Blog Você sabe o que é comportamento organizacional?

Você sabe o que é comportamento organizacional?

Você sabe o que é comportamento organizacional?

Conforme sabemos, o comportamento dos indivíduos no ambiente interno de uma organização influencia não só na qualidade, como também nos resultados obtidos com o trabalho. Isto é, entende-se como comportamento organizacional a forma como uma pessoa ou grupo de pessoas se comportam dentro de uma empresa ou instituição.

Entender esses comportamentos é o primeiro passo para conhecer de fato como os indivíduos estão inseridos no contexto organizacional. Muitos autores do universo de negócios e liderança, por exemplo, estudaram a importância dessa área e deram uma estrutura mais acadêmica ao conceito.

Um dos maiores exemplos é o autor americano de livros sobre gestão e negócios Stephen Robbins. Para ele, o comportamento organizacional é uma área de pesquisa que analisa o impacto de pessoas, grupos e a organização interna dentro das empresas.

Como visto, o comportamento organizacional vai além do contato e proximidade entre os trabalhadores. Ele lida com a análise de como as diversas pessoas influenciam no desenvolvimento do talento humano e funcionamento geral. Além disso, esse conceito também se relaciona com a prática dos valores, como visão, missão e compromisso estabelecidos pela organização.

Qual a importância do comportamento organizacional?

O comportamento organizacional auxilia na descrição, na previsão, na compreensão e no controle de processos internos que impactam as pessoas.

  • Contribui para uma melhor gestão de pessoas;
  • Auxilia na preparação e capacitação dos líderes;
  • Impulsiona o dinamismo entre as equipes;
  • Auxilia no desenvolvimento da inteligência emocional;
  • Maior gerenciamento das relações entre as pessoas;
  • Permite uma comunicação mais fluida;
  • Aumenta a resiliência interna.

Existem dois pilares do comportamento organizacional que precisam ser levados em consideração no dia a dia interno da empresa, principalmente quando falamos do comportamento dos profissionais.

Em primeiro lugar, estamos falando da ética. Por exemplo, na sua empresa deve ter alguma norma ética que os seus colaboradores precisam seguir, correto? Este regulamento está diretamente conectado ao que a empresa considera como seus valores fundamentais para a garantia do respeito entre os colegas de trabalho.

Essa é a maneira de como as pessoas, em níveis individual, grupal e estrutural agem dentro da empresa.

O outro pilar é a responsabilidade. É importante considerar que o comportamento organizacional significa envolver atitudes simples que ajudam o bem-estar da empresa, como, por exemplo, evitar o consumo exagerado de copos plásticos no bebedouro, levando a sua própria garrafa de água etc. Tudo isso preza pela manutenção interna e é de responsabilidade de cada um.

Essa responsabilidade não pode ser tratada somente nas obrigações que o profissional tem com a empresa, mas sim no comportamento individual do colaborador e em como suas atitudes podem refletir em seus colegas de trabalho.

É possível melhorar a produtividade, ter resultados mais assertivos e redução do turnover, além do aumento da motivação, através desses dois pilares essenciais no conceito do comportamento organizacional.

Quais são os benefícios para as empresas que adotam o comportamento organizacional?

As vantagens de um bom comportamento profissional são grandes, tanto para o colaborador quanto para a empresa empregadora.

Descobrir os elementos que influenciam a produtividade e resultados da equipe é de extrema importância para isso. Os principais benefícios de um bom comportamento organizacional são:

  • Promover o engajamento em toda empresa;
  • Estimular o trabalho em equipe;
  • Promover o autodesenvolvimento;
  • Aumentar a motivação dos colaboradores e desenvolvimento de liderança;
  • Mais criatividade e inovação na realização de tarefas.

Lembre-se de que as empresas são resultados de pessoas, ou seja, compreender e promover um ambiente saudável para essas pessoas significa impulsionar positivamente o resultado do negócio.

Além disso, ao decidir usar ferramentas que promovem o comportamento organizacional, a sua empresa será capaz de ajudar gestores saber como enfrentar crises e conflitos internos.

Quais são os tipos de comportamento organizacional?

Toda empresa tem uma cultura própria interna. E ela é constituída por várias atitudes e objetivos da organização que fazem com que o comportamento organizacional seja direcionado.

Comportamento organizacional baseado na ética

Como citamos aqui, o foco de qualquer empresa está em ter suas atividades sob regras de conduta já estabelecidas. Sendo assim, qualquer tomada de decisão interna leva em consideração o seguir e o cultivar os valores da instituição, além de valorizar o respeito às regras.

De modo geral, com um comportamento organizacional ético, princípios como honestidade e respeito serão mais fáceis de ativar e fazer com que sejam realidade dentro da empresa.

Comportamento organizacional baseado no controle gerencial

O controle gerencial entra com um comportamento organizacional justamente por que os líderes também devem ser analisados e desenvolvidos para que haja a melhor conduta possível.

Afinal, o comportamento dos colaboradores também reflete as ações de sua liderança. Sendo assim, garantir que ambos os comportamentos sejam positivos e produtivos começa com a forma com que os gestores se comportam.

Comportamento organizacional baseado na responsabilidade

O comportamento organizacional baseado na responsabilidade tem a sua principal motivação a garantia do cumprimento das obrigações do trabalho. Ou seja, torna a responsabilidade do ambiente mais abrangente, englobando aspectos de prazos, mas também de consciência do papel que cada um exerce.

A cultura que foca na responsabilidade individual e de cada equipe entende que não é necessário ter um forte controle e uma maior cobrança por parte da liderança. Isso acontece porque, com o entendimento sobre a própria responsabilidade, a autonomia entra em cena nas atividades de cada profissional.

E essa autonomia do trabalho, que é resultado de um bom entendimento das responsabilidades de cada um, se torna um dos principais benefícios do bem-estar interno e da valorização de cada colaborador.

Comportamento organizacional baseado na autocracia

Podemos observar também o comportamento organizacional com foco na autocracia. Ele é um tipo de cultura interna em que os gestores não permitem que os funcionários se expressem.

Assim como existem comportamentos organizacionais positivos, existem os negativos que, em suma, podem ser a maioria das empresas tradicionais. Entre desvantagens para todo o negócio e perda de talentos, esses regimes mais tradicionais acabam focando apenas nos desejos dos líderes.

Ao contribuir com suas opiniões, sugestões e críticas sobre a atividade do trabalho, os colaboradores se sentem pertencentes e valorizados. Porém, quando gestores demarcam claramente quem está no controle, essa diferença de hierarquia acaba sendo o maior dos problemas de cultura interna, prejudicando o comportamento geral e, consequentemente, aumentando a competitividade interna.

O importante é entender quais são as metas da organização e os benefícios que se espera a curto, médio e longo prazo. Assim, será fácil estabelecer uma cultura interna eficiente e que acaba gerenciando o comportamento organizacional da empresa.

Se você gostou deste conteúdo, acesse o nosso site e confira outros conteúdos. Caso queira assinar um plano de produção de conteúdo, ligue para nós através do telefone 0800 750 5564.

Artigos relacionados.

Ver mais artigos
a-importancia-de-produzir-conteudo-escaneavel-para-o-seu-blog tipos-de-conteudo-para-o-seu-blog-se-tornar-um-sucesso-na-internet a-importancia-do-crm-para-o-inbound-marketing
Whatsapp
Ligue grátis 0800 750 5564
Ligue grátis 0800 750 5564