Use da análise de concorrência para criar novas ideias

O conteúdo pode elevar o número de visitantes no seu site. Mas, não basta apenas criar conteúdo, é preciso ir em direção ao público e entregar o que ele deseja. É frustrante não ter desempenho e ver os concorrentes nas primeiras páginas de pesquisa. O que eles estão fazendo de certo e você de errado? 

Se você considerou essa dúvida, precisa descobrir a resposta, e há boas maneiras para fazer isso. Nesse post, vamos ensinar algumas dicas para você encontrar ótimas ideias com análises da sua concorrência.

A importância das ferramentas

Existem muitas ferramentas que podem demonstrar como os concorrentes estão atraindo o fluxo de visitantes. Elas evidenciam aqueles que são bons em identificar o conteúdo certo, os que são experts em SEO e até os que pagam por tráfego.

Podemos citar três amplamente usadas: SEMRush, SimilarWeb e Ahrefs. Mas, na verdade, não existem as ferramentas corretas para utilizar, você só precisa ter esses auxiliares para te ajudar. Teste as que se adequam melhor aos seus objetivos.

Análise do blog concorrente

O blog da concorrência é uma das maiores fontes de novas ideias. Você pode fazer uma análise bastante profunda, não apenas do conteúdo. Quanto às pautas, alguns pontos a ser observados são:


  • Como costuma ser a abordagem do conteúdo?
  • Quais as palavras-chave mais comuns?
  • Quantas postagens?
  • Quais as primeiras postagens publicadas?
  • Qual é o tamanho do texto normalmente?
  • Como é feita a linkagem?

Existem muitas outras ideias que você pode extrair diretamente do post, como o engajamento do público.

  • Como o público comenta?
  • Quais as mais populares?
  • O site possui uma coluna com as páginas mais lidas?

Em seguida, analise também a estrutura do conteúdo:

  • O site possui um índice?
  • O conteúdo é hierarquizado?
  • Existem páginas principais, com linkagem para as outras?


Esses fatores darão uma visão bem abrangente do site da concorrência, sem precisar partir para análises de métricas com outras ferramentas. Com isso, certamente você já terá boas ideias para anotar.

Veja avaliações e reviews

Agora é mais fácil encontrar avaliação de empresas porque hoje o consumidor quer compartilhar as experiências com outras pessoas. Por isso, esses reviews oferecem excelentes ideias sobre seu setor de mercado e sobre a concorrência, além de demonstrar oportunidades que você aproveitar.

Pense no público falando sobre o que gostou no produto, o que não gostou ou o que faltou na compra, por exemplo. Analise:

  • Sobre o que o público mais reclama? Isso se enquadraria também ao seu negócio?
  • O que eles mais elogiam? Produtos? Serviços? Atendimento?
  • O que é preciso fazer para receber os comentários positivos e evitar os negativos?

FAQ

As perguntas frequentes indicam as principais dúvidas dos clientes e lacunas para explorar com seu conteúdo. Por isso, vá para o Google e faça uma pesquisa simples, como “perguntas frequentes sobre [sua área de negócio]”.

Analise as perguntas frequentes de duas formas. Quando entrar em um site que não concorre diretamente com você, foque apenas nas dúvidas e como explorar essas perguntas transformando-as em oportunidades.

Quando você encontrar concorrentes diretos que possuem perguntas frequentes no site, avalie em que medida você pode utilizar as informações ali contidas. Considere também a necessidade de estabelecer no próprio site as FAQs com as respostas mais importantes para não gerar dúvidas nos seus clientes.

Mídias sociais

A monitoração das redes sociais da concorrência deve ser feita com certa frequência. Isso porque, além de dar boas ideias para seu negócio, você consegue analisar a estratégia de conteúdo para essas redes.

Analise a frequência de postagem, a linguagem utilizada, o engajamento do público às promoções e as respostas do cliente. Como vocês disputam o público que está ali, o concorrente acaba sendo uma boa “cobaia” para analisar o que está funcionando.

Quando ele toma uma boa ação, você pode caminhar no mesmo sentido, mas melhorando ainda mais a entrega. Essa técnica é fundamental e deve andar junto com sua análise de concorrência.

Analise o YouTube

Ainda que você não esteja no YouTube, você tem concorrentes lá. Hoje, praticamente qualquer assunto pode ser encontrado em formato de vídeos nessa plataforma e muitos públicos que poderiam ir para seu site preferem assisti-los. A análise desses canais, então, se torna um elemento da sua estratégia.

Os canais no YouTube, pela sua amplitude, se tornaram ferramentas para você aprender como criar conteúdo. Normalmente é utilizada uma linguagem franca e direta com o público, ou seja, uma conversa de fato. O próprio youtuber costuma falar o que seu público pediu, reclamou ou questionou.

Além disso, a área de comentários do YouTube é excelente, pois sempre há pedidos e discussões. Uma breve leitura dará muitos insights para você produzir conteúdo.

E-mail marketing

A análise de e-mail da concorrência permite que você conheça a estratégia deles com mais afinco. Se eles utilizam bastante o e-mail, significa que estão tendo bons resultados disso. 

Mas, observe: não se trata de copiar a forma como eles geram o e-mail marketing, mas de se inspirar, apostar e adaptar ao seu negócio. Evidentemente, não há outro meio de fazer isso senão assinando a lista.

Analise as ofertas

Descubra quais as  “cartas na manga” do concorrente para obter e atrair público. Programas como de fidelidade, por exemplo, costumam ser uma fonte de estudo para compreender seu público.

Então, vamos lá:

  • O que eles oferecem e você não?
  • Por que um cliente optaria por eles?
  • Quais as vantagens reais para eles com essas ofertas?

Partindo de questionamentos diretos como esse você consegue desenvolver uma nova estratégia de ofertas, levando ainda mais vantagens ao público.

Estude a estratégia deles

A análise da estratégia foca em dois pilares mais importantes: conteúdo e SEO. Comecemos pela otimização. 

Usando o próprio Google você descobre quais palavras-chave têm tido resultado. Veja os posts nas primeiras posições e procure similaridades entre eles. Então você saberá que o Google está valorizando esses elementos em comum. 

Com as ferramentas mencionadas no início desse post você pode ver a estratégia completa. Pegue as palavras que são orgânicas e tente trabalhar com similares que eles não trabalharam.

A estratégia de conteúdo visa entender os posts-chave. Procure conhecer a jornada de compra através dos links disponibilizados nos posts. Dessa forma, você entende o caminho que eles estão criando para o público chegar à conversão.

Todas essas dicas irão melhorar o entendimento do seu negócio, mas lembre-se que uma auditoria é uma excelente medida para você ter resultados mais rápidos. Você tem mais conhecimento em menor tempo, com visão ampla sobre sua estratégia e a deles.

Novas ideias irão surgir quando perceber o que eles estão fazendo que você não está. Caso queira parceria para produzir conteúdo com as melhores ideias, acesse nosso site ou entre em contato pelo número 0800 750 5564.