Blog Landing Pages: x ferramentas para melhorar sua estratégia

Landing Pages: x ferramentas para melhorar sua estratégia

Landing Pages: x ferramentas para melhorar sua estratégia

Com a entrada cada vez maior do mundo digital no mercado, permitindo acirrar a competitividade, o marketing digital se tornou um aliado valioso para as empresas. Ele é um dos meios no qual as marcas podem se destacar mais e estar mais perto dos consumidores.


Seja através de blogs, sites, redes sociais ou vídeos, a divulgação de um produto ou serviço nunca foi tão disputada quanto agora. As organizações dependem principalmente de uma boa estratégia de conteúdo virtual para poder atrair as pessoas para a sua marca.


Procurar por inovações já é um dos principais lemas do mercado. Isso torna possível se sobressair ao apresentar soluções diferentes para os desejos do público. Permite também ganhar a disputa com a concorrência e aumentar os ganhos do negócio.


Não basta apenas atiçar a curiosidade do público. Se não apresentar um conteúdo interessante e cumprir o que está prometendo, todo esse esforço terá sido em vão. Por isso, criar estratégias requer cautela e sinceridade com o consumidor.


Quando uma empresa consegue atrair o público para conhecer seus produtos ou serviços, ela já demonstra ter um bom poder de persuasão. Porém, ao fazer o redirecionamento para outro espaço da empresa, esse precisa estar voltado para facilitar ainda mais a conquista do cliente.


Para esse propósito, dentro das estratégias de marketing digital, existe a chamada página de conversão, também conhecida como landing page. Ela é um dos meios que permitem uma empresa transformar aquele consumidor em um potencial cliente.


O que é landing page?


Landing pages, ou Páginas de Destino, são páginas voltadas à conversão. Essa é uma estratégia de Inbound Marketing, cujo objetivo principal é transformar um visitante em lead, ou seja, um possível cliente. Elas também são conhecidas como páginas de aterrissagem.


Esse espaço costuma ter muito menos conteúdo do que a página principal de um site comum. Isso se justifica principalmente pelo propósito da landing page, que é focar na conversão do visitante.


Ela precisa ter todos os elementos que possam manter a pessoa interessada e fazer ela buscar por mais. É fazê-la permanecer por mais tempo e buscar saber mais sobre o que está sendo oferecido a ela. 


Receber várias visitas diárias nas páginas principais da empresa, mas perceber que elas não interagem, não buscam por mais conteúdo ou não ficam tempo suficiente, é porque ela não está causando impacto como deveria.


Por isso, a criação de uma página de conversão é fundamental para que as pessoas se interessem mais, que possam captar melhor sua atenção, sem distrações, com foco no que ela realmente deve fazer.


Esse foco inclui um espaço onde não apresentem elementos básicos que todo site ou blog possui, como muito texto, menu e outras informações que podem atrapalhar no objetivo principal que é conseguir a conversão do lead.


Geralmente, as páginas normais apresentam recursos comuns de atração como preencher algum formulário para receber algo em troca, como é o caso dos e-books. Mas em uma página de conversão são realizadas outras ações diferenciais, como conclusão de compra e ofertas especiais.


É importante que as estratégias de conversão estejam alinhadas ao propósito da empresa. Caso contrário, o investimento não chamará atenção e não conseguirá atingir o objetivo estabelecido.


Melhorando a estratégia de conversão com as ferramentas certas


A criação de landing pages permite muitos benefícios a uma marca. Ela ajuda na segmentação de contatos, criação de fluxos de nutrição com mais sucesso, conhecer melhor a persona e melhorar a posição nos rankings de busca.


Por isso, para que a empresa obtenha todas essas vantagens, deve utilizar das melhores ferramentas disponíveis para criar a melhor página de conversão. Elas podem ser utilizadas tanto para criação do espaço quanto fazer análise de resultados.


Cada uma delas oferecem recursos diferentes e variados a fim de proporcionar a melhor experiência para os visitantes, bem como realizar a integração com outras ferramentas importantes de verificação de dados.


  • Uma das mais conhecidas é a HubSpot. Uma das referências em Inbound Marketing, oferecendo várias soluções para as páginas de conversão das empresas, focando no e-commerce, com ferramentas para criação de landing page, blogs e e-mail marketing. 


Seus serviços são pagos, possuindo dos planos mais simples até os mais completos, apresentando valores bem variados;


  • O Instapage permite uma criação de páginas de formas mais simples, oferecendo modelos já prontos e com liberdade de editar para que se encaixem melhor no perfil da empresa. 


É um serviço pago que oferece um período de teste de 30 dias. O valor é cobrado caso a página passe de 100 visitantes mensais. Caso o número de visitantes seja inferior, o serviço é gratuito;


  • Outra ferramenta bem completa é o Lander. Ela oferece um serviço de integração com o Google Analytics e outras que também fazem análise de dados e permite a criação de diversas páginas diferentes. Serviço pago com 30 dias grátis para teste;
  • O Themeforest possui cerca de 900 modelos diferentes para criar a lading page. Porém, um dos obstáculos para essa escolha é que ela exige certo conhecimento técnico para uso. Seu preço varia conforme as funções disponibilizadas por cada modelo;
  • Com a possibilidade de fazer a página ter um domínio próprio e ainda estar conectada ao Google Analytics, o Kickoff Labs possui widgets para WordPress e Facebook. Há um período gratuito de teste de 30 dias até precisar pagar pelo serviço mensalmente.


A criação da landing page


Seguir alguns passos são importantes para criar uma página que possa atrair as pessoas e permitir que elas engajem com o conteúdo disponibilizado para elas.


  • Crie um conteúdo que seja claro e direto para dizer o que está sendo oferecido e o que está sendo pedido para a pessoa. Não encher a página de conteúdos que podem causar distração, como textos e imagens excessivas;
  • Deixe o conteúdo principal bem destacado e de uma forma clara, para que o visitante possa entendê-lo. Isso permite chamar a atenção do leitor de forma instantânea, como uma chamada para realizar a ação pretendida pela marca;
  • Como em uma página de conversão tudo precisa ser bem sucinto, ao optar pela criação de formulários para que o lead receba um e-book ou outro tipo de conteúdo oferecido pela empresa, é importante pedir somente os dados necessários do visitante para que não seja cansativo e crie desconfiança do usuário;
  • Crie chamadas para ação ou CTA nos conteúdos. Isso permite que o usuário seja redirecionado para um local onde ele pode realizar uma determinada compra, fazer um download de arquivos, ler um conteúdo, entre outros;
  • Procure fazer um conteúdo que possa ser visualizado por todos os dispositivos, como computadores, celulares e tablets. Quanto mais responsivo for o conteúdo, mais audiência ele vai receber, visto que facilitará o acesso para um maior número de pessoas.


Sua empresa está precisando investir em marketing de conteúdo de qualidade? Então acesse o site da RedaWeb ou ligue para nós através do 0800 750 5564 para assinar um plano de produção de conteúdo!

Artigos relacionados.

Ver mais artigos
-dicas-de-conteudo-para-sua-loja-virtual criacao-de-personas-guia-simples-para-iniciantes qual-e-o-tamanho-indicado-para-postagens-online-saiba-aqui
Whatsapp
Ligue grátis 0800 750 5564
Ligue grátis 0800 750 5564