o mercado

Com frequência, o público não compreende exatamente o segmento em que você está inserido ou como funcionam os produtos e serviços fornecidos por sua firma. Quando isso acontecer, não desanime! Aproveite para gerar um conteúdo que responda às perguntas dos visitantes e que ensine o que eles têm de saber para realizar a compra por conta própria.

Se o seu conteúdo for verdadeiramente valioso para o leitor, você acaba com possíveis objeções e garante maior satisfação dos consumidores, pois eles estarão cientes da sua mercadoria e de como usá-la.


Como executar uma estratégia de produção de conteúdo

Em geral, o marketing de conteúdo é dividido em três etapas. São elas:

  • Planejamento;
  • Execução;
  • Mensuração;

Cada um desses momentos é essencial para garantir a eficácia da campanha e por isso requer a atenção dos profissionais. Para auxiliar você no processo, ensinaremos passo a passo a seguir.

Planejamento

Ao contrário do muitos imaginam, o marketing de conteúdo não se resume a uma boa escrita. Na verdade, o texto é apenas a parte final da estratégia. Primeiro, é necessário traçar objetivos, táticas e métricas para avaliar os resultados.

O planejamento está relacionado a tudo aquilo que deve ser decidido antes da produção do conteúdo de fato. É hora de escolher a linguagem, os temas e as palavras-chave apropriada para a comunicação.

Para que as ações sejam bem-sucedidas, é importante deixar quais são as metas que você pretende alcançar com o seu marketing de conteúdo.

Execução 

Após ter o planejamento em mãos, chegou a fase de colocar o plano em prática de verdade. Agora você vai aprender o que é preciso para dar início à estratégia. Várias vezes é possível identificar que bons planos de negócio falham justamente no estágio da execução.

Para evitar essa situação negativa, não perca o foco naquilo que foi delimitado ainda no planejamento. É imprescindível também manter uma regularidade na geração e distribuição do material.

Outros elementos importantes na etapa da execução são:

  • A escolha das palavras-chave;
  • Tamanho e formato das publicações;
  • Escaneabilidade do material;
  • Revisão.

Mensuração

Depois de planejar e executar, o próximo ponto é medir e eficácia das suas ações de marketing. A mensuração de resultados é um dos aspectos mais delicados de qualquer abordagem de marketing de conteúdo. É a partir da mensuração que você identifica o que está dando certo e o que não está. Desse modo, é possível efetuar as correções mais rapidamente.

A frequência da mensuração

Não existe uma fórmula única, já que cada métrica possui uma frequência mais indicada de acompanhamento. Certas mensurações são diárias, outras semanais e algumas até mesmo semestrais.

Para descobrir a frequência correta de análise, é necessário estar bem familiarizado com cada uma delas para concluir o tempo de coleta de dados e obter uma estatística relevante. Por exemplo, verificar o custo de aquisição de clientes (CAC) todos os dias não é necessário, tendo em vista que esse número não costuma variar rapidamente. Uma mudança significativa em tal indicador depende de vários acontecimentos.

Porém, checar o tráfego do site diariamente faz sentido, pois até uma queda de algumas horas no volume de visitas pode representar um impacto grande no funil de venda. Nessa conjuntura, uma ferramenta de mensuração valiosa para os administradores é o Google Analytics. Entre os benefícios trazidos está a possibilidade de visualizar os números relativos a cada canal de aquisição de tráfego do seu blog, tráfego vindo de e-mail, tráfego vindo de busca orgânica, tráfego de social, entre outros.

Com o final do artigo, esperamos ter explicado tudo o que você precisa saber para implementar o marketing de conteúdo na sua empresa. Antes de encerrarmos, convidamos você a conhecer melhor o nosso trabalho. Para tanto, acesse o site da RedaWeb ou entre em contato conosco pelo 0800 750 5564, caso queira contratar um plano de produção de conteúdo.