Como fazer anúncio no Instagram

Considerada a rede social mais engajada nos últimos tempos, o Instagram pode até ter um número menor de usuários que o Facebook, mas apresenta maior atividade em números absolutos através de publicações, curtidas e comentários. Para um usuário comum, a facilidade de manuseio e visualização é estimulante o suficiente para que permaneça por mais tempo na rede.

As empresas já entenderam que podem encontrar ali uma ótima oportunidade de se aproximar de seu público-alvo e criar um relacionamento com ele através de imagens e vídeos produzidos exclusivamente para o canal. A cada ano são disponibilizados mais investimentos para campanhas de marketing digital, destinadas ao Instagram, que vem retribuindo com atualizações de suas ferramentas. 


Se tem dúvidas ainda, conheça a potência do Instagram

O Instagram começou como um aplicativo da Apple, em que o usuário poderia aplicar filtros em fotos e compartilhar com seus amigos, se tornando rapidamente uma rede social. A procura foi tão grande que em apenas três meses já tinha alcançado 1 milhão de usuários.

Só depois de um ano e meio o Instagram expandiu para o sistema operacional Android, e em seguida foi comprado pelo Facebook, por mais de 1 bilhão de dólares. Um valor altíssimo para uma base então de 30 milhões de usuários, mas que em seis anos após a compra faturou U$ 9 bilhões só em 2018, com 1 bilhão de usuários. E a perspectiva é ainda maior para 2019.

Considerado o negócio mais saudável do Instagram, responde a 18% de seu faturamento e corresponde a 45% de cada valor investido em publicidade no grupo. Com uma presença marcante entre adolescentes e jovens até 34 anos, com mais tempo de uso diário do que as outras redes sociais mais populares. 

Outra curiosidade é o mercado de luxo, com a presença de marcas como Gucci e Chanel exclusivamente na rede, por encontrarem ali um potencial público-alvo. 

Esse público mais segmentado e intenso vem atraindo o investimento das empresas, tanto para anúncios na rede quanto em cachês de influenciadores digitais. E exatamente por ser a rede social preferida pelos jovens, o Instagram se tornou o ambiente mais propício para o surgimento e desenvolvimento de digitais influencers, pessoas que ganham fama através de suas publicações, atraindo milhões de seguidores e também publicidade. 

Além de merchandising com os influenciadores e os anúncios, os stories são muito procurados para promoções. Os vídeos e imagens que duram apenas 24 horas são a atual sensação do Instagram e a publicidade inserida vem recebendo ótimo retorno. Se ainda tem dúvidas, saiba que segundo a Global Digital Report 2018, são 57 milhões de usuários ativos no Brasil, representando 27% dos brasileiros conectados no Instagram. 


Anúncios no Instagram 

Focado no mobile, o Instagram possui uma linguagem simples, com interação rápida e prática. Com poucos cliques, o usuário pode publicar imagens e vídeos, fazer postagens ao vivo e visualizar o seu feed de notícias. A proposta da rede é de capturar momentos, e para isso vem se aprimorando para tornar a experiência mais agradável para todos. 

Já são mais de 25 milhões de perfil de negócios e dois milhões de anunciantes, que podem fazer anúncios voltados a mensagens inspiradoras, com o intuito de criar vínculos de proximidade entre os seguidores e público segmentado. 

Abaixo, apresentamos um guia básico de como publicar seu anúncio e as ferramentas que podem ser usadas para aprimorá-los:

1 – Página ativa

O primeiro passo para criar um anúncio é ter uma conta e fanpage ativa na rede social. Como o Instagram tem vínculo com o Facebook e possuem ferramentas em comum, mais adiante é possível optar por uma campanha em ambas as redes ou apenas para uma delas. 

Ao entrar na sua conta do Instagram, faça o login no ‘Business Manager’, para confirmar e configurar se for necessário, dados como nome, local e tipo de moeda de cobrança. Em seguida, vá em ‘Gerenciador de Anúncios’, no canto esquerdo superior, clique em ‘Criar e Gerenciar’, e por fim em ‘Gerenciador de anúncios’ para iniciar os preparativos. 

2 – Objetivo

A primeira página de criação de anúncios apresenta um quadro para que seja definido o objetivo do marketing para essa marca. Separado em três colunas chamadas de reconhecimento, consideração e conversão, em cada uma delas há opções de interesse como reconhecimento da marca e alcance, tráfego e envolvimento ou vendas e visitas físicas. 

