Conheça os custos de publicidade no LinkedIn

Muito se fala sobre anúncios no Google, no Facebook e no Instagram, como ferramentas para potencializar o alcance da sua marca. Entretanto, o LinkedIn também pode ser uma plataforma muito útil para diversos tipos de empresas conquistarem melhores resultados, não apenas relacionados a vendas.

É por isso que neste texto daremos mais detalhes sobre como anunciar no LinkedIn, bem como quanto custam os anúncios nesta rede social corporativa. Para saber mais, acompanhe conosco!

Por que anunciar no LinkedIn? 

O LinkedIn é uma rede social com menos usuários que o Facebook e o Instagram, mas isso não faz dela uma plataforma menos interessante para se investir. Enquanto tem menos usuários, o LinkedIn possui perfis bastante assíduos, bem como colaboradores altamente qualificados, empresários de sucesso, empreendedores em busca de consolidação e outros profissionais procurando oportunidades de trabalho.

Isso significa que o LinkedIn, em um perfil ligeiramente diferente das outras redes, não baseia suas ações apenas em vendas e conversão de leads, mas em todo um sistema de geração de conteúdo responsável pela consolidação de network, fechamento de parcerias empresariais, contratação de profissional e fortificação de branding.

Para alguns empreendimentos, certamente, o foco são as vendas. Especialmente empresas cujo modelo de negócio vende produtos e serviços para profissionais que atuam dentro do mundo corporativo. Por isso, se é o caso da sua empresa, anunciar no LinkedIn pode ser uma ótima maneira de obter mais leads e encontrar os clientes exatamente onde eles estão.

Outras empresas, por sua vez, anunciam no LinkedIn porque querem que sua marca seja vista por mais investidores, profissionais qualificados ou outros empresários. Com isso, o empreendimento aumenta suas chances de receber aportes financeiros, fechar parcerias empresariais de sucesso ou encontrar os melhores candidatos para as vagas de emprego abertas no empreendimento.

Em uma rede social com um público qualificado como o LinkedIn, aumentar o alcance de suas postagens pode ser uma boa forma de melhorar o branding do negócio junto a outros agentes do mercado empresarial, e não apenas em relação ao público consumidor. Embora muitos possíveis clientes também façam parte desta rede que tem mais de 11 milhões de usuários apenas no Brasil - mundialmente, já são cerca de 200 milhões de contas.

Como anunciar no LinkedIn?

O primeiro passo para anunciar no LinkedIn é criar uma Company Page, ou seja, uma página corporativa. Sem ela, é impossível realizar qualquer tipo de anúncio. Para criar a sua Company Page, basta possuir um perfil pessoal. Acesse o menu “soluções” e abra o gerenciador de campanhas.

Há quatro tipos de anúncio com os quais a rede social corporativa trabalha no momento:

  • Conteúdo Patrocinado - Sponsored Content 
  • Anúncios Dinâmicos - Dynamic Ads 
  • Anúncios em Texto - Text Ads 
  • Mensagens Patrocinadas - Sponsored InMail 

Conteúdo Patrocinado 

O conteúdo patrocinado é um dos tipos mais procurados de anúncio para LinkedIn, graças à sua alta visibilidade, ainda que com menor taxa de cliques do que os anúncios dinâmicos, em média.

O conteúdo patrocinado aparece na timeline dos usuários da rede social, de acordo com o investimento e a relevância do conteúdo, aumentando consideravelmente o número de usuários que poderão ver a postagem. Modalidade de anúncio é indicada para criar branding, atrair leads qualificados e gerar tráfego para a página.

Anúncios Dinâmicos 

Os dynamic ads são anúncios muito interessantes, personalizados de acordo com as características do perfil de cada usuário, como foto de perfil, empresa onde trabalha/trabalhou, área de atuação, instituição de ensino pela qual passou, entre outras características.

Estes atributos são definidos pela empresa anunciante no momento em que elabora uma campanha, utilizando a plataforma de ads do LinkedIn para inserir os detalhes que devem ser alterados de acordo com os tipos de perfil do usuário.

Anúncios em Texto

Os text ads do LinkedIn se assemelham bastante aos Facebook Ads. São anúncios simples que ocupam os trechos da tela direcionados à publicidade, basicamente, links patrocinados. Apesar de sua simplicidade, eles podem ser bastante assertivos em atrair leads que, ao clicar nos links, são redirecionados para páginas de destino atribuídas pelo anunciante.

Sua característica de rápida interação e impacto, associado a outros tipos de anúncio, podem criar uma estratégia de anúncio na rede social bastante eficiente, com baixo custo por clique.

Mensagens patrocinadas 

Esta é a forma mais proativa de anunciar no LinkedIn: o Sponsored InMail. Com esta modalidade de anúncio, o anunciante dispara mensagens personalizadas para as caixas de entrada de diversos usuários, a quantidade varia de acordo com o valor investido por quem patrocina as mensagens.

O disparo é bem semelhante a um e-mail marketing. Os destinatários das mensagens, entretanto, são filtrados pelo algoritmo da rede social de acordo com as características de seu perfil. Cada mensagem vem com um cabeçalho personalizado com os dados de cada usuário impactado.

Afinal, quanto custa anunciar no LinkedIn?

Agora que trouxemos detalhes importantes sobre estratégias de investimento e tipos de anúncio, falaremos enfim sobre os valores envolvidos. Aqui é importante dizer que o LinkedIn, em média, tem um custo de anúncio mais alto do que as outras redes sociais.

Isto se deve principalmente ao fato de que o público da rede é mais segmentado. Por isso, as chances dos seus anúncios atingirem verdadeiramente usuários qualificados são maiores. Essa assertividade faz com que a rede eleve seus custos mínimos, exigindo estratégias mais precisas de investimento na plataforma.

Vamos aos valores mínimos:

  • Budget diário: US$ 10 em cada campanha;
  • Recurso opcional para a modalidade de conteúdo patrocinado: US$ 100 em cada campanha;
  • Lances mínimos: US$ 2 no custo por clique ou custo por milhar;

Neste sentido, os anúncios de LinkedIn funcionam de maneira bastante semelhante às Ads do Google e do Facebook, de acordo com o sistema de leilão de palavras-chave. No caso do LinkedIn, o anunciante escolhe as características do anúncio que deseja, bem como as keywords. O passo seguinte é definir o orçamento disponível e o lance que a empresa está disposta a dar em cada campanha.

Desta forma, respeitando os valores mínimos para os anúncios, a empresa pode investir o quanto julgar conveniente para seus negócios. Como os valores são relativamente expressivos, especialmente em momentos nos quais o dólar está sendo negociado a um alto valor, é muito importante fazer valer cada centavo.

Por isso, antes mesmo de acessar a plataforma de anúncios do LinkedIn, convém reunir todos os profissionais envolvidos e planejar as campanhas de marketing com muita prudência, com base em dados já coletados pela empresa sobre os clientes e seus usos de redes sociais. Assim, a sua empresa investe sem comprometer o orçamento ou prejudicar anúncios em outras plataformas.

Acesse o site da RedaWeb ou ligue 0800 750 5564 para assinar um plano de conteúdo!