Como aplicar o Inbound marketing para universidades de forma eficaz

Para uma universidade, conquistar mais estudantes e manter seus alunos matriculados é fundamental. Entretanto, apenas esforços de publicidade podem não ser suficientes para conquistar o respeito, a credibilidade e a confiança dos possíveis clientes para se tornar acadêmicos da instituição de ensino superior da qual você é parte. Para isso, o inbound marketing pode ser de grande valia.

Neste texto, você verá como aplicar o inbound marketing para universidades de maneira eficaz. Confira!


O que é inbound marketing? 

Na tradução para o português, inbound está relacionado com marketing de atração. Isso significa que a empresa gera conteúdo relevante e útil para seus possíveis clientes, atraindo-os para suas páginas de conversão e vendas. Ou seja, diferentemente do marketing tradicional, em que a empresa se esforça para chegar até o cliente em potencial e impactá-lo, no inbound, os esforços são para atrair o lead e mantê-lo em contato com a marca.

Mas, como isso se aplica? Há uma série de maneiras de conquistar o seu cliente através do reconhecimento e da credibilidade gerada pela oferta de conteúdo relevante, inteligente e útil a pessoas que desejam ingressar na universidade.

Uma das estratégias largamente utilizadas para este propósito é a manutenção de blogs com conteúdo multimídia cujos temas interessam diretamente ao cliente em potencial. Nestes sites, há artigos, fotos, vídeos, webinars, tutoriais e outros tipos de conteúdo que oferecem instrução e conhecimento ao público de maneira gratuita, mas sempre atrelando esse conhecimento de autoridade à marca da universidade que deseja expandir seu corpo discente.

Esta não é a única maneira. O bom posicionamento nos resultados de pesquisa de ferramentas como o Google, o Bing e o Yahoo também faz a diferença para quem deseja converter leads em alunos devidamente matriculados. Essa técnica é chamada de SEO, e falaremos sobre ela adiante.


Que conteúdo interessa ao seu público? 

Ingressar em uma instituição de ensino superior é sempre uma decisão marcante na vida de qualquer pessoa e, nesse momento, muitos aspectos são levados em conta: custos, corpo docente, a escolha de qual curso de graduação seguir, a vida universitária, aspectos logísticos, como transporte e alimentação, materiais, etc.

A melhor forma de aproveitar a reflexão de seu futuro cliente é justamente responder às suas dúvidas. Por isso, o conteúdo presente no blog de sua universidade deve tratar sobre assuntos relacionados à vida universitária, seus desafios e características. Pode-se descrever os cursos da graduação e da pós, falar sobre o funcionamento e a lógica do ensino superior, entre outros assuntos. 


Como sei qual assunto abordar?

Para escolher os assuntos que mais valem a pena em sua rede de conteúdos, há algumas formas de saber quais são os temas mais comentados e procurados pelas pessoas nas ferramentas de pesquisa. Após realizar esta auditoria das principais palavras-chave utilizadas pelos usuários para fazer buscas sobre serviços de ensino superior, basta planejar a sua estratégia de ação e elaboração de conteúdo com base nas principais demandas dos futuros acadêmicos.

Por exemplo, se as principais palavras-chave da auditoria feita por sua empresa são “graduação à distância”, “faculdade de medicina”, “faculdade como estudar”, pode ser uma ótima escolha gerar conteúdos justamente sobre Educação à distância, Medicina e explicar como funciona o processo didático-pedagógico do ensino superior.


SEO: Search Engine Optimization

Ao trabalhar os conteúdos de sua universidade levando em conta as principais palavras-chave pesquisadas nas ferramentas de busca, a sua empresa melhora o posicionamento nos resultados da pesquisa. Estatísticas mostram que 70% dos usuários do Google clicam no primeiro ou no segundo link exibidos nas buscas. Por isso, estar entre os primeiros é garantia de sucesso.

Entretanto, a palavra-chave não é o único fator considerado pelos algoritmos dos motores de pesquisa para ranquear o seu site nos primeiros resultados. Conceitos como o tamanho dos textos, a presença de imagens, links internos e externos, vídeos, a dimensão dos parágrafos, a frequência de publicação e a legibilidade do seu site também fazem a diferença para colocar a sua universidade na primeira página das buscas do Google.

Afinal, tudo o que o algoritmo faz é oferecer ao usuário que faz buscas a melhor página com o melhor conteúdo. Por isso, a sua universidade precisa estar atenta a estas técnicas.


Anúncios nos resultados das buscas

Além de aparecer nos resultados orgânicos das pesquisas, a sua universidade também pode investir em anúncios dos motores de busca, a fim de figurar entre os links patrocinados que também são exibidos em destaque. Tirando o fato de que esta exposição é paga, os demais critérios para hierarquizar os links exibidos são bastantes anos do SEO, levando em conta o leilão de palavras-chave (o anunciante que pagar mais, aparece mais).


Redes Sociais 

Hoje não se pode falar em Inbound Marketing sem mencionar as redes sociais. Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter são fundamentais para se criar identidade, divulgar marcas e serviços, construir credibilidade e estabelecer presença digital. No meio universitário, repleto de pessoas jovens, essa necessidade é ainda mais recorrente.

Por isso, a sua empresa também precisa gerar conteúdos específicos para as redes sociais, estando atenta às linguagens e peculiaridades de cada mídia digital. Além disso, aproveite o espaço para interagir com seus seguidores ou curtidas, responder dúvidas, ter seriedade - e bom humor - e oferecer informação de qualidade, precisão e relevância para os seus possíveis futuros alunos.

Através das redes sociais, podem-se construir relacionamentos entre universidade - cliente de grande fidelização, pois o estudante passa a se identificar com a marca de sua empresa, concedendo a ela confiança, credibilidade e autoridade. A universidade passa a ter um acadêmico que “veste a camisa” da instituição onde estuda.


Inbound Marketing funciona para universidades?

A resposta é sim. E muito. O Inbound utiliza linguagens e ferramentas altamente usadas por quem está prestes a ingressar no ensino superior - internet, blogs e redes sociais. Por isso, esses esforços de marketing vão ao encontro dos interesses diretos dos futuros clientes. 

Além disso, o Inbound Marketing também tem a vantagem de impor muito menos custos ao orçamento das empresas do que estratégias mais tradicionais de marketing offline como a publicidade e anúncios em veículos de comunicação convencionais. 

Ao falar a língua do seu futuro cliente e custar pouco para o seu orçamento, o Inbound Marketing se apresenta como uma ferramenta de ótimo custo/benefício para a universidade. Com um bom planejamento de ações e visão estratégica, a instituição estará muito mais preparada para conquistar mais alunos e garantir que os já acadêmicos continuem estudando na faculdade até concluir sua graduação e, quem sabe, partir para a pós! 


Quer saber mais sobre inbound e fidelização de clientes? Ligue para 0800 750 5564 e fique por dentro dos nossos planos de conteúdo!