Pode parecer apenas uma pesquisa, mas é um passo importante para identificar em que estágio está a empresa no marketing, que define a jornada do cliente com sua marca. Entenda melhor cada uma dessas opções:

  • Reconhecimento: é um tipo de anúncio indicado para marcas que ainda estão começando ou que têm pouca representação no marketing digital e precisa ser divulgada ao seu público. 
  • Consideração: são anúncios preparados para quem já conhece a marca, mas não é cliente. 
  • Conversão: essa etapa é mais direta e prepara catálogos de vendas, visitas físicas ao local e a venda propriamente dita para quem conhece a marca, já compra ou tem desejo de adquirir o produto. 

3 – Configurações

O anúncio pode ser direcionado a um site, página ou blog, para que os interessados possam obter mais detalhes. Após escolher a opção, segue para a possibilidade de criar promoções e ofertas que podem ser salvas pelo usuário, além da configuração de códigos para cupons com ou sem limite. 

4 – Escolha do público

No item ‘Público’ há opções para segmentar o anúncio e chegar mais diretamente a quem interessa a marca. Quanto mais segmentado pelas opções, menores serão as chances de engajamento, já que atinge um número bem menor de pessoas e pode dar a impressão de esvaziamento.

Há opções que incluem idade, gênero, localização, tipo de comportamento, hobbies e pensamentos demonstrados pela interação na internet. 

5 – Posicionamento

É a escolha de onde o anúncio estará disponível, como o próprio Instagram, Facebook ou ambos. Caso deseje apenas o Instagram, o Facebook pode ser removido. 

6 – Tempo de campanha

O custo de um anúncio depende apenas de cada negócio, já que se baseia no valor de investimento disponível, assim como as estratégias definidas. Em princípio, há as opções de determinar um gasto máximo diário, onde é possível controlar as publicações de acordo com os retornos mensurados. 

Ou pode ser criado um valor total pela campanha, cujos anúncios são distribuídos durante o período. Se for designada essa opção, as ferramentas do Instagram indicam os gastos da semana e quanto ainda resta para o período determinado. Os lances podem ser feitos de forma automática ou manual, de acordo com a opção de controle sobre o que está sendo anunciado. 

7 – Formatos

É o tipo de anúncio que será produzido, e nele a criatividade pode aproveitar para criar peças bem inovadoras. As opções são:

  • Imagem única: é um anúncio básico, com uma imagem padrão do Instagram, mas com a opção de descrever sobre o assunto com mais detalhes. Podem ser inseridas até seis imagens no mesmo anúncio, que vão se apresentando de forma aleatória. 
  • Vídeo único: tem o mesmo princípio da imagem, com vídeos de até 60 segundos.
  • Carrossel: é um anúncio que conta uma história a partir da publicação de uma sequência de imagens.
  • Multimídia: semelhante ao carrossel, mas com um tempo de sequência definido na configuração.
  • Canvas: são a mescla de fotos e vídeos num mesmo anúncio com a inclusão de botões que levam o visitante até outras interações. 

8 – Ampliar a potência dos anúncios

É possível manter as configurações recomendadas pelo Business Manager ou fazer os lances de forma manual, através das configurações avançadas do Otimizador de Entrega de Anúncios. A escolha será feita de acordo com o que deseja, tal como:

  • Impressões: é o direcionamento dos anúncios para que a mesma pessoa o visualize várias vezes. É um tipo de ação com riscos de desperdício do orçamento, pois pode ser direcionada a um usuário desinteressado no que tem a oferecer. 
  • Alcance único diário: faz o oposto de impressões, levando ao cliente o anúncio apenas uma vez por dia. 
  • Cliques no link: é a mais utilizada por equilibrar as oportunidades com as impressões do visitante. 

9 – Cobrança

A primeira escolha é se serão feitas configurações automáticas ou manuais. As automáticas são bastante indicadas, já que acompanham o direcionamento dos algoritmos que identificam os usuários mais afins. Se a opção for manual, há lances altos, cujo investimento é pesado para encontrar usuários interessados na marca, e lances baixos, que pode provocar mais impressões e pouco envolvimento. 

Independente da escolha, o pagamento desses anúncios pode ser feito por CPC, cobrança por clique, ou por impressão.

Precisa de ajuda para desenvolver conteúdos de qualidade para o Instagram do seu negócio? Então acesse o site da RedaWeb ou ligue para 0800 750 5564, para conhecer nossos pacotes.