Mídia kit: entenda o que é e como funciona

Saiba como essa ferramenta pode fazer você monetizar seu site/blog - e os passos para fazer uma apresentação contundente.

Ganhe dinheiro com seu site ou blog com essa forma de marketing digital que cresce cada dia mais no ambiente digital.

O mídia kit é uma das formas mais contundentes de uma empresa disponibilizar espaços publicitários dentro do seu site ou blog para que anunciantes possam expor sua marca e produto. Entender o que é e como funciona contribui para que as ações de marketing digital sejam voltadas para a maior conversão – e, consequentemente, vendas do que é anunciado.

Por isso trazemos as características próprias dessa ferramenta, para mostrar às empresas que buscam se consolidar no ambiente digital como fazer o mídia kit da melhor forma, além de dicas pontuais sobre o assunto – consolidando, assim, um canal entre seu site, os anunciantes e os visitantes que chegam à plataforma.


O que é mídia kit? 

A dinâmica do mídia kit é simples e fácil de ser entendida: é um documento e/ou arquivo, em forma de apresentação, que mostra todos dados e métricas acerca do site, permitindo que futuros anunciantes possam saber mais sobre os espaços disponíveis para anunciar – como o número de visitantes e o preço de cada local.

Dessa forma, o mídia kit é a ferramenta para quem deseja transformar seu site ou blog em um canal de monetização, angariando recursos através de contratos junto aos anunciantes. Geralmente são apresentados através de uma página dentro da plataforma, que permite que as empresas possam baixar a apresentação, ter os contatos para efetivar o negócio e saber quanto custa para anunciar.


Como funciona o mídia kit 

Para quem deseja fazer a monetização com o seu site e criar um mídia kit de primeira, para atrair empresas, é necessário apontar como funciona a ferramenta. Criatividade, sobretudo, é o principal ponto na hora do departamento ou profissional de marketing criar o mídia kit – mas que pode ser feito até mesmo pelo gestor ou outros colaboradores.

Para criar um mídia kit contundente é preciso colocar alguns dados e informações na apresentação, dentro de uma página específica para isso. Por isso, crie a ferramenta com essas dicas:

Histórico da empresa

Aqui, basicamente, você apresentará algo próximo ao institucional do seu negócio, adaptando a uma linguagem mais comercial e informativa. Valores, missão e objetivos, por exemplo, são bons recursos na abertura do mídia kit;

Número de visitas

Essa parte é importantíssima, pois irá referenciar quem deseja comprar um espaço publicitário sobre o número de pessoas que chegam ao seu site. A dica é que o blog ou o site tenham ao menos mil visualizações de página diárias, pois é através desse número que as empresas passam a olhar com mais atenção ao espaço publicitário;

Segmentação

Outro ponto de extrema importância no mídia kit é mostrar dados segmentados sobre o público que chega até a plataforma digital onde você busca vender os espaços. Dados demográficos, sexo, idade, entre outras características dão mais confiança para a empresa ter a certeza que o seu site/blog é o local certo para anunciar.

Anúncios por tamanho e preço

Especificar, de forma detalhada, quais serão os valores e tamanhos para fazer a divulgação no espaço que você pretende vender devem estar, obrigatoriamente, dentro do mídia kit. Isso porque essa informação é valiosa para os futuros anunciantes e deixar para apresentar ‘depois’, pode afugentar muitos clientes.

Cases de sucesso

Se você já vinculou algum anúncio dentro do seu site/blog, coloque os cases de sucessos no mídia kit, passando mais confiança e credibilidade ao cliente. Caso esteja anunciando é importante não inventar dados ou fazer uma projeção irrealista sobre o que está vendendo – isso apenas afugentará o público.

Grandes anunciantes

Uma dica valiosa para a confecção do mídia kit é buscar uma empresa de grande porte, uma marca conhecida e referenciada, que vinculou uma publicidade no seu site. O portfólio de parceiros publicitários e grandes anunciantes ajuda na prospecção de futuros clientes.

Especificações do contrato

Por fim, você terá que mostrar todas as especificações do contrato, como o tempo em que a publicidade será vinculada, como será o canal de comunicação entre o blog/site com o anunciante, entre outras características próprias comerciais. É importante não criar barreiras burocráticas que tornem o processo oneroso.


Outras características do mídia kit 

Conhecendo mais sobre o que é e como funciona o mídia kit, chegou a vez de ter expertise e se destacar além da concorrência, com um documento de apresentação que seja respaldado por toda a estrutura do site. Por isso, seguem orientações pontuais que podem aumentar a prospecção de clientes:

  • Tenha conteúdo de qualidade: produzir artigos e outros formatos voltados ao marketing digital, por exemplo, ampliam o número de visitas e mostram que a empresa que está disponibilizando o espaço tem autoridade no assunto.
  • Layout do mídia kit: esqueça formulários contratuais sisudos e corridos. Invista em uma diagramação e um layout únicos e criativos, que chamem a atenção e tenham números sobre como o anúncio em sites pode ser lucrativo para a empresa que deseja anunciar.
  • Leve para as redes sociais: outra forma de engajar o futuro cliente é mostrar que você oferece ‘algo a mais’, como propagandas vinculadas nas redes sociais – como o Instagram, Facebook, Twitter, Youtube, Pinterest, Snapchat, Whatsapp, entre tantos outros.
  • Aumente os dados: não apenas ampliar o número de visitas, como fazer com que as pessoas passem mais tempo no seu site, é indispensável para quem quer se destacar com o mídia kit. Por isso, procure empresas especializadas, como a RedaWeb, que já contribuiu para que sites conquistassem 270 vezes mais visitas diárias.
  • Venda uma ideia: e, ao criar e divulgar seu mídia kit, venda mais que um espaço publicitário estático. Venda uma ideia, uma forma de o anunciante entender que através do seu site/blog poderá ter uma nova maneira de se relacionar com os clientes, contribuindo para maior conversão de cliques nos anúncios em vendas.


Invista no mídia kit 

Agora você entendeu o que é mídia kit e como é rápido, simples, prático e pode ser uma forma de monetizar o seu site – muito acima de programas de filiados e seu baixo custo por clique (CPC), como o Google Adsense. Negociar, diretamente, as venda dos espaços com as empresas é mais seguro, dinâmico e rentável para o site/blog que possui.

Por fim, vale ressaltar: nunca minta sobre seus dados no mídia kit, pois isso pode trazer sérios contratempos e fazer com que sua marca seja uma referência negativa para potenciais anunciantes. Dessa forma, busque visitas orgânicas e formas de aumentar as visualizações – como nas dicas citadas acima.


A RedaWeb pode ajudar sua empresa a conquistar mais clientes com o mídia kit: com conteúdo para empresas que querem se destacar no ambiente digital, através de artigos especializados. Acesse nosso site www.redaweb.com.br ou ligue de forma gratuita para o 0800 750 5564 e encontro o plano ideal para a produção de conteúdo.