Social media cresce no mercado de trabalho

A hiperconectividade presente no mundo atual só eleva ainda mais a importância do social media como profissão. É difícil encontrar alguém que não tenha acesso à Internet ou sequer um smartphone que realize essa conexão, já que até mesmo os lugares mais longínquos do planeta já estão antenados com o que chamamos de modernidade. 

Quanto mais a Internet se expande, maiores são as chances de negócios, o que tem tornado o marketing digital uma das áreas mais promissoras do futuro. Com cada vez mais especializações que surgem a partir das novas tecnologias apresentadas, o social media é um dos principais destaques para extrair o máximo das potencialidades das redes sociais. 


O que um bom profissional deve ter para trabalhar como social media 

As redes sociais já fazem parte da vida das pessoas, que cada vez estão mais conectadas a elas. Embora continue líder em número de usuários, postagens e empresas vinculadas, o Facebook vem dividindo a atenção dos internautas com várias outras redes com perfis e propostas distintas. Essa pluralidade amplia as oportunidades de negócios e ajuda a se aproximar ainda mais de seu público-alvo

As empresas estão conscientes dessas oportunidades e da importância de ter um gestor para realizar o trabalho de marketing digital nas mídias sociais. Seu trabalho vai além de ficar logado o dia inteiro nas redes sociais e criar publicações em perfis empresariais. Muito mais ligado à elaboração de estratégias e aos resultados, o profissional de social media precisa ter um perfil diferenciado. 

Não há graduação em social media, mas o mercado costuma exigir que o profissional seja formado em marketing, jornalismo ou publicidade e propaganda. Características como ser criativo, bem informado, com facilidade de se relacionar e um bom texto são as mais requisitadas em processos seletivos. Mas, as exigências de suas habilidades são bem mais amplas do que essas qualidades muito comuns dentre os profissionais de marketing em geral. 

A fama de um operário do conteúdo limita muito as ideias do cotidiano de um social media. A complexidade das ferramentas das redes sociais requer um profissional multifacetado, que saiba apresentar boas soluções para os investimentos. O Facebook vem diminuindo substancialmente a vinculação de publicações orgânicas, exigindo um nível mais alto de conhecimento para produzir anúncios e driblar as limitações para manter o crescimento da audiência. 

Sem dúvida nenhuma, a afinidade com as redes sociais é importante e o começo para entrar nesse ramo, que requer boa redação, conhecimentos em direção de arte, realizar estratégias, idealizar projetos, saber como interagir com o consumidor, monitorar e analisar as ações, etc. 

Uma das exigências práticas do trabalho é não ter medo de números, algo bem comum em profissionais de humanas. Como todo ambiente digital, as redes sociais podem ser mensuradas e é preciso ter mais intimidade com os números para analisá-las corretamente. Não é necessário ser um expert em fórmulas, mas saber do que se trata ajuda a entender como as ações estão sendo recebidas pelos usuários e o que pode ser feito para melhorar. 

A tecnologia apresenta novidades o tempo todo e avança com inovações que influenciam todos os setores. As redes sociais acompanham essas mudanças, com o lançamento de novas plataformas e ferramentas que podem mudar ou incrementar as estratégias definidas. A capacidade de adaptação é essencial para saber a hora de alterar as ações quando for necessário, sem entrar em pânico. 

A familiaridade com a tecnologia não deve ser restrita a se manter atualizado sobre as tendências, mas também saber os termos e mecanismos que circulam no mercado. Os internautas mais assíduos estão sempre atentos e precisam de um marketing que possa se comunicar com eles amplamente. Além disso, o social media pode aproveitar todas as possibilidades disponíveis na hora certa. 


Oportunidades no mercado

Longe de ser um trabalho fácil de ser desempenhado, o profissional de social media precisa ter um ótimo conhecimento sobre o marketing digital em geral e, especificamente o funcionamento das redes sociais. A tarefa exige responsabilidade já que o social media trabalha com orçamentos e expectativas da empresa, assim como os desejos e expectativas do consumidor. 

Saber detalhes sobre os procedimentos da empresa, como sua produção, as vendas, os tipos de entregas, objetivos, formas de se comunicar com os clientes, ajudam a elaborar o planejamento do social media. É um envolvimento fundamental para traçar as metas e estratégias, sabendo como utilizar muito bem os pontos positivos para atrair clientes. 

Uma das principais técnicas que o social media deve ter total fluência é o Social Ads. A ferramenta presente nas redes sociais propõe encontrar soluções para os anunciantes. Embora possuam características em comum, cada plataforma tem soluções próprias e quanto melhor conhecê-las, melhor serão feitos os investimentos. 

O salário de um social media pode variar entre R$ 3 mil a R$ 15 mil, de acordo com a empresa e o nível de experiência. Portanto, se especializar é sempre o melhor caminho para realizar um trabalho mais qualificado e atingir os ganhos mais altos. Uma das qualidades de um social media é estar bem informado, ter cultura e conhecimentos especializados para se diferenciar no mercado. 

Mas o mercado não condena os profissionais considerados generalistas, que sabem um pouco de tudo e conseguem absorver bem as demandas. Há espaço para todos, menos para quem estaciona no tempo e não percebe as novidades. Muitas empresas terceirizam o marketing digital e contratam uma agência para realizar os trabalhos, mas tem sido crescente a aquisição de social media para coordenar as campanhas e fazer a intermediação entre os anseios da empresa e a elaboração de estratégias da agência. As grandes corporações não dispensam o serviço de um social media e até as instituições políticas mantém um social media para se comunicar com a sociedade. 

Mesmo que suas habilidades correspondam com a área de humanas, o social media acaba se transformando um pouco de cada profissão, a partir da área do cliente. Pode ser um expert em moda, esportes, indústrias, restaurantes, mas sempre com um olhar mais aguçado para como suas publicações e ações corresponderão ao comercial. A demanda é grande hoje em dia e o mercado está a procura dos melhores profissionais disponíveis. 

O social media é uma das profissões consideradas mais promissoras do mercado. Em expansão e em franco desenvolvimento de suas próprias funções, há cada vez uma procura maior por profissionais mais qualificados e que atendam às necessidades da área. Com um perfil amplo de habilidades, o social media deve ir muito além da afinidade em redes sociais e ampliar seu conhecimento sobre as diversas técnicas do marketing digital.

Mas, é válido lembrar que de nada adianta um bom profissional se não for investido em conteúdo. E nisso a RedaWeb pode te ajudar, pois somos especialistas em produção de conteúdo. Encontre o plano ideal para seu negócio. Entre em contato conosco pelo site ou ligue para 0800 750 5564.