O mercado Facebook: métodos de compra e venda na rede social

Você sabia que o Facebook possui mais de 3,4 bilhões de pessoas cadastradas no mundo inteiro? Só no Brasil, são 127 milhões de usuários ativos. Isso significa que o Facebook é uma das melhores ferramentas de compra e venda que se possa utilizar, e o melhor de tudo: é gratuita. 

Mas, como entender os métodos de compra e venda no mercado Facebook? Primeiramente, é preciso entender qual o seu público-alvo - tudo dependerá dessa análise minuciosa e do estudo aprofundado do seu próprio negócio para que todos os esforços empreendidos gerem resultados. No fim, eles aparecerão. Tenha certeza! 

No entanto, muita gente ainda desconfia se a rede social pode mesmo ajudar a projetar, manter ou melhorar os percentuais de lucro de uma marca. Há quem diga que os resultados só aparecem mesmo quando se trata de grandes empresas e que nenhum negócio que comece por baixo pode esperar grandes lucros ao usar os métodos de compra e venda da rede social. Ledo engano!

A rede social está à disposição de todos – qualquer profissional pode fazer uso desta e, em pouco tempo, notar uma melhora na sua atividade. É tudo muito simples, e logo você vai entender um pouco mais sobre o mercado Facebook e seus métodos de compra e venda na rede social.


O mercado Facebook: ganhando dinheiro com a rede social

Para quem não sabe, a rede social existe com a finalidade de se compartilhar algo com outras pessoas. A interação é algo que sempre foi inerente à vida humana. O tempo todo nós interagimos uns com os outros e a rede social tem como principal função provocar isso e facilitar a aproximação e o contato entre as pessoas.

É fato que nem sempre isso ocorre e que algumas pessoas não o fazem da maneira correta, mas também é fato que outros usuários e profissionais encontraram na rede social um "algo a mais", capaz de fortalecer qualquer trabalho e ação de marketing na rede: a vantagem de disseminar informação e conteúdo em tempo real a milhares de pessoas e obter delas uma resposta quanto à divulgação.

Toda ação de marketing e publicidade necessita de interação, e, sem a mesma, não é possível obter efeito esperado. E esta interação não surge do nada, nem de qualquer estratégia que não seja aproximar o produto/serviço a quem realmente possa se interessar por ele. Esta função o Facebook cumpre com maestria.

São milhares de grupos e páginas estrategicamente organizados conforme os interesses das pessoas de forma que, ao se optar pela mensagem certa, conteúdo adequado e momento oportuno de aproximação, é perfeitamente possível obter o resultado esperado!


Como trabalhar com o público certo e atingir um resultado positivo no Facebook?

O principal é ter em mente quem é o seu público-alvo. Quem é a chamada "persona" desta campanha que você quer veicular?

Suponhamos que uma mulher resolva abrir uma página para vender suas joias no Facebook – joias de verdade, em ouro. Quem é o público-alvo dela?

  • Mulheres (25 anos ou mais): Empresárias, médicas, modelos, professoras, estudantes;
  • Homens (30 anos ou mais): Namorados, filhos, maridos, irmãos; 
  • Abrangência local;
  • Padrão econômico (Classe A, B).

É fato que as mulheres, sempre independentes, não esperam ganhar as joias de alguém para utilizá-las. Tão logo tenham condições financeiras para tal, compram e até colecionam, se os itens lhe agradarem.

Os homens, por sua vez, tendem a começar a comprar joias para suas mulheres com um pouco mais de idade, à medida que se tornam um pouco mais maduros e independentes financeiramente.  Estes últimos buscam, portanto, algo de valor para agradar suas companheiras, mães, irmãs ou quaisquer mulheres por quem nutrem sentimentos verdadeiros sempre que suas condições financeiras acompanham tal progresso. 

Dessa forma, um analista de sistemas que tenha iniciado a carreira aos 20 anos, com 30  já estará consolidado e certamente não hesitará em comprar algo de valor para presentear a quem goste verdadeiramente.

A abrangência local é um ponto importante, visto que os custos com o frete, muitas vezes, tornam a joia mais cara e, portanto, menos competitiva no mercado. Quanto mais próximos os clientes, melhores as margens de lucro.

O padrão econômico é inquestionável. Não se está vendendo bijuterias, mas joias de valor – portanto, o padrão econômico deverá ser alto, em geral classe A ou B.


Comprar e vender através do Facebook: como interagir com o público certo?

Por fim, onde podemos encontrar pessoas dentro deste perfil? Grupos relacionados à moda, estética, empoderamento feminino, joias, acessórios, perfumaria e outras áreas correlatas certamente agrupam milhares de possíveis compradoras, bem como grupos voltados à localidade onde se atua.  Contudo, não basta simplesmente anunciar a venda – é preciso criar um ambiente para tal, e aí entra a página das joias.

A página precisa estar bem montada, com uma arte muito bem feita, tanto na capa como na foto de perfil. Um logotipo é sempre de bom tom e ajuda a aumentar a credibilidade sobre o produto e a venda. Telefones e e-mails de contato, bem como o WhatsApp, são um diferencial. E como disponibilizar a venda? Por meio do link de loja da página do Facebook.

Para habilitar a loja na página do Facebook, é preciso:

  • Passo 1: acessar as configurações;
  • Passo 2: adicionar uma guia;
  • Passo 3: verificar a guia;
  • Passo 4: começar a sua loja;
  • Passo 5: aceitar os termos do Facebook;
  • Passo 6: escolher o método de compra;
  • Passo 7: escolher a moeda, e
  • Passo 8: dar vida à loja, adicionando produtos.

Ao inserir os produtos, é possível adicionar o link de compra de qualquer outra ferramenta, como por exemplo, PagSeguro, Juno ou mesmo o e-commerce já montado.  É tudo muito simples e bem descomplicado, e não leva nem 15 minutos para fazer.

Contudo, para interagir com o público e possibilitar a comprar ou a venda, muitas vezes não basta apenas compartilhar o link nos grupos e esperar. É preciso provocar este público-alvo com publicações bem engajadas e que mostrem a imagem das joias ou apresentem curiosidades e combinações através de dicas de uso e cuidados pessoais.

O importante é garantir um conteúdo matador, que dará vida a este negócio e fará qualquer pessoa vender muito mais. Este conteúdo, claro, você encontra aqui na RedaWeb.  Só a RedaWeb é capaz de produzir os melhores conteúdos em texto para sua empresa, site e redes sociais. Com a RedaWeb não tem crise, mas sim, solução!

Acesse nosso site ou ligue para 0800 750 5564 para fechar um de nossos pacotes. Se quiser conversar primeiro, adicione o nosso WhatsApp: 11 97192 0944. Está pronto para fortalecer a sua marca e acabar com qualquer crise na rede social? Então, contrate a RedaWeb!