Remarketing no Adwords: como funciona?

Existem várias ações de marketing digital que são muito interessantes para impactar uma pessoa que chegou a entrar no seu site, olhou um produto ou serviço, mas acabou não realizando a compra. O remarketing é uma delas. Talvez, aquela pessoa ainda não esteja pronta para fechar negócio, porém, você tem a oportunidade de se fazer ser lembrado com uma simples ação de remarketing no Adwords.

Sabe aquele anúncio que apareceu quando você estava navegando na rede social ou em outros sites e que, por coincidência, era exatamente de um produto que havia pesquisado há pouco tempo? Isso é remarketing e desperta o interesse de clientes em potencial, pois o leva a se lembrar de algo que pesquisou anteriormente.

Esse tipo de ação pode ser feita nas redes sociais e em sites que aceitam anúncios. Veja agora, como funciona essa ideia no Adwords:


Remarketing x Retargeting

Você, provavelmente, já ouviu falar no termo retargeting, que nada mais é que o próprio remarketing, porém com outro nome. A diferença é que o termo está mais próximo do significado, já que “target”, que vem do inglês, quer dizer alvo.

O objetivo é exatamente o mesmo: impactar um alvo ou uma mesma pessoa, mais de uma vez, depois de que ele realizou a pesquisa por um produto ou serviço, com o objetivo de convencê-lo a fazer a compra. Ou seja, dar a esse cliente em potencial uma segunda chance de retornar ao seu site.


Objetivos do Remarketing

Existe um único objetivo ligado ao retargeting, que envolve o aumento das vendas ou da conversão. Afinal, sua empresa deseja vender e, consequentemente, conquistar este cliente. A estratégia é aplicada, então, antes de uma pessoa chegar ao chamado estágio da compra.

Você pode atingi-la enquanto está na etapa de consciência, pesquisando sobre o assunto, mas sem a intenção de comprar um produto ou serviço, ou considerando comprá-lo, mas ainda está comparando preços ou recomendações.


Vantagens da Estratégia

Algumas das principais vantagens de fazer remarketing são:


Maior exposição da sua marca

Neste tipo de estratégia, o cliente fica exposto mais tempo à sua marca, consequentemente, tende a se lembrar da sua empresa mais facilmente. Ou seja, as chances de fechar negócio e aumentar a taxa de conversão são mais altas.

Anúncios mais diretos

Aquela pessoa já visitou seu site anteriormente, então, você pode ser mais direto na hora de anunciar para ela. Há um apelo emocional mais forte e frases como “Ainda lembra do produto X?” ou “O produto X está te esperando, veja outras cores no site” chamam mais a atenção. 

Diminuição do índice de abandono de carrinho

O abandono de carrinho ocorre quando uma pessoa estava prestes a realizar a compra em seu site, porém desistiu no último minuto. Quem trabalha com retargeting evita essa situação, já que mantém o lembrete do produto ou serviço antes mesmo de a pessoa chegar ao carrinho de compras.

Redução do CPC

Quem é atingido por uma campanha de remarketing já tem certo conhecimento da marca ou produto, com isso, a taxa de cliques nos anúncios tende a ser mais alta, o que reduz o CPC (Custo Por Clique). Como o anúncio é mais direto, há mais chances de cliques.


Como funciona

O funcionamento de uma ação de remarketing não tem nada de complexo. Imagine que você realiza uma busca por “notebooks marca X”. Em seguida, acessa vários resultados que o buscador lhe forneceu para saber mais sobre os modelos de notebook daquela marca.

Se um desses sites utiliza uma estratégia de retargeting, quando você acessa o site, um cookie é salvo no seu computador ou dispositivo em que foi realizada a busca. A partir daí, quando estiver navegando em outros sites, mesmo sem o intuito da pesquisa pelos notebooks, anúncios sobre aquele produto vão aparecer para você, como um lembrete.

Além disso, você pode encontrar esses anúncios, tanto em outros sites, que oferecem seu espaço para a Rede de Display do Google, quanto na própria busca do Google, na Rede de Pesquisa.


Onde e como fazer Remarketing no Adwords

No Google Adwords existem dois espaços em que você poderá fazer remarketing: na Rede de Display ou na Rede de Pesquisa. Cada um funciona de uma forma e vai atingir o cliente em potencial de uma forma diferente.


Rede de Display

Na Rede de Display estão os sites parceiros do Google que fornecem um espaço para os anúncios. Os banners aparecem em alguma parte da página e são direcionados para um usuário específico.

No caso do retargeting, a pessoa pode estar navegando em um site de notícias ou entretenimento, no entanto, anteriormente visitou o site da sua empresa. No espaço dos anúncios, poderá ser impactada por algo relacionado ao produto ou serviço que estava vendo antes.

Rede de Pesquisa

A Rede de Pesquisa envolve a busca do Google, seja por palavras, imagens, endereços ou produtos. O anúncio de remarketing aparece, então, como uma primeira opção, porém há algumas limitações de caracteres e é preciso seguir o formato de anúncio-padrão do Adwords.

A grande diferença da Rede de Pesquisa é que os anúncios só aparecem para uma pessoa, caso ela volte a pesquisar pelo mesmo assunto. Na Rede de Display, não há essa necessidade, o usuário pode estar apenas navegando em um site e será impactado pelo anúncio, mesmo que não esteja pesquisando sobre o produto/serviço.


Como Funciona uma Campanha de Remarketing no Adwords

Antes de configurar uma campanha de remarketing no Adwords, você precisa instalar a Tag do Google Adwords no seu site. Para isso, acesse sua conta, clique em “Ferramentas” e em seguida em “Gerenciador de Públicos-Alvo”. À esquerda da tela, clique em “Origens de Público-Alvo”.

Procure pelo card “Tag do Google Ads” e clique em configurar. Siga as orientações pedidas e, pronto, você terá configurado sua tag. Adicione essa tag em todo o seu site. Então, comece a criar suas listas de remarketing, que podem estar ligadas a um produto mais vendido ou uma categoria do site.

Entre no Google Adwords e crie as campanhas ligadas ao retargeting. O ideal é usar a Rede de Display, já que há mais chances de clique e você aparecerá para o usuário sem que ele volte a procurar por sua marca.

No momento em que um usuário chega ao seu site, um cookie é armazenado no dispositivo dele e ele passa a ser parte da sua lista de retargeting, sendo impactado pelos anúncios que você criou.

Você pode dividir as campanhas de remarketing em alguns grupos, de modo a facilitar e garantir o clique:

  • Todos os visitantes - São todas as pessoas que acessaram seu site alguma vez. Aqui, o anúncio pode ser mais geral e falar de promoções que incentivem o usuário a voltar a visitá-lo.
  • Abandono de carrinho - Todos que chegaram ao seu site foram até o carrinho de compras com algo adicionado e, ao final, desistiram de fechar negócio. O objetivo é convencer o usuário a finalizar a compra.
  • Clientes que já compraram anteriormente - Alguém que já esteve no seu website e já foi ou é seu cliente. Nesse ponto, você deseja que ele volte a comprar com você e oferece algo que chame a atenção. Pode ser um produto semelhante ou um desconto em nova compra.

O remarketing no Adwords, com certeza, é uma estratégia útil para quem deseja convencer uma pessoa a fechar negócio com sua marca. Que tal uma ajuda com os textos dos seus anúncios? Conte com a RedaWeb! Visite nosso site ou ligue para nós no 0800 750 5564, caso queira assinar um plano de produção de conteúdo.