Vendas e marketing de conteúdo: entenda a relação

Você sabia que a relação entre vendas e marketing de conteúdo é mais forte do que parece? Esta estratégia surgiu para complementar os modelos mais tradicionais de venda, sendo uma excelente forma de se comunicar com o público. Porém, como você se comunica com um público que, hoje em dia, tem uma jornada de compra totalmente única?

Existem aqueles clientes que são super cuidadosos e que pesquisam bastante antes de comprar. Por outro lado, existem aqueles que pesquisam apenas um pouco e escolhem a primeira sugestão que acham. De qualquer forma, a relação entre vendas e marketing de conteúdo é forte porque ajuda a conversar com todos eles.

Quer saber como? Confira o post e entenda!

Vendas e marketing de conteúdo: ajudando nas vendas complexas

Antes de qualquer coisa, é preciso deixar claro que o marketing de conteúdo ajuda nas vendas de diversas formas diferentes. Praticamente não importa qual é o seu produto: o marketing de conteúdo é uma boa ferramenta, com um pouco de criatividade. O mesmo se aplica ao seu objetivo. 

A ideia é mais fácil de entender com dois exemplos. Vamos começar com o uso mais “clássico” do marketing de conteúdo.

Então, imagine que você é gestor de uma empresa de software. Você vende um programa que ajuda a fazer a gestão de um tipo de negócio bem específico. Neste tipo de venda, o marketing de conteúdo tem os objetivos mais claros.

Ele ajuda seu público a caminhar pela jornada de compras. Coloque-se na posição do seu cliente ideal. Quando for contratar um software para o seu site, você procura tudo sobre o assunto, não é?

Como é o modelo de jornada de compra?

Portanto, é mais fácil visualizar a caminhada pela jornada de compra e seus 3 momentos básicos:

  • Reconhecimento do problema - O potencial cliente descobre que tem um problema ou oportunidade. No nosso exemplo, uma forma de gerenciar melhor seu negócio;
  • Consideração da solução - Na segunda etapa, ele percebeu que tem um problema e está começando a buscar uma resposta. Ou seja, ele quer melhorar a gestão da empresa e está descobrindo como;
  • Decisão de compra - Ele realmente percebe que o software é a melhor opção para seu problema, e passa a escolher qual é o ideal para ele.

Esta jornada não é linear e não tem um tempo específico. Ela varia de acordo com o perfil do cliente, do produto ou de ambos. Mas, a graça das vendas e marketing de conteúdo alinhados é que você pode ter conteúdo para cada etapa da jornada.

Portanto, a cada conteúdo que o cliente consome ele se aproxima da venda final, reforçando a sua relação com a empresa e aumentando o seu entendimento sobre a solução. 

Além disso, é a resposta mais clara ao comportamento do consumidor atual. Sempre que ele tem alguma dúvida ou problema, seu caminho é procurar no Google. O marketing de conteúdo permite que você seja encontrado.

Vendas e marketing de conteúdo em jornadas simples

Agora, imagine que você é um gerente de uma loja de roupas. Neste caso, a jornada de compras tende a ser bem simples. Neste modelo, o cliente não passa muito tempo procurando entender tudo sobre o produto, apenas compra se gosta. Este comportamento significa que a relação entre vendas e marketing de conteúdo não existe?

Para responder a esta pergunta, o Red Bull é um ótimo exemplo. A empresa de bebidas energéticas é uma das maiores líderes em marketing de conteúdo no planeta. Eles produzem, patrocinam e compartilham conteúdo de esportes radicais na sua página. Nenhum deles têm promoção de Red Bull ou mesmo mencionam a bebida. Qual é a relação com as vendas, então?

Neste caso, não existe muito o que criar de conteúdo. Afinal, as pessoas simplesmente compram a bebida ou não. Neste caso, o marketing de conteúdo tem um grande objetivo de abordar assuntos que são importantes para a persona, como os esportes radicais. Assim, empresa e público têm uma conexão muito mais forte na mente do cliente.

Então, se você tem uma loja de roupas, cria conteúdo para fortalecer a relação com a persona. Ele pode até sugerir certas roupas para vender diretamente, mas o maior objetivo é fortalecer a relação com o cliente.

Vendas e marketing de conteúdo: a importância de ser encontrado

Foi mencionado acima que o comportamento do cliente é procurar na rede sempre que tem algum problema. Então, o marketing de conteúdo é uma ótima forma de melhorar o SEO, ou seja, a possibilidade de ser encontrado.

Quanto mais conteúdos você cria mais oportunidades de palavras-chave pode explorar, desde as "cabeças" até as de cauda longa. Por exemplo, “hotel” é uma palavra-chave cabeça. Enquanto “hotel de 5 estrelas próximo à praia no rio de janeiro” é bem mais específica. Mas, esta estratégia permite criar conteúdos e explorar diversas palavras-chave relevantes para a persona.

Logo, esta estratégia permite que você seja encontrado pelo seu cliente pelo maior número de formas possíveis.

As informações das vendas e marketing de conteúdo

Por último, um dos grandes benefícios da relação entre as vendas e marketing de conteúdo é ajudar a resolver um dos principais problemas destes departamentos: qualificar os leads.

Nem todo mundo que entra no seu funil é qualificado para uma venda. Porém, o conteúdo que o usuário consome é uma ótima forma de entender o seu perfil. Por exemplo, se ele fica só no topo, é apenas um curioso. Por outro lado, quanto mais ele caminha, mais fácil é de identificar seu problema.

Quando ele chega ao fundo do funil, já leu bastante conteúdo e baixou um e-book ou algum outro material rico. Então, com as vendas e marketing de conteúdo alinhados, você estuda um pouco a jornada do cliente pela sua empresa e cria um pitch de venda que responda às suas dúvidas mais especificamente.

Em outras palavras, se ele leu um conteúdo focado em preço, você pode argumentar esta dúvida diretamente. Logo, é uma forma de preparar o time de vendas para ter uma conversa mais significativa e eficiente.

Assim como os dados de comportamento do cliente, as estratégias de conteúdo trazem diversas outras métricas que ajudam a entender como o usuário navega pelo site e também o desempenho das próprias campanhas. É uma das vantagens desta estratégia: usar as informações para sempre melhorar.

Conclusão

Ficou claro que a relação entre vendas e marketing de conteúdo é bem forte. Ela ajuda nos principais objetivos de gerar tráfego e autoridade, educar o mercado, criar um relacionamento com o ciente, oferecer mais segurança e qualificar bem os leads.

Então, se quiser saber mais como funciona este processo e como pode empregá-lo na sua empresa, entre em contato pelo telefone 0800 750 5564 , ou por meio do site da RedaWeb, para tirar alguma dúvida ou assinar um plano de produção de conteúdo!