Blog Problemas com landing pages? 7 erros que você precisa evitar

Problemas com landing pages? 7 erros que você precisa evitar

Empresário desenhando o conceito de landing page

Muito mais importante do que gerar tráfego é conseguir convertê-los em leads, afinal, é o primeiro passo para formar uma oportunidade real de negócio.


Diferente de outras páginas do seu site, as landing pages existem exclusivamente para entregar o máximo de valor e, em poucas palavras, convencer o leitor de que ele deve tomar alguma atitude para ter algo em troca.


Pode ser preencher os seus dados, comprar um produto ou assinar um serviço. No fundo, todos esses objetivos podem ser alcançados quando utilizamos essa estratégia da maneira correta.


Com isso em mente, criamos um guia exclusivo para quem tem problemas com landing pages. Entregaremos 7 erros que você precisa evitar.


Confira!


1. Utilizar pop-ups sem objetivo

As janelas pop-up são aquelas que abrem automaticamente na tela quando a página carrega ou quando o usuário realiza alguma ação, como clicar em um botão, deslizar a tela ou retirar o cursor da página.


Compreenda que esse tipo de recurso deve ser usado de modo absolutamente estratégico, afinal, a diferença entre o marketing tradicional e o marketing digital é que o primeiro interrompe o usuário, enquanto o segundo cria um ambiente mais agradável de propaganda.


Imagine que o seu leitor está interessado no que encontrou na página e na hora que clica no campo para digitar o seu endereço de e-mail, pula um pop-up sobre outro conteúdo.


Ele pode clicar nessa janela e nunca mais voltar para ser convertido em lead.


Tenha em mente que as landing pages têm como principal característica o fato de serem focadas em uma única ação específica.


Não queremos distrair o leitor, e sim convencê-lo a fazer algo que é importante para a nossa marca.


Se ele se distrair, você perdeu uma oportunidade.


2. Conteúdo em excesso

Aqui na RedaWeb nós gostamos de fazer uma distinção entre um redator publicitário e um copywriter.


O primeiro é focado em gerar valor ao cliente, enquanto o segundo utiliza todas as suas ferramentas para persuadi-lo a fazer algo.


Compreenda que as landing pages de fato se beneficiam muito de um marketing de conteúdo eficiente, porém, é necessário levar em conta as suas limitações.


Esse tipo de página não é como um blog post que você deve se alongar por mil palavras ou fazer o cliente ficar 30 minutos nela.


O seu objetivo é motivá-lo a tomar uma atitude rápida e assertiva. Quanto mais tempo o cliente leva para inserir os seus dados, maiores são as chances de mudar de ideia e não fazê-lo.


Quando falamos em conteúdo para Landing Pages, tenha em mente que não buscamos agregar valor ao leitor, pois isso é trabalho dos blogs e redes sociais. Aqui, o nosso objetivo é demonstrar como ele se beneficia em fazer o que estamos pedindo.


3. Mais do que um CTA

O call to action é o elemento mais importante de uma landing page. Acredite, mesmo que a sua página seja altamente persuasiva, o leitor não irá tomar atitude nenhuma se você não pedir para que o faça.


No entanto, é fundamental ter muito foco. Cada página de conversão deve ter um, e apenas um, CTA.


É a mesma razão pela qual você não pode encher a página com pop-ups.


Entenda que o leitor só tomará uma atitude por vez. Se a sua página pede para que ele leia o conteúdo, comente, compartilhe, entregue seus dados e faça uma compra, tenha a certeza de que ele não fará nenhuma dessas coisas.


Saiba que o ser humano tem uma cota de energia para realizar diferentes tarefas, se você exigir demais, o leitor ficará cansado não apenas da sua página, talvez, até da própria marca.


4. Não pensar no mobile-friendly

Os profissionais de marketing possuem um desafio ao elaborar estratégias. Na maioria das vezes produzem utilizando computadores pensando nessa plataforma para consumir conteúdo, quando cerca de 58% dos brasileiros acessam a internet exclusivamente pelo celular (TIC Domicílios, 2020).


O mobile-friendly é o movimento de criar uma página otimizada que se adequa aos diferentes equipamentos utilizados pelo público.


Se você acessar esse conteúdo, verá que ele aparece de uma maneira diferente em computadores ou em celulares. Afinal, essas plataformas são diferentes, e isso precisa ser levado em consideração.


Uma landing page deve promover o máximo de usabilidade para quem navega. Pois pense no seguinte, se a página trava, possui imagens desconfiguradas ou grandes espaços em branco, qual é a chance de a pessoa confiar os seus dados pessoais? Praticamente zero!


O mobile-friendly é uma maneira de demonstrar profissionalismo!


5. Muita complexidade

Assim como a sua página só pode ter um CTA, é preciso compreender que ela deve ser pensada para ter o mínimo atrito possível. Afinal, qualquer barreira pode fazer com que o leitor simplesmente feche a tela, e nenhum pop-up poderá salvá-lo disso!


Quando a página abre, é fundamental que tanto o conteúdo quanto o formulário de contato estejam visíveis de primeira. Desse modo, se o leitor quiser preencher os seus dados antes de qualquer outra coisa, poderá, caso queira consumir o conteúdo para tirar as suas dúvidas, idem.


Ao planejar as informações que devem ser solicitadas, foque apenas nas que são de suma importância. Por exemplo, para assinar uma newsletter, apenas nome e e-mail.


“Ah, mas isso é muito pouco!” Você pode pensar.


Saiba que se você está oferecendo uma entrega de conteúdo por e-mail, o lead ficará confuso se solicitar número de celular, endereço e redes sociais. Assim, a sua taxa de conversão certamente cairá.


Lembre-se que, para cada informação solicitada será necessário explicar a razão no conteúdo.


6. Não pensar no SEO

O SEO é fundamental para que a sua landing page consiga gerar tráfego o suficiente para gerar um número relevante de leads.


É claro que os anúncios pagos costumam gerar os melhores resultados, uma vez que essa é uma estratégia de curto prazo.


Porém, não esqueça que cada estratégia de curto prazo ajuda a criar a imagem da sua empresa no mercado.


O SEO para Landing Pages funciona da mesma maneira no que se refere a outras páginas e também pode contribuir para o ranqueamento de todo o seu domínio.


7. Esquecer o Marketing de Conteúdo

Por fim, não esqueça que o conteúdo é uma peça fundamental para converter qualquer leitor em um lead.


Afinal, se você deseja coletar informações-chave, precisará de uma justificativa para isso. O seu conteúdo é diferente do blog, e precisa ser pensado de modo estratégico com esse objetivo.


Aqui na RedaWeb nós contamos com especialistas que podem ajudá-lo a criar conteúdos exclusivos para páginas focadas em conversação.


Acesse a nossa página para conhecer os planos que oferecemos, ou entre em contato pelo 0800 750 5564 para tirar todas as suas dúvidas!

Artigos relacionados.

Ver mais artigos
-dicas-de-conteudo-para-sua-loja-virtual criacao-de-personas-guia-simples-para-iniciantes qual-e-o-tamanho-indicado-para-postagens-online-saiba-aqui
Whatsapp
Ligue grátis 0800 750 5564
Ligue grátis 0800 750 5564