Transforme o seu blog para universidade em uma plataforma de sucesso de vendas de matrículas

Os cursos superiores são cada vez mais requisitados no mercado de trabalho, o que, consequentemente, leva mais indivíduos a buscar um curso de ensino superior ou uma pós-graduação em instituições particulares. Um dado que comprova essa tendência é do Ministério da Educação: de 2006 a 2016 houve aumento de 62,8% em matrículas nas universidades. 

Mas o que realmente intriga os gestores de universidades é como fazer esses possíveis alunos se interessarem pelo seu centro de ensino, afinal, educação de qualidade deveria ser suficiente, mas nem sempre é. 

Nesse momento é importante verificar novas técnicas de prospecção de alunos, como o blog para universidade, que é uma excelente ferramenta de marketing de conteúdo


Diálogo qualificado com o público

O indivíduo que pretende fazer um curso superior considera, em sua escolha, as suas aptidões e pretensões para o futuro, além de consultar familiares e amigos. Mas o próximo passo desse trajeto de decisão é buscar solucionar dúvidas a respeito dos cursos que o indivíduo tem interesse. E onde ele vai buscar esse esclarecimento? Nos mecanismos de buscas, como o Google.

E por que não fazer com que sua universidade esteja nos primeiros resultados da busca, desde esse primeiro contato do cliente? Com o marketing de conteúdo, você alimenta o blog da universidade com conteúdos de qualidade, originais e os otimiza para esses mecanismos de busca, facilitando o acesso orgânico ao seu site.

Por exemplo, um aluno que queira cursar Arquitetura e Urbanismo vai pesquisar não só sobre universidades que as disponibilizam, mas por informações confiáveis acerca da profissão em si, da média salarial, áreas de atuação no mercado de trabalho e outros detalhes relacionados. 

Com essas informações em seu blog, o futuro estudante não dará apenas mais um acesso ao seu blog, mas será qualificado aos poucos enquanto lê outros conteúdos em seu site, passando a confiar cada vez mais na instituição de ensino, já que ela demonstra estar mais atenta às novidades do mercado do trabalho. 


Como funciona o marketing de conteúdo para universidades

Para conquistar clientes com o marketing de conteúdo, você tem que pensar na qualificação do mesmo – e isso não diz respeito apenas ao ensino da universidade, mas ao que você vai ensinar a ele sobre a sua instituição – isso mesmo! 

O marketing de conteúdo trabalha por etapas, que compreendem desde a captação do interesse do aluno em potencial, até a retenção do aluno na universidade. Mas o ponto principal do marketing de conteúdo é que o aluno em potencial crie interesse pelo conteúdo do blog da universidade por meio da busca orgânica, como no exemplo que citamos anteriormente do aluno que busca o curso de Arquitetura e Urbanismo.  

Em cada etapa, são gerados conteúdos próprios para a fase de prospecção em que o aluno em potencial se encontra, gerando mais interesse do cliente e o qualificando aos poucos. 

As etapas podem ser feitas simultaneamente, desde que sejam trabalhadas adequadamente. Em geral, costuma-se estabelecer um público-alvo e a persona dos seus cursos, que funcionam como um perfil ideal de estudante que se interessaria. Em geral, são utilizadas as seguintes etapas:

-Captar o interesse do aluno: com o público-alvo definido, você investirá em identificar as necessidades do aluno em potencial e oferecer soluções que podem supri-las. Como, por exemplo, dicas sobre como escolher uma profissão, testes, artigos sobre profissões de nível superior que tenham curso oferecido pela sua universidade e outros materiais a respeito do assunto. 

Nesse ponto é que o aluno em potencial encontrará seu site espontaneamente e seu blog deve oferecer materiais que supram suas necessidades e esclareçam as dúvidas, o estimulando sempre a continuar a leitura de materiais relacionados ao curso. 

- Fazer o cliente conhecer melhor sua instituição: após suprir as dúvidas mais emergenciais do aluno em potencial, e ter identificado seus objetivos, interesses e problemas, você pode mostrar como sua instituição pode ajudar. 

Mostre o trabalho dos seus alunos que já estão na instituição, como você os ajudou e a sua estrutura – mas o conteúdo deve ser elaborado exatamente para esse fim, sem parecer um “texto patrocinado”, para manter o interesse do aluno em potencial e ganhar cada vez mais confiança. Nesse passo, você irá se adequar às expectativas do aluno em potencial. 

- Gerar autoridade da sua universidade: nessa etapa, você deverá demonstrar melhor os diferenciais da instituição de ensino, para mostrar que você é sim uma autoridade no assunto e irá o qualificar adequadamente para o mercado de trabalho.  

Invista em conteúdos que abordem os diferenciais, vantagens e especificidades da sua instituição de ensino, fortalecendo sua marca e intensificando sua credibilidade. Uma boa saída é gerar artigos sobre o trabalho dos projetos de extensão e pesquisa existentes na instituição. Esse ponto é fundamental para influenciar a decisão de compra dos clientes. 

Investir no relacionamento: é isso mesmo que você leu. É importante continuar alimentando os clientes e identificar necessidades, afinal, sua instituição deve mostrar que se preocupa não apenas com o dinheiro que ele investirá, mas com a qualidade de vida dele e manutenção dos seus estudos.  Essa etapa é fundamental para reduzir riscos de perder o aluno em potencial e continuar alimentando o relacionamento com o mesmo. 

Lembre-se sempre: as pessoas consomem de forma emocional, mas decidem pela compra de forma lógica e analítica, e a mesma lógica funciona para a matrícula e manutenção em um curso universitário. Eles precisam gostar da instituição de ensino (emocional), conhecê-la e confiar (racional) antes de efetuar a matrícula. 


Blog para manutenção dos alunos

As etapas e diversas ferramentas do marketing de conteúdo também são utilizadas para manter os alunos até o final do curso. As estratégias podem ser desenvolvidas para diminuir a dificuldade do aluno em fazer a matrícula, identificando também as necessidades que ele apresente. 

Por exemplo, quando iniciam os estudos, nem sempre os alunos se adaptam com facilidade à rotina. Você pode fornecer conteúdos que o ajudem a organizar a rotina de estudos, como checklists, dicas para um momento proveitoso de estudos e muito mais. Pode também disponibilizar outros materiais extras para complementar o estudo de cada disciplina, como manuais práticos e áudio books disponíveis gratuitamente. 

Com o relacionamento que você construir com o aluno ao longo dos anos, você não só conseguirá o manter no curso, como estimulá-lo a fazer uma pós-graduação na instituição e até torná-lo embaixador da sua marca! Afinal, não existe propaganda melhor do que alunos satisfeitos que falam bem da sua experiência com a instituição para outras pessoas, as quais se tornarão clientes em potencial. 


Está pronto para saber mais e transformar o seu blog para universidade em uma plataforma de sucesso de vendas de matrículas? Continue navegando no site da Agência RedaWeb, que é especialista em marketing de conteúdo para universidades.