Wix x Wordpress - Qual plataforma devo escolher?

A cada dia, surgem plataformas específicas para criar sites. Muitas delas são básicas e permitem a um usuário sem conhecimento técnico utilizar seus recursos, enquanto outras são mais bem elaboradas e requerem especialistas. As duas plataformas mais conhecidas no mercado atualmente, Wix e WordPress, possuem características muito específicas, e é necessário conhecê-las bem antes de optar por uma das duas opções.

É compreensível a dúvida diante das duas gigantes no mercado, mas elas não oferecem os mesmos serviços, mesmo que ambas criem sites, blogs e e-commerce. Voltada para a construção de sites, a Wix ficou famosa por investir pesado em publicidade. Mas a WordPress é a mais popular e utilizada, voltada para o Sistema de Gerenciamento de Conteúdo.


Como escolher a melhor plataforma

O consumidor vem mudando ao longo das décadas, tornando-se muito mais exigente antes de se decidir sobre a aquisição de um produto ou serviço. Como a internet está cada vez mais presente na população mundial, estar nela é imprescindível. Mas é praticamente impossível se destacar da concorrência e chegar até o seu público-alvo sem um bom trabalho de marketing digital. Ter um site é marcar presença digital, mas é por meio do blog corporativo que a empresa estabelece um vínculo com o cliente e atrai leads.  

O marketing digital tem várias especialidades, ferramentas e técnicas que permitem criar estratégias eficazes para atingir seus objetivos. Nem sempre o desejo da marca são as vendas, há também o interesse em torná-la uma autoridade em sua área, o que torna a escolha dos canais de comunicação ideais mais complexa do que parece.   

Os sites e blogs são bastante profissionais, com várias opções de acesso e mais rigor em produzir conteúdo e links sem erros. Mas quem vê tantas facilidades não imagina a dor de cabeça que a criação de um site ou blog provocava no passado recente. Felizmente, a rápida evolução tecnológica permite facilidades até para quem não tem técnica.

O desafio atual é escolher qual plataforma é a mais indicada para o seu negócio. Para identificar as duas, é interessante selecionar critérios comparativos como facilidade de uso, performance, gerenciamento do site, segurança e personalização.


Wix

O Wix se tornou bastante popular como resultado de uma megacampanha publicitária espalhada por diversas mídias e um orçamento milionário. A proposta da plataforma é ser um construtor de sites, com ferramentas que não mexem em nenhum código e usam elementos chamados de blocos para mover e adicionar onde desejar.

Não é à toa que a publicidade reforçou a facilidade de criar um site pelo Wix, de uso mais fácil no mercado. É ideal para quem não tem conhecimento técnico e mesmo assim deseja entrar na web com um site interessante. Há mais de 300 templates gratuitos, para os mais variados negócios, sua ação é intuitiva e rápida. São modernos e segmentados, mas não responsivos, o que exige bastante organização na montagem.

Para criar blogs, o Wix disponibiliza mais facilidades para personalizar, além de oferecer tags, categorias, cronograma de postagens, título alternativo para smartphone, etc.

Já para o e-commerce, é possível oferecer várias opções de produtos e formas de pagamento, mas seu perfil é mais voltado para pequenos negócios e profissionais liberais.

Para o SEO, o Wix é excelente, já que é possível alterar o título da página, ter acesso a cabeçalhos, personalizar a URL, disponibilidade para redirecionamento 301, entre outros. A plataforma oferece tutoriais excelentes para iniciantes e o suporte pode ser feito por telefone, mas há bons fóruns que ajudam a tirar dúvidas.

A plataforma oferece 250 aplicativos pagos ou gratuitos que ajudam a aprimorar o site de acordo com sua área, como a inclusão de galerias, reservas para hotéis, faturamento e outros plug-ins. Esses recursos específicos são exclusivos do Wix e muitos dos aplicativos são criados por ele, para atender a sua demanda.

O Wix oferece quatro planos que vão de R$ 9,50 a R$ 37,25 por mês, de acordo com as opções desejadas. O e-commerce é o mais caro, por integrar as lojas virtuais e suportar projetos maiores.


WordPress

Ainda é imbatível a complexidade oferecida pelos CMS, como são conhecidas as plataformas de Sistema de Gerenciamento de Conteúdo, inclusive pela capacidade de monitoramento das estratégias operacionalizadas nelas. O principal representante é a WordPress, a plataforma mais popular e utilizada, mesmo que sua complexidade exija mais conhecimento técnico.

O WordPress sempre foi muito conhecido por ser mais voltado por programadores, mas hoje é possível que pessoas sem conhecimento técnico utilizem a plataforma de forma mais básica.

As excelentes extensões e plug-ins que ele oferece podem ser mais difíceis de serem instaladas, mas há bons tutoriais que ajudam a driblar a falta de conhecimento técnico. Para quem tem conhecimento em CSS e HTML, o site pode ficar exatamente como deseja, com controle total sobre seu formato e conteúdo. A maior parte dos seus templates são responsivos e alguns são específicos para dispositivos móveis.

Para o e-commerce, o WordPress pode ser utilizado por qualquer tipo e tamanho de negócios, mas não há lojas pré-prontas e há necessidade de plug-ins externos para personalizá-las. Ele pode ser associado ao Woocommerce, plug-in que amplia as possibilidades de criação e torna a plataforma imbatível nesse aspecto.

O plug-in externo também é indicado para melhorar o trabalho do SEO, mesmo que o sistema original disponibilize algumas boas opções para torná-lo mais hábil para os algoritmos do Google.

O WordPress foi preparado inicialmente para ser uma plataforma específica de criação de blogs, mas expandiu suas funções. Ele mantém a ótima variedade de tags, categorias e outros itens essenciais para um bom blog, mas é preciso modificar alguns itens manualmente para ficar mais adequado às necessidades da empresa.

Infelizmente, não há nenhum suporte oficial do WordPress, apenas fóruns em que usuários vão oferecendo as mais diversas informações. Mas é preciso tomar cuidado, pois nem sempre os comentários são corretos, o que prejudica a credibilidade das informações prestadas.

A princípio, o WordPress é gratuito, mas sua hospedagem é paga, e, para usar a maior parte dos recursos, é preciso ter um pacote que atenda às suas necessidades. O pacote mais barato é de R$ 20,00.


Conclusão

O Wix é uma excelente plataforma para iniciantes que não possuem conhecimento técnico para construir um site, blog ou loja virtual. Sua estrutura é ótima para pequenas empresas, mas pode ser muito restrita para quem precisa de uma plataforma mais robusta. Uma de suas principais vantagens é o suporte técnico e os pacotes mais baratos.

O WordPress é mais indicada para quem tem conhecimento técnico e empresas maiores, que possam usufruir das inúmeras possibilidades de construção de um site e gerenciamento de conteúdo. Não há limite para a imaginação e a plataforma possui ótimas ferramentas e plug-ins para preparar o blog ou site perfeitos.

Independente da sua escolha a RedaWeb pode te ajudar com o conteúdo do seu site e blog. Acesse o site da RedaWeb ou ligue para nós no 0800 750 5564 caso queira assinar um plano de produção de conteúdo.