Use as mídias digitais a favor da sua produção de conteúdo

As mídias digitais certamente têm grande impacto atualmente em diversos mercados e usá-las de forma assertiva é sempre uma estratégia bastante inteligente.

Um dos grandes recursos que as mídias digitais trazem em si é a possibilidade de produção de conteúdo. Porém, para que ela traga os resultados esperados, é necessário gerenciá-las, processo que vai além de simplesmente publicar algo.

Gerenciar as mídias sociais envolve processos como definir objetivos para sua rede, mensurar métricas, determinar um público-alvo e planejar conteúdos que estejam alinhados a todos esses pontos. Essas etapas farão com que as mídias digitais sejam utilizadas a favor da produção de conteúdo.

Há muitos pontos que podem ser analisados quando pensamos em usar as mídias de forma favorável à produção de conteúdo. Destacamos, a seguir, as mais relevantes:

Quais são os objetivos?

Primeiramente, devemos partir da análise dos objetivos finais a serem alcançados. Aonde você quer chegar com a produção de conteúdo de suas redes? Por que você quer produzir conteúdo?

Responder que o objetivo central da produção de conteúdo é alavancar as vendas é, na verdade, uma decisão simplista. É claro que toda produção de conteúdo traz em si uma carga potencial de crescimento de vendas e visibilidade, mas isso só acontecerá a depender da forma como o conteúdo foi gerado.

  • Conteúdos que trazem resultados efetivos frequentemente possuem as seguintes características:
  • Têm um objetivo claro;
  • São pensados com base em uma utilidade real;
  • Têm um leitor específico em mente (aquele que será o comprador em potencial no futuro);
  • Utilizam técnicas de escrita e organização textual alinhadas ao comportamento leitor nas mídias digitais;
  • São disponibilizados nos canais onde o potencial cliente está.

Além do mais, como já pontuamos, não se pode produzir conteúdo apenas porque todas as outras marcas semelhantes à sua estão produzindo, é necessário haver propósito em cada uma das publicações.

Cada vez que um novo conteúdo for produzido para as mídias digitais, pense se ele é realmente útil, se a postagem ajuda a esclarecer uma dúvida ou agrega informações válidas a quem vai ler e se você, enquanto leitor, consumiria e leria aquele conteúdo do início ao fim.

Ter os objetivos da produção de conteúdo bastante claros ajuda a alinhar as decisões que serão tomadas ao longo do processo de planejamento de postagens. Sem um foco específico, existe um risco bastante grande de se investir em decisões que não ajudarão a gerar os objetivos desejados.

Para quem o conteúdo é produzido?

Existem diversas mídias digitais à disposição de quem quer produzir conteúdo e um dos pontos que mais auxiliam no processo de escolha de quais mídias serão utilizadas certamente é a persona.

A persona nada mais é do que uma representação do consumidor de suas mídias. Por meio da persona, estabelecemos:

  • Uma faixa etária prevista;
  • Um gênero (se necessário);
  • Uma área de atuação profissional;
  • Hábitos e gostos pessoais;
  • Objetivos de vida;
  • Problemas a serem resolvidos (e para os quais o seu conteúdo pode ser útil).

Para usar as mídias digitais a favor da produção de conteúdo, o público consumidor precisa estar altamente definido. É claro que mediante os resultados das primeiras publicações é possível fazer adaptações.

Um erro bastante comum neste processo é querer alcançar todos os públicos de uma só vez. Os públicos têm características bastante variadas e específicas, como você pode perceber acima, por isso, nenhum conteúdo será 100% eficaz para qualquer leitor.

Uma das formas mais eficientes de se encontrar as informações pertinentes a respeito da persona é por meio da pesquisa de campo. Quais mídias essa persona mais consome? Quais são as características dos textos que ela lê? Quais assuntos mais lhe interessam? Como é a linguagem com que ela mais se conecta?

Você pode utilizar o que já está disponível nas diversas mídias (como comentários em vídeos do YouTube, curtidas e comentários em textos e publicações de blogs e Facebook, perfis seguidos no Instagram, conexões feitas no LinkedIn) para iniciar sua pesquisa de campo.

Qual conteúdo será produzido?

Já vimos que definir a persona nos dá o referencial do formato de mídias a serem usadas, mas também podemos saber muito sobre o próprio conteúdo a ser produzido por meio dessa análise.

Primeiramente, reflita sobre os objetivos de cada uma das mídias que você decidir utilizar. Blogs são pensados essencialmente para textos mais densos, com maior profundidade de conteúdo. Já o Instagram potencializa o uso de imagens e o LinkedIn objetiva fazer conexões profissionais e propagar conteúdos relevantes para esse meio.

Após, com base nas informações coletadas a respeito da persona, divida o conteúdo que será produzido para cada uma das mídias, sempre tendo como referencial a utilidade das postagens e a necessidade a que ela visa suprir.

Há muitos estudos que apontam que os leitores são atraídos com maior facilidade quando há uso de imagens, portanto, é interessante pensar em agregar fotos dos seus produtos, por exemplo, ou alguma imagem relacionada em alguns textos.

No caso do Instagram, é possível utilizar somente as palavras-chave de seu texto, que já estará publicado no seu blog, em um fundo colorido, seguido de uma legenda explicativa para levar o leitor até o conteúdo produzido.

Não são poucas as pesquisas que pontuam que as cores exercem diferentes reações no cérebro, por isso elas devem ser escolhidas com bastante critério e tendo os objetivos finais em mente.

O uso das mídias digitais a favor da produção de conteúdo é um assunto que demanda bastante pesquisa e que obedece a alguns pontos específicos dentro da área de marketing digital, por isso, muitas empresas têm optado por contratar agências de produção de conteúdo.

As agências de produção de conteúdo utilizam estratégias de comprovada eficácia, tanto para a formulação da persona ideal para sua empresa quanto para a escolha das mídias digitais mais favoráveis e o formato da produção de conteúdo.

Todos os mecanismos são pensados de forma a fazer com que o cliente alcance os objetivos finais traçados ao início do projeto de produção de conteúdo, realmente utilizando as mídias digitais como facilitadora desses fins.

Os redatores redigem o conteúdo do cliente sob o critério do comportamento do leitor, tendo como referencial principal o que o leitor quer e precisa ler ou consumir nas mídias da empresa da questão.

Para saber mais sobre o processo de produção de conteúdo aplicado às mídias digitais e assinar planos específicos para sua empresa, entre em contato conosco por meio de nosso site. Disponibilizamos também atendimento telefônico gratuito: 0800 750 5564.

A RedaWeb possui a solução perfeita para suas mídias digitais. Consulte-nos e venha conferir o impacto que a produção de conteúdo de qualidade pode causar no seu negócio.