Google Analytics: conheça a melhor ferramenta para estatísticas de sites

Uma das principais vantagens do marketing digital, além de produzir e entregar o conteúdo ideal para o seu potencial cliente, é a possibilidade de usar todas as ferramentas disponíveis na rede para ajudar a fazer o melhor trabalho possível. Essa é uma diferenciação desse novo modelo para o marketing mais tradicional, que geralmente tem bastante dificuldade em medir os resultados. Graças a soluções como o Google Analytics, a melhor ferramenta para estatísticas de sites, é muito mais fácil garantir que o seu dinheiro está sendo aplicado de forma eficaz.


O que é o Google Analytics,  e por que é a melhor ferramenta para estatísticas de site?

O Google Analytics é uma solução que analisa todos os dados que passam pelo tráfego do Google. A grande vantagem desse recurso é que, além de coletar os dados, ele o contextualiza em estatísticas que ajudam a visualizar de forma muito mais fácil o desempenho do seu site e do seu conteúdo.

Isso porque o Analytics providencia informações muito úteis e interessantes, como:

  • O tempo que o usuário passa em cada página;
  • As palavras-chave que o levaram a entrar no seu site;
  • As outras páginas que ele visitou;
  • Como ele chegou à página;

Assim, é possível acompanhar muito detalhadamente a eficácia de cada ação ou de cada campanha. Vale ressaltar que a solução possui uma opção grátis, que pode ajudar até mesmo pequenas empresas, sem uma grande quantidade de dados, e que normalmente não teria o recurso para empregar um recurso tão sofisticado.


Como funciona o Google Analytics? 

Para empregá-lo, o Analytics parece um pouco assustador, mas, na verdade, é extremamente simples. Em primeiro lugar, é preciso instalar um código em cada página do seu site, de modo que o algoritmo possa captar e analisar os dados. Mas isso é muito simples, pois esse já está pronto. Basta apenas copiar e colar. Sem preocupações.

Assim, no painel principal do usuário, você pode acompanhar diversas estatísticas que são filtradas de acordo com a sua preferência e com o objetivo da sua campanha, tanto ao vivo como ao longo de um grande período de tempo.

Você pode visualizar informações, de acordo com a ordem que aparecem no painel, como:


Usuários

É o número de visitantes que entrou na página em um período específico. Vale ressaltar, que esse número é único. Ou seja, um usuário que visitou 10 vezes, ainda conta como um. O painel ainda indica os usuários ativos em um determinado momento. 

Sessões

É o tempo em que dura uma visita em um determinado site. 

Taxa de Rejeição

Um medidor muito importante, que indica a quantidade de usuários que entrou no site e saiu sem fazer nenhuma interação. Um número alto significa que alguma coisa precisa mudar. Seja o conteúdo ou a interface do site.

Duração média de sessão

 Essa métrica mede quanto tempo o usuário permanece no site. 

Páginas por sessão

Esse número indica a quantidade de páginas que um usuário visita a cada sessão. Um alto número aqui é um excelente sinal, já que indica que suas páginas têm sinergia entre si, e isso contribui muito para o aumento das sessões. 

Esses dados são muito interessantes para montar uma imagem de como os usuários se comportam dentro do seu site. Com eles, você deve interpretá-los para encontrar e solucionar problemas. Por exemplo, uma taxa baixa de páginas por sessão pode significar que é preciso fazer com que os conteúdos “conversem” mais entre si, de modo a garantir que o usuário interaja mais.


Como você atrai usuários? 

Essa pergunta é tão importante que tem uma aba própria no painel do Google Analytics. Por isso, esse relatório indica quais são os sites e páginas externas que geram visitas ao site do seu negócio.

Alguns dos mais importantes são:

  • Pesquisas orgânicas: são as mais simples e ocorrem quando um usuário procura algum produto e entra no seu site. Um alto número é um excelente sinal, pois, indica que a sua empresa está bem posicionada.
  • Links sociais: é um tráfego proveniente de redes sociais. Um número interessante, já que recomendações ainda são bem importantes.
  • E-mail.
  • Direto: usuários que digitaram o link do site ou vieram diretamente para ele.
  • Referências: qualquer outro site que aponta para o seu em algum momento.
  • Os direcionamentos pagos: surgem a partir de anúncios pagos. 


Os resultados 

Por ser tão fácil de usar e visualizar os relatórios completos, o maior desafio no momento de usar o Google Analytics é, na verdade a interpretação dos dados.

Essa interpretação depende muito da sua campanha e do objetivo do seu negócio. Se não existe nenhum canal de venda online, por exemplo, o marketing digital é importante para gerar muito conhecimento sobre a sua marca, por isso, métricas como a duração das sessões são bem importantes.

O número de usuários, por exemplo, é uma métrica que pode ser um pouco enganadora. É muito bom ver um número alto, mas se o objetivo é gerar engajamento, a taxa de rejeição, a duração da sessão e o número de páginas visitadas são muito mais importantes.

Por isso surge a maior “graça” do Google Analytics. A capacidade de personalizar os relatórios e as metas para estarem de acordo com os objetivos da campanha e do negócio.

Falando nas metas, o Analytics possui parâmetros pré-preenchidos para facilitar a implementação de metas de acordo com objetivo do negócio.

  • Receitas: foca em interações que possam gerar alguma receita, como fazer algum pedido ou pagamento.
  • Aquisição: se preocupa mais com prospecção de clientes, através de criações de contas ou envios de conteúdo.
  • Consulta: o objetivo maior é informar o usuário acerca do seu negócio através de pesquisa de ofertas, por exemplo.
  • Engajamento: por fim, essa medida visa avaliar o quanto os usuários apreciam suas páginas, avaliando inscrições em newsletter. 

As metas podem ainda ser bem mais específicas e personalizadas, de acordo com as campanhas e as URLs, e não necessariamente ao negócio como um todo. A duração, por exemplo, é fundamental para páginas que tem muito conteúdo, já que indica que os usuários realmente se interessaram pelo post.

Existem algumas outras informações bem interessantes no painel do Google Analytics, que podem ajudar a entender ainda mais o seu negócio, como sessões por país e dispositivo, além de usuários por hora do dia. A última, por exemplo, pode ajudar a entender um pouco melhor o comportamento do público e definir o melhor horário de publicação para potencializar o número de usuários atingidos.

O Google Analytics é a melhor ferramenta para estatísticas de site, e pode melhorar ainda mais a eficácia de suas campanhas e do seu conteúdo. É um sistema bem intuitivo, que pode ser usado por negócios de praticamente qualquer tamanho, para avaliar os mais diferentes tipos de estratégias.

 

Aqui na RedaWeb, nós produzimos textos que visam cumprir o objetivo da sua campanha e do seu negócio. Você também pode contar com a nossa consultoria para achar os melhores indicadores para o seu objetivo. Por isso, entre em contato conosco através do número 0800 750 5564 e assine um plano de produção de conteúdo.