Como trabalhar com a plataforma do Facebook e vender mais

Antigamente, se dizia que o negócio ou profissional que não estivesse no Google, não existia. Ainda hoje isso é verdade. Contudo, atualmente, quem também não estiver no Facebook terá dificuldades para aparecer e angariar público-alvo. Por que isso ocorre? Simples: porque o Facebook, hoje, é uma segunda rede de buscas, dentro do próprio Google.

Pense bem: deseja buscar uma receita? Se estiver logado, não será necessário sair da rede social para procurar no Google. Basta digitar a receita que procura e, certamente, alguém já a terá compartilhado, até na forma de um tutorial em vídeo, para não ter erro na hora de preparar o prato. Isto dentro do Facebook, e não no Google ou no YouTube.

Procura imóveis? Procura imóveis em uma determinada região? Procura imóveis de certas proporções, com determinadas características, em uma região preferencial e por um valor em específico? Basta procurar no campo de busca do Facebook e você o encontra.

O mesmo é com qualquer produto, serviço ou profissional que seja requisitado por sua competência a atender qualquer demanda. Sem expor a sua competência, seu valor e sua qualidade, não será possível trabalhar com a plataforma do Facebook e vender mais. É isso que você quer? Tem certeza? Então, se liga na dica que vem abaixo!


Como trabalhar com a plataforma do Facebook e vender mais?

Quem lê um artigo como este, geralmente pede exemplificações mais práticas, que ajudem a entender o que se propõe e ainda inspirem o leitor a melhorar o seu negócio na rede. Falar direto sobre o assunto é fácil, mas na prática, todo mundo quer saber como funciona. Então, dizer que dá para vender mais trabalhando com o Facebook, sem citar exemplos, é impossível.

É fato também que existem alguns sites de conteúdo na internet que, além de não inspirar confiança, ainda oferecem um conteúdo pra lá de raso. Pois bem, eis um dos muitos casos que deu certo e que, sendo real, aplicado na vida real, trouxe retornos para a pessoa.

Vagner é pedreiro e não consegui arrumar serviço. Ele começou a divulgar seus trabalhos e as obras que fazia, mostrando o antes e o depois. Stories completos davam até dicas de pequenos reparos e um minucioso trabalho de marketing de relacionamento. Isso aumentou sua procura em 30% logo no primeiro mês.

Francisca, costureira com experiência de mais de 30 anos, estava devagar com seus negócios. Ela começou a criar conteúdos para sua página no Facebook, a fim de aumentar a procura no bairro. Foi preciso contratar mais duas costureiras para ajudar com o serviço no ateliê.

Rose, formada em pedagogia, quis empreender um negócio próprio de bolos. Não tinha capital para abrir um site e criou uma página no Facebook, para compartilhar fotos, vídeos e, claro, um pequeno e-commerce para vender seus produtos. Deu certo.

Ninguém fica rico ao utilizar o Facebook, mas é fato que a ferramenta aumenta a projeção, amplia as possibilidades de retorno e ainda cria um ambiente favorável para o marketing de relacionamento, que faz com que se possa fidelizar clientes e atrair novos leads.

Por quanto tempo mais você manterá o seu negócio fora dessa rede social?


Como utilizar as redes sociais?

O Facebook hoje em dia é assim: há quem use para se autopromover no campo social, e há quem o utilize para promover o próprio trabalho. Eis os casos reais demonstrados acima. O fato é que redes não é apenas entretenimento, como pensa muita gente. Não serve tão somente para compartilhar informações, dicas, notícias ou tão pouco para ficar criando posts sem credibilidade.

Se bem utilizada, a rede social cria engajamento com o seu negócio. E é este o ponto que qualquer empreendedor precisa trabalhar com o seu público. Público que não engaja, que não se envolve com o trabalho ou com a empresa de alguma forma, não compra e não consome. E também não indica. 

Tem que existir uma estratégia, um público-alvo e uma mensagem adequada. Tem que haver seriedade e, claro, criatividade para produzir posts muito interessantes e que chamem a atenção.

Não se esqueça de trabalhar também o lead pago. Invista! Criadas as postagens, escolha as que são mais pertinentes e impulsione dentro do público e da localidade que achar mais conveniente. Isto amplia ainda mais o retorno. 


Mas, afinal, como vender mais através do Facebook? 

Primeiramente, verifique se a sua foto de perfil ou a de sua página passam confiança e exprimem o valor do trabalho que você presta.  De nada adianta apresentar uma foto sem qualquer relação com sua atividade, mostrando o corpo ou um bem, por exemplo.

Segundo passo: verifique se os contatos estão bem dispostos e de fácil localização na página ou no perfil. Isto faz a diferença se acaso algum cliente se interessar pelo seu trabalho e desejar entrar em contato.

Terceiro ponto: a rede social é um ambiente virtual onde as pessoas buscam fotos, vídeos, textos interessantes, imagens, animações e tudo o mais que puder chamar a atenção e garantir uma conversão de leads, que pode ocorrer através de uma curtida, um seguidor novo na página ou uma compra fechada.

Os conteúdos precisam ser claros e muito bem direcionados a cada perfil de cliente que possa interessar conquistar. No caso do pedreiro, existem casais que trabalham e não têm tempo de arrumar um pequeno dano em casa, outros não sabem como trocar uma torneira ou chuveiro, ou ainda, existem pessoas que querem e precisam reformar urgentemente a casa e não possuem qualquer recomendação profissional nisso.  

Uma vendedora de semijoias ou bijuterias encontrará no valor destes materiais o público adequado. Não adiantará ofertar semijoias mais caras a um público de poder aquisitivo mais restrito. Para tanto, as campanhas que envolvam as bijuterias encontrarão uma aceitação muito maior. 

Quarto ponto: atenção quanto às informações prestadas e verifique se o conteúdo é realmente atraente. Por fim, postado e compartilhado o conteúdo, existem ferramentas de automação em marketing, tais como a extensão "Post to Facebook", para Google Chrome, que divulgam e espalham conteúdos ao maior número de interessados. Se julgar interessante e couber este investimento em seu orçamento, promova as publicações e a própria página para o público que lhe interessa, dentro da abrangência regional que pretende atuar.

Acredite: para tanto, não há mistério. A chave de um conteúdo matador na rede é contratar a RedaWeb. Só a RedaWeb é capaz de produzir os melhores conteúdos em texto para sua empresa, site e rede social. Com a RedaWeb não tem crise, mas sim, solução!

Acesse www.redaweb.com.br ou ligue para 0800 750 5564 para fechar um de nossos pacotes. Se quiser conversar primeiro, adicione o nosso WhatsApp: 11 97192 0944. Está pronto para fortalecer a sua marca e acabar com qualquer crise na rede social? Então, contrate a RedaWeb!